Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 18 de maio de 2018

Conservatório de Tatuí promove concerto “60 Anos de Bossa Nova”

Evento traz para a Capital da Música o renomado gaitista Maurício Einhorn, um dos fundadores do estilo que conquistou o Brasil e o mundo

Maurício Einhorn


O Conservatório de Tatuí realiza na próxima terça-feira, dia 22, um concerto imperdível: “60 Anos de Bossa Nova”, com participação especial do gaitista Maurício Einhorn, um dos músicos que fundaram o estilo musical no final da década de 1950. O evento terá ainda apresentação da Big Band Jovem, de alunos e professores do Setor de Artes Cênicas do Conservatório. Será às 20h00, no Teatro Procópio Ferreira. Os ingressos já podem ser adquiridos na bilheteria.

A Bossa Nova é um gênero musical brasileiro, que ganhou forma no final da década de 1950 graças a um grupo de jovens músicos cariocas que se reuniam regularmente para tocar, cantar e compor. O som predominante no Rio de Janeiro era o samba, que eles decidiram temperar com jazz, como conta o professor Joseval Paes: “Eles eram músicos de jazz que tocavam samba. Então, faziam samba com influência do jazz. O termo ‘bossa’ era uma gíria. Diziam que tocavam samba com uma ‘bossa’ nova, com uma ‘pegada’ nova. Daí nasceu um estilo que logo seria absorvido pelos norte-americanos e se espalharia pelo mundo”, comenta.

Críticos musicais consideram como marco inicial do movimento o lançamento de um disco compacto gravado por João Gilberto em 1958, portanto, há exatos 60 anos. Para celebrar a data, o Conservatório de Tatuí traz para a Capital da Música um dos integrantes do movimento, o gaitista Maurício Einhorn. 

Filho de imigrantes judeus poloneses, ele começou a tocar gaita aos cinco anos de idade. Aos 10 anos, já se apresentava em programas de calouros em várias emissoras de rádio. Logo entrou para a turma de amigos da Zona Sul carioca e começou a compor, deixando a sua marca na criação da Bossa Nova. Recentemente, formou um duo com o guitarrista Joseval Paes, que é professor e coordenador da Big Band Jovem do Conservatório de Tatuí. 

Além de Maurício Einhorn, o concerto “60 Anos de Bossa Nova” terá a participação da Big Band Jovem do Conservatório de Tatuí, dos professores do Setor de Artes Cênicas da escola – André Luiz Camargo, Joseval Paes, Edmo Guimarães, Erica Pedro, Adriana Afonso, Dalila Ribeiro e Fernanda Fernandes, coordenadora do setor – e de aproximadamente 60 alunos dos cursos de Teatro Juvenil e Adulto da instituição.

No programa, várias composições de Maurício Einhorn, como “Travessuras”, “Burlesque”, “Joia”, “Já era”, “Batida diferente”, “Tristeza de nós dois”, “Lembras daquele filme, Chicão?”, “Estamos aí” e “Te Olhei” – esta última com participação dos professores André Luiz Camargo e Adriana Afonso. Também compõem o repertório as canções “Corcovado” e “Samba de uma nota só”, de Antonio Carlos Jobim, e “The nearness of you”, de Hoagy Carmichael.

Oficina – Antes do concerto, às 14h00, Maurício Einhorn e o professor Joseval Paes ministrarão a oficina “Samba Jazz Bossa Nova”, com bate-papo e apresentação do duo de gaita e guitarra. O encontro será no Salão Villa-Lobos, com entrada gratuita.

Apoio cultural – O Conservatório de Tatuí tem apoio cultural de CCR SPVias e Coop.

SERVIÇO
Concerto: “60 Anos de Bossa Nova”
Maurício Einhorn, convidado especial
Big Band Jovem, Alunos e Professores de Artes Cênicas do Conservatório de Tatuí
Joseval Paes, coordenação geral
Data: 22 de maio, terça-feira
Horário: 20h00
Local: Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415, Centro – Tatuí/SP
Ingressos: R$ 20 (meia-entrada R$ 10)
* Entrada gratuita para alunos do Conservatório de Tatuí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário