Boletim de informações COVID-19 n° 123 Tatuí, 30 de maio de 2020 - 11h

26 SUSPEITOS
0 ÓBITOS SUSPEITOS
153 CONFIRMADOS
117 RECUPERADOS
10 ÓBITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Juri absolve acusado de homicídio por falta de provas

O Corpo de Jurados absolveu, em sessão do Tribunal do Juri na terça-feira, 22, o réu Valter Luís Niepiçui da acusação de participação no assassinato de Iolanda Amorim Aguiar e Eliene Dias Alves dos Santos, fato ocorrido no dia 22 de setembro de 2001, à noite, na Rua Saladino Simões de Almeida, no Jardim Rosa Garcia, com uso de arma de fogo. O próprio representante do Ministério Público, o promotor de justiça Tiago do Amaral Barboza, pediu a absolvição, reconhecendo que as provas colhidas eram insuficientes para sustentar a acusação. A defesa, feita pela advogada Marlene Maria Garcia, se manifestou da mesma maneira. A sessão durou apenas uma hora e foi presidida pelo juiz Walmir Idalêncio dos Santos Cruz, auxiliado pelo escrevente técnico judiciário Rogério Lopes e pelos oficiais de justiça Maria Cecília Trindade Rodrigues e Marco Antonio de Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário