Boletim de informações COVID-19 n° 125 Tatuí, 01 de junho de 2020 - 11h

157 CONFIRMADOS
117 RECUPERADOS
10 ÓBITOS
21 SUSPEITOS
1 ÓBITOS SUSPEITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

terça-feira, 22 de julho de 2014

Exposição do 3º Concurso de Fotografia Ambiental fica em cartaz até o dia 31

64 trabalhos de amadores e profissionais concorrem à premiação em duas categorias

Seguem expostas até o dia 31 de julho os trabalhos inscritos no 3º Concurso de Fotografia Ambiental, promovido pela Prefeitura de Tatuí através da Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente e Agricultura. A organização é do setor de educação ambiental, do Departamento do Meio Ambiente. Ao todo, 64 fotos fazem parte da mostra que tem como tema a flora regional.

O concurso tem o objetivo principal de reconhecer e premiar as melhores fotografias relacionadas ao assunto abordado, sendo dividido em duas categorias: amador e profissional.

A exposição estará aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h, no Centro Cultural, que fica na Praça Martinho Guedes (Praça do Pinheirão), 12, Centro. A população que visitar a mostra poderá também ajudar na escolha da foto vencedora, através de voto popular. O resultado final dos seis vencedores será divulgado no dia 31, a partir também da decisão da mesa examinadora que será formada pela secretária de Educação, Cultura e Turismo, Ângela Sartori, pelo secretário de Infraestrutura, Nilton Vieira Raposo, pelo fotógrafo Evandro Ananias, pelo cineasta Jackson Macedo e pelo diretor da FATEC de Tatuí, Mauro Tomazela.

A premiação prevê na categoria profissional, uma câmera semi-profissional Canon Mod. SX 510 + Cartão de 8GB, para o primeiro lugar; um HD externo de um terabyte, para o segundo; e um aparelho mp3 para o terceiro. Já na categoria amador, o prêmio será de um curso de photoshop e uma Câmera Sony compacta w710, para o vencedor. Um curso de corel draw para o segundo lugar e uma cesta de doces caseiros para o terceiro lugar.

O diretor do Departamento do Meio Ambiente, José Vicente Alamino, lembrou que a iniciativa é parte fundamental no processo de conscientização da preservação dos bens naturais. “É muito importante que a juventude possa produzir materiais artísticos, a partir da reflexão sobre o tema. O meio ambiente deve estar sempre no centro das discussões de desenvolvimento e do futuro que queremos para nossa cidade”, argumentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário