Boletim de informações COVID-19 n° 126 Tatuí, 02 de junho de 2020 - 11h

173 CONFIRMADOS
124 RECUPERADOS
10 ÓBITOS
22 SUSPEITOS
1 ÓBITOS SUSPEITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Sinfônica Jovem é atração neste sábado, na Praça da Matriz em Tatuí

A Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório de Tatuí, corpo artístico da Secretaria de Estado da Cultura e do Governo de São Paulo, é atração neste sábado, 31, na Praça da Matriz, em Tatuí. O grupo apresenta-se a partir das 11h no projeto denominado “Música na Praça”, organizado pelo departamento municipal de cultura.

Sob a regência do maestro Juliano de Arruda Campos, a Sinfônica Jovem apresenta concerto da série “Jovens Solistas da Orquestra”. Formada por cerca de 60 alunos do Conservatório de Tatuí, a orquestra apresentará repertório clássico. Serão apresentadas composições de M. Glinka (“Abertura Ruslan e Ludmila”), J. Haydn (“Concerto N. 1 - Violoncelo em Do Maior”, com solos de Renato Cardoso Ferreira; Concerto para violino em Sol Maior, com solos de Gilberto Ceranto Junior; Concerto para piano em Re Maior, com solos de Giovana Ceranto); além de obras de G. Bizet (“Suíte n. 2 L’Arlesienne”), J. Brahms (“Abertura Festival Acadêmico Op.80”) e Richard Wagner (Abertura “Os Mestres Cantores”).

A Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório de Tatuí é constituída por instrumentos de sopros madeiras, metais, cordas, percussão e teclados que ensaiam duas vezes por semana em aulas que representam matérias extensivas às classes de instrumento. É formada por cerca de 60 alunos, com idades de 12 a 25 anos, e desenvolve intensa atividade na formação de repertório orquestral, com vistas ao aprimoramento na formação musical.

Criada no ano de 1989, foi dirigida até 2010 pelo maestro Edson Beltrami. A partir de então, passou a ser coordenada pelo maestro Juliano de Arruda Campos. Em sua última temporada, recebeu como maestros convidados Gerald Robbins e Richard Markson.

O regente Juliano de Arruda Campos é formado pelo Conservatório de Tatuí e Bacharel em Música pela USP (Universidade de São Paulo), sob orientação de Toninho Carrasqueira. No Conservatório de Tatuí, é professor de flauta transversal desde 1994, integrante da Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí, professor de música de câmara e regente da Orquestra de Flautas Brasileira “João Dias Carrasqueira”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário