Boletim de informações COVID-19 n° 119 Tatuí, 26 de maio de 2020 - 11h

26 SUSPEITOS
2 ÓBITOS SUSPEITOS
106 CONFIRMADOS
77 RECUPERADOS
8 ÓBITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Ford completa 92 anos de atividades no Brasil

Do Portal UOL
Carsale - Primeira montadora de veículos a se instalar por aqui, a Ford completou neste domingo (24) 92 anos de atividades no Brasil. Nessa data, em 1919, a diretoria da Ford, reunida em sua sede em Highland Park, Detroit, nos Estados Unidos, aprovou a criação da filial brasileira, com capital inicial de US$ 25 mil. Hoje, a marca possui 108 unidades industriais espalhadas em 24 países.

No Brasil, a empresa conta com linhas de produção de veículos em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, e Camaçari, na Bahia, a fábrica de motores em Taubaté (SP) e o Campo de Provas de Tatuí (SP), que empregam cerca de 11.200 funcionários, e uma participação de 10% do mercado interno.
A história da Ford no Brasil começou em 24 de abril de 1919, quando foi criada na Rua Florêncio de Abreu, no centro de São Paulo, a primeira filial da marca no País. Lá, seriam montados posteriormente o automóvel modelo T e o caminhão TT. Logo, a empresa se mudaria para a Praça da República e, ao mesmo tempo em que construía um edifício próprio na Rua Solon, 809, no bairro do Bom Retiro, também em São Paulo – um galpão industrial feito de tijolos que existe até hoje no mesmo local.

Com início da operação em 1921, essa unidade foi responsável pela implantação da primeira linha de montagem em série de veículos no País, processo idealizado por Henry Ford. A planta tinha capacidade anual para produção de 4.700 automóveis e 360 tratores. Em 1923, operava com 124 empregados e funcionou até 1953.
Em 1957, a Ford produzia na fábrica do Ipiranga seus primeiros veículos feitos no Brasil: o caminhão F-600 e a pick-up F-100, ambos equipados com motor V8 importado. Dez anos depois, a marca lançaria seu primeiro automóvel brasileiro, o Galaxie 500. Em 1968, apresentava o Corcel, carro compacto derivado de projeto da Willys, o automóvel de maior volume de produção da história da montadora. Em 1973, saia da linha de montagem o primeiro Maverick brasileiro. Em 1977, introduzia o Corcel II (como modelo 1978) e inaugurava o Campo de Provas em Tatuí (SP).

Em 1983, a Ford dava início à reformulação de sua linha de modelos: chegava ao mercado o Escort (modelo 1984), em 1990, o Verona (versão sedã do Escort), em 1991, o sedã médio Versailles e, em 1996, a primeira geração do Fiesta nacional, que foi acompanhada no ano seguinte pelo subcompacto Ka, picape Courier, e a segunda geração do Escort (Zetec). Em 2000, estreava o hatch Focus, feito na Argentina. Uma nova geração de modelos surge a partir de 2001, com a entrada em operação da fábrica de Camaçari (BA), que produziria o novo Fiesta (2002) e logo a seguir o EcoSport (2003).
Atualmente, a Ford conta com uma completa linha de modelos, composta pelo Ka, Fiesta, New Fiesta, Focus, Fusion, Fusion Híbrido, EcoSport, Edge e Troller, além dos utilitários Ranger, Courier, F-250 e Transit, que são comercializados em uma rede de 340 concessionárias no País. Até 2015, a empresa deve investir R$ 4,5 bilhões na renovação de seus produtos, que passarão a compartilhar plataformas globais a partir de 2012.

Atualmente, o Brasil é o 3º maior mercado mundial da Ford, atrás dos Estados Unidos e Reino Unido, e abriga um dos cinco Centros de Desenvolvimento globais da Ford. Dotado de estúdio de design completo e tecnologia de ponta, o Centro de Camaçari possui equipamentos de última geração e é capaz de fazer simulações por computador. Ele está interligado em tempo real aos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário