Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Obra em posto de saúde para, e UBS ao lado fica superlotada, diz morador

Prédio no Bairro Jardins de Tatuí soma um ano e meio de atraso. Prefeitura alega que empresa abandonou serviços após atraso de repasse.

Do G1 Itapetininga e Região

O posto de saúde no Bairro dos Jardins, em Tatuí, está há um ano e meio atrasado para a inauguração e, por enquanto, só a grama ao redor do prédio avança. Com a situação, a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima, do Jardim Gonzaga, fica sobrecarregada, diz um morador que não quer se identificar. “Ela (UBS) está atendendo todo o fluxo dos três bairros, e não tem uma estrutura muito grande como teria esse aqui se funcionasse”, lamenta.

Com investimento de R$ 300 mil, trabalho iniciou em 2013 e obra deveria ter sido inaugurado em 2014. (Fotos: Cláudio Nascimento/ TV TEM)

A Prefeitura de Tatuí alega atraso em repasses federais. Segundo o Executivo, somente no primeiro semestre deste ano, o recurso total foi liberado pela União. O Governo Federal nega que que tenha ocorrido atraso no repasse. Afirma que já transferiu duas parcelas do acordo e que a última só será enviada após provas do andamento da obra (confira as respostas completas abaixo).

Enquanto há o "jogo de empurra”, a placa em frente à obra é clara e informa: data de início outubro de 2013 e prazo para fim abril de 2014. Mas até novembro deste ano, somente a estrutura foi concluída. “Esse posto aqui vai atender três bairros: Jardim Tatuí, Jardim Gonzaga e Vila Angélica. Está fazendo falta”, comenta o morador.

Respostas do município e União
De acordo com prefeitura, o município teve que abrir nova licitação para contratar outra empresa para dar andamento ao projeto. Assim que a concorrência pública for terminada, a obra será retomada. A expectativa é que a unidade seja concluída no primeiro semestre de 2016, completa o órgão.

Já o Ministério da Saúde diz que já repassou à Secretaria Municipal de Saúde o valor de R$ 200 mil, referentes às duas primeiras parcelas da obra. Alega ainda que a terceira e última parcela, no valor de R$ 66 mil, só será paga quando o município inserir no sistema da Pasta o atestado de conclusão de obras e comprovação do início do funcionamento da unidade, por meio de documentos, notas fiscais e fotografias, conforme regulamenta a portaria nº 340/13.

Promessa de parque
Outro motivo para reclamações por atrasos em Tatuí é o local onde seria construído um parque de lazer no Jardim Wanderley. A promessa, por enquanto, não passa de um monte de terra jogada no terreno. A prefeitura diz que aguarda aval ambiental para continuar os trabalhos (confira a resposta completa abaixo).

O professor Roberto diz ficar indignado com a falta de iniciativa para dar início ao prometido parque. “Não estamos vendo nada disso, apenas coisas que pelo nosso modo de entender, malfeitas. Para uma área de lazer, tinham que cortar a grama, plantar mais árvores, colocar brinquedos para as crianças. Agora, mexendo no percurso da água, no córrego? É uma coisa que a gente não fica satisfeito”, reclama.

Além da insatisfação, há também a preocupação com o ambiente, afinal o local está a aproximadamente um quilômetro da nascente do Ribeirão do Manduca. E o que era pra ser o início das obras da Área de Lazer Mário Cóscia se transformou num gerador de problemas, lembra o ambientalista Paulo Sena. “Esta terra acumulada agora representa risco, porque a cada chuva, e estamos tendo muita chuva ultimamente, a terra é novamente transportada pela água, levando o problema a outros lugares distantes daqui. É fácil o acúmulo de lixo, de detritos, e animais de espécies nativas agora estão fugindo daqui”, aponta.

A Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente e Agricultura de Tatuí informou que aguarda o aval do Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo para dar continuidade às obras no terreno. O departamento diz que acompanha o projeto e não há risco da terra chegar ao Ribeirão do Manduca.

Terreno onde será parque não demonstra avanço em obras (Foto: Cláudio Nascimento/ TV TEM)

Recital reúne 11 alunos de violoncelo na sexta-feira, 4

Apresentação terá orientação da professora Elen Ramos Pires

A professora Elen Ramos Pires coordena recital da classe de violoncelo no Conservatório de Tatuí, equipamento do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Estado da Cultura, nesta sexta-feira, 4. A apresentação terá entrada franca a partir das 14h, no Salão Villa-Lobos (rua São Bento, 415).

A audição contará com participação dos alunos Alexandre Nascimento de Souza, Aléster Macleuz, Ariane Aparecida Tiago, Déverson Santos de Sousa, Giovanna Cortese, Ketlyn Mayara, Mariana Camillo de Vasto, Mateo Lucas Pires, Patrick Silva, Taly Eduarda Ferreira de Almeida e Victor Ambrosino Martins. Os alunos serão acompanhados pelos pianistas correpetidores Mariana Virgillo, Tatiane Costa e Thiago Araújo. 

SERVIÇO
Recital de Alunos da Classe de Violoncelo
Elen Ramos Pires, professora responsável e coordenação
Sexta-feira, 4 de dezembro, 19h00
Salão Villa-Lobos / Rua São Bento, 415 - Centro - Tatuí
Grátis / Informações: 15 3205-8444

Ministro Gilberto Kassab assina convênio de R$ 5 milhões em Tatuí para pavimentação e qualificação de vias

Crédito Foto
Comunicação Tatuí - Evandro Ananias 
80% será destinado para asfaltar novas ruas. Veja abaixo as vias que receberão o benefício

A sala de reuniões da Prefeitura de Tatuí, recentemente ampliada, acabou ficando pequena. Mais de 300 pessoas, entre lideranças locais e regionais – com destaque para a presença de 17 prefeitos, além de vice-prefeitos e vereadores – disputaram um espaço para prestigiar a visita do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, que anunciou investimentos de R$ 5 milhões do Governo Federal no setor de mobilidade urbana. Os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento - PAC 2, Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas.

Segundo o Ministro Gilberto Kassab, o Ministério das Cidades apoia com recursos a execução de obras de pavimentação e qualificação de vias e toda infraestrutura como sistema de drenagem de águas pluviais, redes de abastecimento de água e coleta de esgoto, passeios com acessibilidade, sistemas cicloviários, medidas de moderação de tráfego, sinalização viária e elementos que promovam a acessibilidade. “Com essas obras, daremos melhor qualidade de vida à população. Sabemos que hoje os municípios têm muita dificuldade financeira. Conseguem honrar com os gastos constitucionais, da Educação e Saúde, e folha de pagamento. Por isso, o repasse federal é fundamental para auxiliar justamente na infraestrutura. Acompanhamos de perto a batalha e a dedicação do prefeito Manu na formatação e aprovação desse projeto que já estava tramitando antes mesmo de eu chegar ao Ministério”, lembrou o ministro.

Pelo Programa, 80% do recurso deve ser obrigatoriamente destinado a asfaltar novas ruas e 20% para recape e recuperação da malha asfáltica. Com o recurso, a Prefeitura de Tatuí irá executar pavimentação da ligação entre o San Raphael e o Rosa Garcia, da Rua Porfírio Pedroso (Jardim Santa Rita), da Rua Orminda Salum Teles (Jardim Novo Horizonte), das ruas Maria Camargo Martins e Joaquim Faustino da Rosa (Vale dos Lagos), e recapeamento na Avenida Nelson Marcondes do Amaral e da Rua Salvador Alexandre de Andrade. 

O prefeito de Tatuí lembrou que “nós já começamos um trabalho importante, asfaltando as primeiras ruas do Bela Vista, a ligação do Jardim América, São Conrado e Santa Luzia, as ruas do Distrito Industrial, além da última rua do Jardim Gonzaga. Agora, será vez aprofundar nosso trabalho e atender mais pessoas”.

Minha Casa, Minha Vida / Durante o encontro também foi tratado da segunda fase do Programa Minha Casa, Minha Vida em Tatuí. De acordo com Kassab, logo no primeiro trimestre do próximo ano, deve ser autorizada a liberação da segunda etapa do maior empreendimento habitacional da história de Tatuí, já em construção, que terá 2.353 casas populares. 

Região representada / Além de Tatuí, prefeitos de Guareí, Pereiras, Araçariguama, São Miguel Arcanjo, Porangaba, Torre de Pedra, Itapetininga, Campina do Monte Alegre, Cesário Lange, Quadra, Porto Feliz, Bofete, Alambari, Tietê, Araçoiaba da Serra e Salto de Pirapora estiveram presentes ao encontro, assim como os vereadores Fábio Menezes, André Norbal, Dione Batista e Carlos Rubens Avalone Junior.

Mostra de Canto Coral terá 53 apresentações gratuitas

Coros formados por alunos apresentam-se nos dias 30 de novembro e 1º, 9, 10 e 11 de dezembro

Tem início na segunda-feira, 30, a 1ª Mostra de Canto Coral do Conservatório de Tatuí. O evento terá entrada franca no Auditório da Unidade II, à rua São Bento, 808.

Sob coordenação de Cristine Bello Guse e orientação dos professores Cibele Sabioni, Ester Freire, Edmo Perandin, Karin Vercellino e Sueli Poppi, a mostra contará com apresentação de 53 coros, todos formados por alunos do Conservatório de Tatuí em diferentes níveis de aprendizado. A frequência à disciplina de canto-coral é obrigatória na instituição.

As apresentações ocorrem sempre a partir das 9h10, sendo duas pelas manhãs e três nas tardes.

SERVIÇO
1ª Mostra de Canto Coral do Conservatório de Tatuí
30.nov. e 1º, 9, 10 e 11.dez . 8h às 19h
Mostra de Canto Coral
Cristine Bello Guse, coordenação
Auditório da Unidade 2 – Rua São Bento, 808
Entrada franca

Informações: 15 3205-8444

Camerata Jovem de Violões e Coro Infantil apresentam Cantata de Natal

Grupos formados por alunos do Conservatório de Tatuí serão destaques na sexta, dia 4

A Camerata Jovem de Violões e o Coro Infantil do Conservatório de Tatuí, fazem na sexta-feira, 4, apresentação especial de Natal. Com entrada franca a partir das 18h no Auditório da Unidade II (rua São Bento, 808), a orientação será das maestrinas Míriam Cândido e Márcia Braga.

Inicialmente, o Coro Infantil do Conservatório de Tatuí apresentará as obras “Maria Solidária” (de Beto Guedes) e “Caresse sur l’ocean”, de Christophe Barratier e Bruno Coulais.

Em seguida, a Camerata Jovem do Conservatório de Tatuí apresenta de G. Rossini, a Abertura da Ópera Guilherme Tell (com arranjos de Edson Lopes).

A apresentação será finalizada com apresentação conjunta de ambos os grupos da obra “Cantata de Natal”, de Ronaldo da Silva, em seis movimentos: A viagem, Não há lugar, Glória, Dorme Jesus, Reis Magos e Encerramento.

Acompanham os grupos, ao piano, Domingos Sarto Neto. Mais de 50 alunos participam da apresentação especial de Natal.

SERVIÇO
Cantata de Natal
Coro Infantil e Camerata Jovem de Violões do Conservatório de Tatuí
Sexta-feira, 4 de dezembro, 18h00
Auditório da Unidade II
Rua São Bento, 808 – Centro – Tatuí
Grátis
Informações: 15 3205-8444

domingo, 29 de novembro de 2015

VEJA A PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL DO CAVALO LUSITANO DE TATUÍ

Momento Equestre - Misto de atrações, o evento de encerramento do calendário oficial do cavalo Lusitano acontece de 11 a 13/12, no Centro Hípico de Tatuí (Hípica Centaurus), definindo os campeões dos rankings 2015 da ABPSL e trazendo entre as novidades deste ano o Leilão Oficial e a inédita Copa do Mundo de Equitação de Trabalho com participação de oito países. Confira as atrações e a programação do evento.

CONCURSO DE MORFOLOGIA - MODELO E ANDAMENTOS – Será realizado a IV etapa do ranking ABPSL 2015 e conhecidos os vencedores da temporada nas categorias: Melhor Criador Melhor Expositor, Melhor Fêmea Jovem, Melhor Macho Jovem, Melhor Fêmea Adulta e Melhor Macho Adulto. A programação começa no sábado (12), às 08h30 com as fêmeas (categorias 2ª, 3ª, 4ª, 5ª. 6ª e 1ª), seguida dos machos (categorias 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 1ª). No domingo (13), às 14h00, acontece o Grande Campeonato seguido da cerimônia de premiação. O Concurso de Modelo e Andamentos será realizado na pista Grand Prix.

GRAND PRIX DE VELOCIDADE DO CAVALO LUSITANO – a V e última etapa desta competição que foi uma das principais novidades do ano acontece no Festival de Tatuí. De crianças a cavaleiros experientes divididos em sete categorias, a expectativa é grande para saber quem vai fechar a temporada na liderança do ranking. Atração do sábado (12), às 20h00, na pista Grand Prix.

CAMPEONATO PAULISTA ABPSL DE ADESTRAMENTO - a IV e última etapa da competição exclusiva para a raça abre as atrações do Festival do Cavalo Lusitano de Tatuí na sexta-feira (11) às 09h00 (pista de Adestramento), onde serão revelados os campeões do ranking 2015 em diferentes categorias.

LEILÃO OFICIAL ABPSL 2015 - depois de vários anos está de volta um dos momentos mais esperados da comercialização de cavalos Lusitanos no País, oportunidade para que os sócios da ABPSL disponibilizem o que selecionam de melhor em seus haras. O Leilão é atração do sábado (12), às 14h00, no picadeiro coberto. Estarão à venda cerca de 30 lotes, de animais jovens a reprodutores e matrizes, cavalos montados e prontos para competições funcionais e de morfologia.

APROVAÇÃO DE GARANHÕES - última oportunidade do ano antes do início da temporada de monta de 2016. A Aprovação de Garanhões acontece na sexta-feira (11) às 16h00, na pista Grand Prix.

COPA ABPSL DE SALTO: com obstáculos de 0.80m a 1.20m, a prova é aberta a todas as raças. A prova de 0,80m a 0,90m é no tempo ideal; a de 1,00m a 1,10m ao cronômetro, e a de 1,10 a 1,20m com desempate. A disputa é atração do domingo (13) às 12h00 na pista Grand Prix.

I COPA DO MUNDO DE EQUITAÇÃO DE TRABALHO - Evento da International Working Equitation (WAWE) e instituída em 2015 por iniciativa da ABPSL e Coudelaria do Castanheiro, a competição vai reunir equipes de oito países: Brasil, Bélgica, Colômbia, França, Holanda, Itália, México e Portugal. A programação começa na sexta-feira (11) às 14h00 com a prova de Ensino (pista de Adestramento), segue às 20h00 com a Maneabilidade (pista Grand Prix); no sábado (12) é a vez da Velocidade (pista Grand Prix) e termina no domingo (13) às 10h00 com a prova da Vaca, quando será conhecida a equipe campeã. A soma de pontos nestas três fases é que define a classificação.

O Festival do Cavalo Lusitano de Tatuí reúne criadores, proprietários, cavaleiros e amantes da raça e traz, ainda, eventos sociais como show musical, lançamentos de produtos, demonstrações eqüestres e confraternização.

Todas as atrações do Festival do Cavalo Lusitano de Tatuí terão transmissão AO VIVO na www.ZONARURAL.TV

Conservatório sedia dois recitais de piano na quinta-feira, 3

Apresentações terão entrada franca às 16h e 19h, no Salão Villa-Lobos

O Conservatório de Tatuí, sedia na próxima quinta-feira, 3, dois recitais de piano. São apresentações de alunos que concluem o curso de aperfeiçoamento na área. As apresentação têm entrada franca às 16h e 19h, no Salão Villa-Lobos, à rua São Bento, 415.

Às 16h, apresentam-se os alunos Priscila Fernandes Costa, Kim Kennerly e Oscar Aldama, orientados respectivamente pelos professores Zoraide Mazzulli Nunes, Juliano Kerber e Cristiane Bloes.

A primeira a se apresentar é Kim Kennerly, que conclui curso de especialização em repertório clássico. Ela apresenta obras de Beethoven (Sonata op. 2 nº 1 – 1º movimento) e Mozart (Sonata KV 331 – Rondó – Alla Turca).

Em seguida, apresenta-se Priscila Fernandes Costa, que conclui especialização em Repertório Moderno. Ela apresenta obras de Scriabin (Estudo op. 2 nº 1), Ginastera (Suite das Dazas Criollas) e Rachmaninoff (Polichinelo op. 3 nº 4).

O último a se apresentar é Oscar Aldama, que faz especialização em Repertório Moderno. Ele apresenta obras de C. Debussy (Ballade), E. Martinez (Pacholi, com arranjos do próprio aluno) e obra composta por ele próprio, Festejo por Encomienda.

Ainda na quinta-feira, 3, a partir das 19h, apresenta-se em recital a aluna Francine de Moraes Dias, que conclui especialização em repertório do Período Romântico. Ela apresentará obras de F. Chopin (Fantasia-Improviso op. 66), Rachmaninoff (Prelúdio op. 26 nº 5), Brahms (Dança Hungara nº 5 para piano 4 mãos, com participação especial de Milene Dias), F. Chopin (Noturno op. 72 – póstumo), Mendelssohn (Rondó Capriccioso op. 55) e Darius Milhaud (Scaramouche, com participação especial de Fernando Dias no saxofone).

SERVIÇO
Recitais de Piano
Cristiane Bloes, coordenação
Quando: Quinta-feira, 3 de dezembro de 2015, 16h e 19h
Local: Salão Villa-Lobos – Rua São Bento, 415 – Tatuí
Entrada franca

sábado, 28 de novembro de 2015

Azymuth: crônica de uma Guanabara elétrica



Em 2005, fui curador de uma série chamada 3 Trios 1000 Sons no CCBB/ SP. A “tese” por trás dessa escalação é que Zimbo Trio, Trio Mocotó e Azymuth se relacionaram, desde os anos 60, com praticamente tudo de legal que aconteceu com a música nacional. Desde que o Zimbo acompanhava Elis e Jair Rodrigues n’O Fino da Bossa, passando pela parceria do Mocotó com Jorge Ben, até…

Bom, até hoje, a se levar em conta o show do Azymuth no Sesc Belenzinho, em São Paulo, na última sexta feira. Os três trios também representam estágios de interação entre a música brasileira e a internacional. O Zimbo foi uma refinada leitura das correlações entre samba, jazz e bossa (depois partindo para uma leitura jazzy da MPB). O Mocotó, percussivo até no violão, participou da invenção de um legítimo e orgânico popismo nacional, o do samba-rock; e fez uma síntese memorável entre o tropicalismo e a pilantragem em sua gravação do “Coqueiro Verde” de Erasmo, com a benção do Pasquim (que lançou o compacto).

Já o Azymuth é uma resposta (totalmente) brasileira à eletrificação do jazz, puxada por Miles Davis. Na verdade, o Azymuth tem uma relação mais direta com a escola de um dos comparsas de Miles, a do tecladista Herbie Hancock. Segundo Miles, seu jovem pianista era tão ligado em tecnologia que colocava um gravador portátil (quando isso era uma novidade) embaixo do piano, para gravar as apresentações na década de 1960. Provocado por Miles a passar aos sintetizadores, Hancock não se fez de rogado, e amontoou teclados como se fosse um Rick Wakeman negro.

Mas, ao contrário da lógica progressiva mais ostentatório-acumulativa, para Hancock esses portais tecnológicos (synths, pedais de efeito) tinham um mojo, uma macumba própria – o que também tem a ver com a herança eletrônica de Jimi Hendrix. Se eu cito isso num texto sobre o Azymuth, não é à toa: raros artistas brasileiros conseguem entrar nos ambientes tecnológicos não pela porta “branca”, digamos assim, mas pela porta “negra”, yin, intuitiva. Como Hancock, José Roberto Bertrami encontrou sua voz própria, seu exu timbrístico em teclados como o piano elétrico, o clavinet, os sintetizadores Moog, Arp e Korg e o vocoder. E nem se pode falar de uma influência, mas praticamente de um paralelismo, visto que o Azymuth gravou seu primeiro álbum em 1974, apenas um ano após a desinibida entrada de Hancock na avenida do jazz-funk com o álbum Headhunters.

Bertrami era do interior de São Paulo [Tatuí], o baixista Alex Malheiros é de Niterói, e o baterista Ivan “Mamão” Conti do Rio, capital. Nascidos os três em 1946, já trabalhavam na noite e em estúdio desde os anos 1960. Bertrami teve seu próprio trio de samba-jazz, com um álbum próprio em 1966, depois de estrear no gênero com o grupo Os Tatuís, ao lado do seu irmão Cláudio, no ano anterior. Mamão vinha da jovem guarda, com os Youngsters (depois de estrear tocando violão bossa, aos 16 anos). O pai e o tio de Malheiros, além de fazerem um som em um galpão no quintal onde às vezes aparecia o Sérgio Mendes, construíram o provável primeiro baixo elétrico nacional, usando cordas de piano.

Os trio que viria ser conhecido como Azymuth se reuniu já em 1968, para tocar bossa, no Projeto 3, depois de se conhecerem no Canecão, onde tocaram com diferentes bandas. Bertrami e Malheiros por essa época também entraram no grupo A Turma da Pilantragem. A partir daí, figuram separados ou coletivamente em dezenas de álbuns, incluindo discos do amigo Hyldon (que chegou a ser cogitado como cantor do Azymuth), Sérgio Sampaio, Odair José (em seu famoso “álbum conceitual”), Erasmo e mais um monte de gente.

Mas a sonoridade Azymuth tal e qual teve um padrinho, Marcos Valle. Foi ele que chamou o trio para ser a formação básica da trilha do filme O Fabuloso Fittipaldi, em 1973. Eles acabaram herdando o nome de uma das faixas, um (excelente) instrumental pinçado de seu disco de 1970, Mustang Cor de Sangue. O trilha é o que se espera de filme automobilismo, empolgante, orquestrada e imagética, com um quê de Michel Legrand e Dave Grusin.

E provavelmente serviu como laboratório de uma sonoridade que se afastasse da “entrega usual” da MPB. Mas a assinatura ainda era a de Valle – só um ou outro detalhe, no uso de synths, por exemplo, e nas baterias enfáticas, aponta para a futura sonoridade deles. Além de “Azimuth”, a música (renomeada “Fittipaldi Show”), há ainda a ótima “Virabrequim”. No ano anterior, 1972, Valle e o trio já tinham colaborado em um álbum lounge anônimo, chamado apenas Som Ambiente, meio canastrão, mas que tem um trabalho de órgão característico de Bertrami, e um baixo já com uma timbragem e uma mixagem à frente que revelam um certo azymuthismo (desse ano também há um compacto duplo de covers, creditado ao grupo Seleção, com que animavam a boate Monsieur Pujol, de Miele & Bôscoli).

Se eu fosse curador do show no Sesc Belenzinho, dentro da (ótima) série Álbum, em que o artista toca seu disco mais notável, sem a menor dúvida eu indicaria o segundo do Azymuth, Águia Não Come Mosca, de 1977. É nesse disco que eles se encontram completamente, em músicas definidoras como “Vôo Sobre o Horizonte”, a faixa-título (com solo de sax de Paulo Moura), o samba-fusion “A Presa”, “A Caça” (com uma qualidade gringa de arranjo, incluindo um trabalho interessante de guitarra de Malheiros), e a belíssima “Falcon Love Call” (marcada pela melancolia de algumas composições de Bertrami).

Também inclui duas músicas de Milton Nascimento, que apontam para uma época em que a MPB andou flertando com a fusion, como no belo álbum São Paulo – Brasil de Cesar Camargo Mariano, do mesmo ano, de certa forma extensão do trabalho que ele fazia com Elis; de Walter Franco acompanhado ao vivo pelo pessoal do Terço; ou o precursor A Matança do Porco do Som Imaginário(1973). E evidentemente o paralelo com a gafieira funk da Banda Black Rio, a (in)versão negra do Azymuth.

Mas a opção do Sesc foi pelo primeiro disco, lançado em 1975, ainda com a grafia Azimüth. E acabou sendo uma ótima escolha, por algumas razões: primeiro, porque fez com que o grupo tocasse músicas que não tocava desde a época (se é que as tocou ao vivo), como “Periscópio”, com passagens prog (o que os aproximava do clima do Som Nosso de Cada Dia, da banda argentina Crucis ou da italianaGoblin, por exemplo, mais do que do jazz-funk americano. A capa de Azimüth também é bem progressiveira).

Segundo, porque mostrou um tanto do bom humor de mesa de bar do grupo, revelado por exemplo na instrumental “Melô dos Dois Bicudos”, dedicada a dois chatos que ficavam dando palpite no estúdio (Mamão só não contou quem eram), ou em “Esperando a Minha Vez”, espécie de desabafo autobiográfico de Malheiros, com um suíngue contagiante. Essa é uma canção que poderia estar num álbum soul de um Tony Bizarro (com quem aliás eles gravaram), Don Beto ou Robson Jorge/ Lincoln Olivetti (com quem também tocaram).

Terceiro, porque mostra que, descontada a produção, feita meio na raça (a Som Livre comprou o disco pronto, que foi gravado em 1974), músicas como “Brazil”, “Caça à Raposa”, “Manhã” e a bela “Montreal City” poderiam estar em qualquer disco do grupo. Foi ótimo vê-las tocadas com a garra atual do trio. Um compacto duplo lançado antes desse álbum, em 1975, pela Polydor, já trazia a incrivelmente tensa “Melô da Cuíca”, que foi parar na trilha da novela Pecado Capital. Essa e a memorável “Linha do Horizonte” (composta por Paulo Sérgio Valle e Paraná), que abre o LP e virou para sempre flashback absoluto de bailinhos e rádios de samba-rock, apresentaram o Azymuth ao grande público. Nessa fase o grupo podia ser considerado um quarteto, com a presença do percussionista Ariovaldo Contesini. O primeiro álbum também é o disco que tem mais músicas assinadas coletivamente, e mais faixas com vocais (que depois ficariam raras, exceto por eventuais vocalises e vocoders, isso até o disco de 30 anos de carreira, que tem alguns cantores convidados, como Emílio Santiago e a filha de Alex, Sabrina Malheiros).

O ano de 1977 levaria o Azymuth ao festival de Montreaux, como primeira banda nacional convidada (antecipando uma onda de brasileiros, com Gil, A Cor do Som, Elis, Hermeto, Milton, João Gilberto, Pepeu e muitos outros, e a vinda do próprio festival para São Paulo, em 1978). Na setlist desse show, aparece uma execução de Batmacumba, que eu gostaria muito de ouvir. Em 1979 foi a hora da grande tacada internacional do grupo. Depois de excursionar nos EUA no ano anterior com Flora Purim e Airto Moreira, lançaram internacionalmente o álbum Light As a Feather.

A faixa “Jazz Carnival” estourou, configurando uma espécie de invasão brasileira no jazz-funk, junto com “Sweet Lucy”, de Raul de Souza (1977). Mas Raul tinha sido produzido e apadrinhado por George Duke, enquanto o Azymuth de novo fez tudo praticamente sozinho (exceto pela piscada para o público de Airto e Flora – a faixa título é uma composição da cantora e de Stanley Clarke), gravando o disco no Brasil e entregando para o selo Milestones. É o ápice sonoro do trio, em faixas sensacionais como “Partido Alto”, “Avenida das Mangueiras” e “This Exists”, além do animadaço hit de mais de nove minutos. A combinação de Bertrami de solos ao piano elétrico com camas de timbres bastante sintéticos, combinada com o groove de Alex e Mamão tocado com uma mão até pesada, com viradas e slaps viris, faziam do Azymuth uma banda de sonoridade única.

O rótulo “crazy samba” fazia algum sentido; não eram músicos negros cheios de ginga, nem tinham a leveza da bossa, mas sim um, digamos, tijuco-jazz-rock-funkismo que levou a Guanabara elétrica anos 70 adentro. A capa de Light é bacana, uma ilustração do americano Jamie Putnam (capista de Ron Carter, McCoy Tyner e Carl Tjader, entre outros), que faz um bom par com a ilustra de Antonio Peticov para Águia Não Come Mosca. O último grande disco dessa fase é Outubro (1980), que traz a sensacional “Dear Limmertz” na linha mais intrigante do Azymuth, com seu vocoder e slaps metálicos colidindo com syndrums, e “Maracanã”, na sua linha mais dançante e chacoteira. A parceira mais constante com o trio até então é a percussionista Aleuda.

O grande maestro José Roberto Bertrami morreu em 2012. Por sorte, depois de uns anos afastado do Azymuth (que seguiu com tecladistas substitutos em seu lugar entre 1989 e 1994), o trio original foi convidado pelo selo inglês Far Out em 1995 a honrar o seu posto de heróis do acid jazz. Lançaram desde então mais de 10 discos, entre originais, coletâneas e tributos remixados de DJs, discos que não foram distribuídos no Brasil. Dentre esses, vários como Pieces of Ipanema, Woodland Warrior (os dois de 1998) e Before We Forget (2000) ombreiam com a fase clássica.

Ouça respectivamente as faixas “Pieces of Ipanema”, “The Quest?” e “Antes Que Esqueça” e o remix“Cuíca Laranja Azeda”, todas com programações e remixes de DJs europeus amigos, para entender o entrosamento do grupo com as novas gerações. Os álbuns também costumam trazer alguma composição percussiva de Mamão. Chocantemente, nesse período todo só um disco foi lançado aqui, chamado 21 Anos, gravado em 1994. Lá fora, o mais recente é Aurora (2011). Mas ainda há um disco inédito gravado com Bertrami para ser lançado pela Far Out.

O atual tecladista do Azymuth é o experiente Kiko Continentino (Fernanda Abreu, Djavan, Milton Nascimento; parceiro do baterista Pascoal Meirelles e dos baixistas Luiz Alves e Paulo Russo). Jazzista até mais exuberante que Bertrami, mantém o Azymuth conectado não só com sonoridades brasileiras, como as de Deodato e Donato mas, em alguns solos, evoca o fraseado de Herbie Hancock ao piano, e de Brian Auger no órgão. Sua escolha de timbres é bem fiel ao universo de Bertrami.

A apresentação no Sesc encontrou uma plateia muito conectada com a banda e atenta, que ganhou de presente um show perfeito e único, com o repertório do primeiro álbum mais as essenciais “Vôo Sobre o Horizonte”, “Partido Alto” e “Dear Limmertz”, essa ouvida de pé. Raras vezes o jazz elétrico brasileiro chegou a tais alturas; e quando chegou foi com artistas da estatura de Egberto Gismonti ou do Grupo Um. O Azymuth mantém frequentes turnês e apresentações no exterior mas, como disse Mamão, nada como um justo reconhecimento em vida, e em sua própria terra.

Foto: Valéria Coelho, agradecimentos a Mariana Bergel

Siga-me no Twitter (@lex_lilith)

Apae tenta transformar alunos em 'chefs' de cozinha em Tatuí



'Me apaixonei por esse trabalho com eles', afirma professora de culinária. Ação é feita em cozinha adaptada e visa estimular autonomia dos atendidos.

Do G1 Itapetininga e Região
Foto: Reprodução TV TEM

Um projeto da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Tatuí (SP), que visa estimular a autonomia dos jovens atendidos, tenta transformar os alunos da unidade em "chefs" de cozinha no local. “Me apaixonei por esse trabalho com eles. Para mim foi um presente de Deus”, afirma a professora de culinária Arlete Macri Ananias.
Com o acompanhamento de funcionários, os alunos são levados à cozinha para aprender a lidar com ferramentas de culinária. A ação também visa estimular a aprendizagem na hora de preparar um cardápio. “Pesquiso muito para encontrar receitas com sabor, qualidade e praticidade”, relata Arlete.

Além de montar os pratos, a importância em manter o espaço limpo é trabalhada com os beneficiados. Sempre que uma atividade é encerrada, os integrantes fazem a limpeza. “Tem que lavar a louça para deixar tudo limpo para o próximo que usar”, fala a aluna Daiane Santos Ferreira.

Para facilitar a compreensão, os jovens recebem as receitas em um livro com ilustrações ao lado de números para que o aluno saiba qual é o alimento pedido e quanto é a quantidade que vai ser utilizada durante a montagem dos pratos. “A receita é igual àquela escrita. Só colocamos figuras para que eles entendam melhor o que precisa ser feito”, explica a terapeuta ocupacional Cássia Cristina Soares.

Apesar de importante, a construção da cozinha adaptada só foi possível devido à ajuda vinda de doações por meio do Imposto de Renda (IR). A gerente da Apae de Tatuí, Rita de Cássia Leme Santos, destaca a contribuição. “É legal, porque o imposto será pago de qualquer forma em 6% como pessoa física e 1% como pessoa jurídica para projetos de crianças e adolescentes”, completa.

Clube do Livro de Tatuí

Rolou o primeiro encontro do Clube do Livro de Tatuí, no CEU das Artes. Além da literatura, foram discutidos outros assuntos interessantes e importantes. Todos podem participar. Todos os sábados às 9:00 horas no CEU das Artes, na Vila Santa Helena. O projeto é de Aline Ross, Daniela Rocha e Priscila.

Tatuí terá R$ 5 mi para obras de mobilidade urbana

Publicado por Pamella Cajano / Publicado em Investimentos

Na próxima segunda-feira (30), o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, estará em Tatuí, no interior de São Paulo, a partir das 11h, para anunciar investimentos em mobilidade urbana no valor de R$ 5 milhões. Os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) - Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas.

Segundo Kassab, o Ministério das Cidades apoia com recursos a execução de obras de pavimentação e qualificação de vias e toda infraestrutura como sistema de drenagem de águas pluviais, redes de abastecimento de água e coleta de esgoto, passeios com acessibilidade, sistemas cicloviários, medidas de moderação de tráfego, sinalização viária e elementos que promovam a acessibilidade. 'Com essas obras, daremos melhor qualidade de vida à população de regiões, muitas vezes desassistidas de infraestrutura', disse o ministro.

Com os R$ 5 milhões, a Prefeitura de Tatuí irá executar obras de pavimentação das seguintes vias: Ligação entre São Raphael e V. Garcia; rua Porfírio de Campos Pedroso - Santa Rita; rua Orminda Salum Telles - Novo horizonte; rua Maria Camargo Marins e rua Joaquim Faustino da Rosa - Vale dos Lagos e recapeamento na av. Nelson Marcondes do Amaral (que liga o Jardim Palmira à Rodovia Laurindo Minhoto) e rua Salvador Alexandre de Andrade (Jardim Manoel de Abreu).

Desde 2003, o governo federal, por meio do Ministério das Cidades, tem uma carteira de investimentos já foram investidos no município de Tatuí R$ 286,69 milhões, sendo R$ 278,85 milhões destinados ao programa Minha Casa, Minha Vida, R$ 2 milhões em habitação, R$ 5,57 milhões em saneamento e R$ 267,22 milhões em infraestrutura. No Estado de São Paulo, o valor total da carteira é de R$ 121,14 bilhões.

(Redação - Agência IN)

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

ODONTOMÓVEL OFERECE ATENDIMENTO DENTÁRIO GRATUITO NA PRAÇA DA MATRIZ

A ação acontece entre os dias 1º a 4 de dezembro

Tatuí receberá a partir desta terça-feira, 1, os serviços do Odontomóvel, um consultório odontológico itinerante que realiza atendimentos gratuitos para os moradores. O serviço estará disponível até o dia 4 de novembro, na Praça da Matriz. Diversos procedimentos, como canal, limpeza, raspagem e até mesmo algumas pequenas cirurgias, serão realizados gratuitamente. O atendimento acontece de terça a sexta-feira, das 9h às 17h. Para ser atendido, é necessário apresentar o cartão do SUS e documento de identificação com foto. Crianças e adolescentes devem estar acompanhados pelos responsáveis legais.

FEIRA DE ADOÇÃO DE CÃES ACONTECE NESTE DOMINGO

Neste domingo, 29, o Canil Municipal será sede de uma Feira de Adoção de Cães. São 40 animais disponíveis, todos já castrados, vacinados e vermifugados. O objetivo principal da feira é conscientizar e sensibilizar a população sobre a posse responsável de animais e alertar sobre situações de maus tratos, abandono e, claro, encontrar um lar para esses animais. A ação acontece das 13h às 16h. O Canil fica na Estrada dos Fragas.

Ministro Kassab vem a Tatuí na segunda-feira, às 11 horas, no Paço


quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Estão abertas as inscrições para a Corrida Rural


Vagas de emprego na região de Tatuí

Tatuí
Ajustador ferramenteiro (uma vaga)
Auxiliar de montagem (uma vaga)
Bibliotecário (uma vaga)
Eletricista de manutenção (uma vaga)
Eletrotécnico (uma vaga)
Psicólogo (uma vaga)
Auxiliar de laboratório (uma vaga)
A unidade se encontra na Rua Adauto Pereira, 352, Centro

Itapetininga
Técnico instrumentista (uma vaga)
Torneiro mecânico (uma vaga)
Soldador industrial (uma vaga)
Bibliotecário (uma vaga)
Eletricistas de instalações de veículos (duas vagas)
Técnico em informática (uma vaga)
Jardineiro (uma vaga)
Mecânico agrícola (uma vaga)
Padeiro (uma vaga)
Pizzaiolo (duas vagas)
Auxiliar de mecânico diesel (uma vaga)
O PAT fica na Rua Monsenhor Soares, 251, Centro.

Novo repasse de recursos federais a Tatuí


Portal da Transparência: novo repasse de recursos federais ao município de Tatuí por meio de convênio. O objetivo da divulgação desses dados é ampliar a transparência pública e estimular a participação e o controle social. Os dados do convênio aqui relacionado foi extraído do SIAFI no dia 22/11/2015. O convênio do município de Tatuí que recebeu seu último repasse no período de 16/11/2015 a 22/11/2015.
--------------------------------------------------------------------------------
Número Convênio: 790303 
Objeto: PAVIMENTAÇÃO DE VIAS DE IMPORTANTE ACESSO NO MUNICÍPIO 
Órgão Superior: MINISTÉRIO DAS CIDADES 
Convenente: MUNICÍPIO DE TATUÍ 
Valor Total: R$ 245.850,00 
Data da Última Liberação: 20/11/2015 
Valor da Última Liberação: R$ 122.925,00

MENORES SÃO DETIDOS POR TRÁFICO DE DROGAS NA VILA SÃO CRISTÓVÃO

Dois menores de idade foram detidos pela Guarda Civil Municipal por tráfico de drogas na Vila São Cristóvão. No momento do flagrante, os suspeitos tentaram fugir, mas foram rendidos pela equipe. Com eles foram apreendidas cinco porções de cocaína, cinco porções de crack, duas cápsulas de cocaína e R$ 41 em dinheiro. Os menores foram encaminhados à Delegacia do município e seguem à disposição da Justiça.

TATUÍ DOA 3 TONELADAS DE ALIMENTOS PARA GUAREÍ

Entre as doações estão hortifrúti

O Banco de Alimentos de Tatuí realizou uma doação de três mil quilos de alimentos para atender as vitimas das chuvas que atingiram a cidade de Guareí na última segunda-feira, dia 23. Entre os alimentos doados estão abóbora, batata, cenoura, mandioca e diversos tipos de verduras e frutas. Nos próximos dias, mais um lote de donativos serão encaminhados pelo Banco de Alimentos às vítimas e desabrigados.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Adolescentes de 14 e 16 anos são apreendidos com drogas no Jardim Europa

Porções de cocaína e maconha eram vendidas por adolescentes
 (Foto: Divulgação/ GCM Tatuí)
Com eles foram apreendidas porções de maconha e cocaína.

Do G1- Dois adolescentes de 14 e 16 anos foram apreendidos por vender maconha e cocaína em Tatuí na noite de terça-feira (24). De acordo com a Guarda Civil Municipal (GCM), com a dupla foram encontradas 15 porções de maconha, 67 de cocaína e R$ 84 em espécie, no Jardim Europa.

Conforme a GCM, denúncias anônimas apontaram que os menores escondiam os entorpecentes em um matagal e ficavam a metros de distância, indo ao local apenas para entregar a droga. Uma equipe foi ao local e constatou a situação.

Os jovens confessaram a posse e a venda dos entorpecentes e relataram que estavam vendendo para outro indivíduo. Eles foram conduzidos até a delegacia para prestarem depoimento e ficaram à disposição da Justiça.

Em Capela do Alto, prefeito anuncia doação de terreno para construção de Etec



O prefeito Marcelo Soares da Silva anunciou ontem (25) a doação de um terreno de 12 mil metros quadrados para a construção do novo prédio da extensão da Etec em Capela do Alto.

O anuncio foi feito durante o evento de apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC dos alunos capelenses do curso de Informática, realizado ontem, em Votorantim.

"A Etec em Capela do Alto está trazendo diversos frutos para nosso município e para nossos jovens que já mostraram em várias ocasiões, a vontade de se profissionalizar. Este terreno é nosso agradecimento e apoio para que os avanços da profissionalização em nosso município continuem cada vez mais", comentou o prefeito.

Atualmente a extensão da Etec Elias Miguel Junior está instalada na escola Coronel Pedro Dias de Campos e o próximo passo para a construção do prédio é a liberação da verba pelo governo estadual.



Prefeito recebe médico responsável pela construção da Unidade de Hemodiálise

O prefeito Manu recebeu hoje em seu gabinete o médico nefrologista Alcyr Ferrari, que veio apresentar o cronograma e o andamento das obras na Unidade de Hemodiálise. O prédio está sendo construído a partir de estruturas metálicas e as obras complementares de alvenaria deverão ser iniciadas em breve.

Jornal do COBAT

ANTONIO DE PÁDUA OLIVEIRA, Presidente

DEMUTT

Servindo-se do Oficio COBAT-329/11 DE 11/11/15 O COBAT encaminhou ao DEMUTT requerimento para construção de lombada no bairro Jardim Santa Rita de Cássia. Recebemos neste dia 24/11/15 o Oficio DEMUTT-646/15, nos informando que será feita analise no local e se for comprovada a necessidade será solicitada a construção. Já pelo Oficio COBAT-331/15 também de 11/11/15 foi enviado ao DEMUT Oficio contendo os novos nomes que comporão a Diretoria COBAT para os biênios 2016/2017. O COBAT enviou ao DEMUTT através do encaminhamento feito pelo Oficio 347/15 de 16/11/15 cópia do oficio COBAT- 345/15 enviado ao D.E.R – Sucursal de Itapetininga, através do qual pede informações sobre o trecho da rua 11 de Agosto sob domínio do D.E.R. Neste 24/11/15 recebeu o Oficio 647//15 que diz: “informamos que está sendo elaborado um Projeto de lei, onde após aprovação pelo Legislativo a prefeitura estará autorizada a receber do D.E.R – (Departamento de Estradas de Rodagem) o trecho da Rua 11 de agosto que inicia-se no cruzamento com a Travessa Romeu Picchi até o trevo da Empresa Tavex, e também o trecho da Rodovia SP141 entre ALL e a passagem de nível da linha Férrea ( Rua Dr. Alberto Seabra).

PREFEITO

Pelo Oficio COBAT-330/15 de 11/11/15 é enviado em cópia ao sr. Prefeito o Oficio COBAT 329/15 solicitando lombada para o Jardim Santa Rita de Cássia. Já pelo Oficio COBAT-332/15 é enviado ao mesmo relação de nova diretoria do COBAT para o biênio 2016/17. Já pelo Oficio COBAT-341/15 DE 16/11/15 são solicitadas providencias já pedidas anteriormente para a rua Antonio Emílio de Oliveira proximidades da Rua Lázaro Barba onde a quantidade de grande crateras é enorme e poderá causar acidentes de proporção. Já pelo Oficio COBAT-342/15 é solicitada poda para a arvore da rua Lazaro Barba, 152 no bairro Jardim Lirio. O Oficio COBAT-346/15 entrega ao sr. Prefeito em cópia o Oficio COBAT-345/15, através do qual são solicitadas informações sobre a área de domínio (a partir de que no.) do D.E.R sobre a Rua Onze de Agosto nesta cidade. Servindo-se do Oficio COBAT- em348/15, em cópia, a diretoria do COBAT sugere ao sr. Prefeito comunicar aos serralheiros e engenheiros construtores informações sobre os portões de abrir para dentro, no intuito de evitar problemas futuros. Tendo estado a verificar a situação da construção da central de hemodiálise prometida para Tatuí em 27/06/15 e nada encontrado no local, a diretoria do COBAT servindo-se do Oficio 351/15 DE 18/11/15 sugere ao sr. Prefeito manter contato com a empresa terceirizada a quem foi repassada a responsabilidade de construção e atendimento a nossos pacientes, estabelecer uma data prévia para inicio das obras em Tatuí. Até o momento, ali, no momento, a única ação verificada é o crescimento do mato, devido ás chuvas intermitentes. Considerando ter sido suprimida na Via R.G.Adão Bertin, uma árvore em extinção, é solicitado em cópia através do Oficio COBAT 356/15 o envio de técnicos para verificarem as possibilidades de aproveitamento de mudas nascidas do troco ainda debaixo da calçada. A árvore foi suprimida mas o tronco permanece semi-encoberto na calçada. Servindo-se do Oficio COBAT- 359/15 de 18/11/15, em cópia, ao sr. Prefeito, é indagado quais providências tem sido tomadas com relação á invasão de áreas publicas (áreas verdes) por comerciantes locais nos vários cantos da cidade. Já pelo. Pelo oficio COBAT- 360/15 DE 18/11/15 , ´é indagado ao sr. Prefeito quais ações tem sido tomadas no intuito de restaurar o velho RUGBY 192, o carro do Dr. Gualter Nunes.

CÃMARA MUNICIPAL

Pelo Oficio 333/115 de 11/11/15 é enviada ao presidente da Câmara Municipal de Tatuí, relação contendo os nomes dos novos diretores do COBAT, eleitos em 09/11/15.

SIMA/OBRAS

Pelo Oficio COBAT-334/15 é informado ao Sr. Secretario os nomes dos novos componentes do Conselho de bairros de Tatui, eleitos em 09/11/15, pelo Oficio COBAT 343/15 é enviado ao mesmo em copia o Oficio 341/15 sobre buracos do Jardim Lirio.

ÁREAS VERDES

Foram enviados a Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura os Oficios:COBAT-335/15 informando nova diretoria do COBAT eleita em 09/11/15,COBAT-354/15 pedindo providencias na Via R.G.Adão Bertin, COBAT-357/15 pedindo informações sobre as providencias tomadas quanto á invasão de áreas verdes de domínio público 

COMDEMA- Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente

Oficio COBAT-336/15 informando nova diretoria do COBAT eleita em 09/11/15,

Oficio COBAT-355/15 pedindo providencias na Via R.G.Adão Bertin, quanto a muda de suposta espécie em extinção, Cobat-358/15 pedindo informações sobre as providencias tomadas quanto á invasão de áreas (verdes)publicas invadidas aleatoriamente por comerciantes.

SECRETARIA DE SAÚDE

Pelo Oficio COBAT-337/15 é informada nova Diretoria do COBAT para o biênio 2016/2017. Através do OFICIO COBAT-352/15 é solicitado ao sr. Prefeito Municipal manter contato com a empresa terceirizada contratada para construir a central de hemodiálise e conseguir dela a data para inicio das obras, que já demorou demais.

CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE

Através do OFICIO COBAT-353/15 em copia, é solicitado ao sr. Prefeito Municipal manter contato com a empresa terceirizada contratada para construir a central de hemodiálise e conseguir dela a data para inicio das obras, que já demorou demais.

GCM – GUARDA CIVIL MUNICIPAL

Através do Oficio COBAT-338/15 é informada á Guarda Municipal de Tatuí a nova diretoria do COBAT para o biênio 2016/2017.

CONSELHO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

Através do Oficio COBAT-339/15 é informado ao Conselho de Assistência Social de Tatuí a nova diretoria do COBAT para o biênio 2016/2017.

SECRETARIA DA FAZENDA E PLANEJAMENTO

Através do Oficio COBAT-340/15 é informada á Secretaria de Fazenda e Planejamento de Tatuí a nova diretoria do COBAT para o biênio 2016/2017. Já pelo oficio COBAT-350/15 em copia, é sugerida comunicação aos serralheiros e engenheiros construtores sobre portões eletrônicos de abrir para dentro,no intuito de serem evitados problemas futuros.

FISCALIZAÇÃO

Já pelo oficio COBAT-349/15 é sugerida comunicação aos serralheiros e engenheiros construtores sobre portões eletrônicos de abrir para dentro, no intuito de serem evitados problemas futuros. Pelo Oficio COBAT-362/15 em atenção a solicitação de moradores vizinhos, são solicitadas providencias em imóvel abandonado na rua João Abrame no bairro Jardim Rosa Garcia.

D.E.R – Departamento de Estradas de Rodagem

Pelo oficio COBAT-345/15 são solicitadas informações ao DER sobre área de seu domínio na Rua 11 de Agosto, nesta cidade de Tatuí

SECRETÁRIO DE NEGÓCIOS JURÍDICOS E SEGURANÇA

Pelo Oficio COBAT-361/15 em copia é enviado ao sr. Secretario o Oficio COBAT -360/15 referente á restauração do RUGBY-1924 e pelo Oficio COBAT-363/15 é enviado em copia o Oficio COBAT-362/15 solicitando providencias na rua João Abrame.

A Diretoria do Conselho de Bairros de Tatuí-COBAT comunica a seus associados que no dia 14 de dezembro de 2.015 estará acontecendo a Festiva de Natal. Todos são convidados.

Câmara derruba veto a projeto de exames oftalmológicos na rede municipal de ensino

João Antonio Fonseca

O prefeito de Tatuí havia vetado de forma total o Projeto de Lei nº 035/2015 do vereador Antonio Marcos de Abreu (Marquinho da Santa Casa), projeto que dispõe sobre a obrigatoriedade de realização de exames oftalmológicos nos alunos da rede municipal de ensino. Na última sessão extraordinária, terça 24, os vereadores derrubaram o veto total aposto a este projeto. O vereador Marquinho, em defesa do seu projeto, argumentou que referida propositura tem como enfoque a preservação da vida, da boa saúde dos alunos matriculados na rede municipal de ensino.

É indiscutível que a boa visão é um dos fatores que afetam o rendimento escolar e pessoal das crianças, promovendo assim uma indiscutível melhora na saúde e bem estar dos alunos.

O exame oftalmológico é uma avaliação dos olhos, pálpebras e vias lacrimais que tem particular importância em determinadas etapas da vida. Nos bebês deve-se verificar o clarão pupilar para identificar precocemente algum problema de visão. Já as crianças precisam fazer exames oftalmológicos com regularidade para detectar eventuais deficiências, que podem prejudicar o aprendizado escolar, ainda, por suas ligações com a clínica médica, a neurologia e outras especialidades, este exame é um elemento importante para o diagnóstico e acompanhamento de diversas doenças. Devido a isto que se preconiza a realização de uma avaliação oftálmica, no mínimo uma vez por ano em nossos alunos.

TATUÍ ESTÁ NA FINAL DO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL

Equipes do sub 11 e sub 13 foram campeãs da fase regional
A cidade foi campeã em duas categorias disputadas na fase regional do Campeonato Estadual de Futebol, promovido e organizado pela Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo. As finais aconteceram nos dias 20, 21 e 22 de novembro com jogos realizados nos estádio “Itatibão” (Clube de Campo) e no “Dr. Gualter Nunes” (XI de Agosto). 

Na categoria sub 11, Tatuí venceu Itapeva por 2 a 1. Já na categoria 13 os atletas tatuianos venceram São Mihuel por 1 a 0. As vitórias garantiram as equipes locais a participarem das disputadas finais que acontecem entre os dias 13 a 22 de dezembro, em Dracena.

Ao todo, 24 equipes participaram do campeonato, entre elas Tietê, Itu, Angatuba, Itapeva, Boituva, São Miguel Arcanjo, Itai, Apiai, Alumínio Avaré e Iaras.

Jazz Combo do Conservatório de Tatuí se apresenta no Palácio da Justiça nesta sexta-feira

Os músicos do Jazz Combo do Conservatório de Tatuí tocarão no Salão do Júri do Palácio da Justiça (Praça da Sé, s/nº – Centr/SP) nesta sexta-feira (27), às 12 horas. O espetáculo faz parte da programação do projeto Arte e Cultura no TJSP.

No repertório, as canções Eu te amo, de Tom Jobim e Chico Buarque, e Formosa, de Vinícius de Moraes e Ary Barroso. De acordo com o próprio grupo, a partir de uma formação não convencional, sua missão é pesquisar repertório, estudar, praticar e divulgar a música instrumental e de improvisação.

Criado em 1992, o Jazz Combo une alunos e professores do curso de MPB e Jazz do Conservatório de Tatuí em torno do resgate da história da música brasileira. O coordenador do grupo é Paulo Flores, flautista, compositor, arranjador, pesquisador e produtor musical.

O projeto Arte e Cultura no TJ busca prestigiar, incentivar e levar qualidade de vida aos servidores da Corte por meio de eventos culturais, além de aproximar os públicos interno e externo ao transformar o ambiente de trabalho em espaço para fruição de manifestações artísticas.

Dois suspeitos de caça ilegal são presos com espingardas em Tatuí

Dupla, de 59 e 31 anos, foi liberada após pagar R$ 1,5 mil de fiança.
Flagrantes ocorreram em dois bairros durante operação da Polícia Civil.


Do G1- Dois homens, de 59 e 31 anos, investigados por caça ilegal foram presos com espingardas e munições na manhã desta terça-feira (24) em Tatuí. De acordo com a Polícia Civil, na casa deles foram apreendidos três espingardas, uma arma de pressão e munições.

Segundo a polícia, os flagrantes ocorreram durante operação. Os dois viviam na zona rural, um no Bairro Cogonhal e outro no Bairro Santuário. Na casa de um foram achados duas espingardas, a arma de pressão e munições, e na residência do outro mais uma espingarda e projéteis.

A dupla foi encaminhada à delegacia e prestou depoimento. Os suspeitos pagaram fiança de R$ 1,5 mil e foram liberados. Eles responderão por posse ilegal de arma.

Réu bêbado é absolvido de acusação de tentativa de homicídio

Domingos Benedito de Oliveira foi absolvido pelo Tribunal do Juri de Tatuí nesta terça-feira, dia 24. Ele foi acusado de tentativa de homicídio no dia 22 de janeiro de 2008, à noite, na Vila Bandeirantes, bairro Morro Grande, em Tatuí, quando desferiu coronhadas e efetuou três disparos de arma de fogo contra Tiago José de Camargo. O réu se defendeu, alegando legítima defesa. Certo é que ambos estavam embriagados, se desentenderam e... havia uma arma.

A sessão foi presidida pela juíza titular da Primeira Vara Criminal da Comarca de Tatuí, Mariana Teixeira Salviano da Rocha, auxiliada pela escrevente Vanilda Bastos de Barros e pelos oficiais de justiça Luiz Carlos da Silveira e Paulo José Alegre. O Ministério Público esteve representado pelo promotor de justiça Carlos Eduardo Pozzi, que sustentou a acusação. Na defesa do réu atuou a advogada Marlene Maria Garcia, com assistência da também advogada Liliana Almeida Scabia Montes.

Em Guareí, carros são destruídos por granizo do tamanho de cebolas

Hospital teve teto 'furado' por pedras de gelo e ficou alagado e interditado. Prefeito de Guareí (SP) decretou estado de emergência por alagamentos.

Do G1 Itapetininga e Região

Veículos tiveram vidros 'furados' por pedras de gelo (Foto: Arquivo Pessoal/ Thaniely Eglesias)

Uma chuva com granizo do tamanho de cebolas, que ocorreu na manhã desta segunda-feira (23) em Guareí (SP), quebrou vidros de carros e danificou o teto do pronto-atendimento (PA) do hospital da cidade. A unidade ficou alagada e quem busca atendimento no local é transferido para Itapetininga (SP), cidade vizinha, e não há prazo para voltar a funcionar. A unidade aguarda vistoria do Corpo de Bombeiros para reabrir, disse a direção do hospital à TV TEM.

O prefeito de Guareí, João Batista Momberg (PT), decretou situação de emergência porque a chuva teria provocado inundações em metade de todas as casas do município de 16 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O morador Adriano de Andrade, soma ter visto pelo menos 20 veículos com vidros danificados. Não há um número total de atingidos. "Todos os carros da minha rua ficaram com vidros quebrados. Mas pelo menos é dano material, ninguém se machucou. Porque houve chances de feridos, imagine uma pedra do tamanho de uma cebola caindo em alta velocidade", ressalta.

Granizo do tamanho de cebolas atingiram cidade (Foto: Arquivo Pessoal/ Adriano de Andrade)

Granizo causou destruição em carros, casas e no hospital (Foto: Arquivo Pessoal/ Thaniely Eglesias)

A estudante Thaniely Corrêa Eglesias, que fotografou os estragos causados nos carros, disse que a chuva ocorreu pela manhã, mas o granizou durou cerca de cinco minutos. O fenômeno começou por volta das 10h.

Apesar do pouco tempo, a chuva de granizo foi assustadora. “Foi muito barulho, eu nunca tinha visto pedras daquele tamanho. Ruas também ficaram alagadas. Minha tia, de 55 anos, também disse que foi a primeira vez que ela viu granizo desse tamanho aqui em Guareí”, conta Thaniely, de 18 anos.

Ainda de acordo com ela, bairros da cidade ficaram sem energia elétrica desde o início da chuva de granizo até 14h, sendo quatro horas no total. “O hospital ficou interditado, creches e escolas pararam, os supermercados também fecharam as portas. A cidade praticamente parou”, relata a jovem.

Uma equipe técnica da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) foi à cidade para vistoriar bairros atingidos pela chuva. O órgão também disponibilizou materiais de ajuda humanitária para as famílias atingidas, que tiveram as casas danificadas por destelhamentos, afirma a Cedec.

Árvores caíram durante chuva em Conchas (Foto: Sidnei Miranda/ Folha Regional)

Chuva na região
Além de Guareí, o temporal causou estragos em outras dez cidades da região deItapetininga (SP). Em Conchas (SP), de acordo com o coordenador da Defesa Civil Uberto Lippi, a chuva com ventos fortes ocorreu das 4h às 4h25 da madrugada e derrubou 27 árvores na zona urbana.

Ainda segundo ele, algumas telhas voaram, portões e antenas ficaram retorcidos e alguns muros caíram. Na zona rural diversas árvores caíram e algumas estradas tiveram tráfego interrompido. Lippi diz ainda que as equipes já realizaram os reparos emergenciais e que as estradas foram liberadas. A cidade chegou a ter o fornecimento de energia interrompido, mas já foi restabelecido. Não há registro de feridos ou desabrigados.

Chuva derrubou árvores na área central de Cesário Lange (Foto: Arquivo Pessoal/ Rogério Silva )

Cesário Lange
Cesário Lange (SP) também foi atingida pela forte chuva durante a manhã desta segunda. O vento forte destelhou casas e derrubou árvores. A prefeitura trabalha para liberar as vias. Não houve registro de vítimas. As aulas nas escolas municipais foram suspensas e devem ser retomadas na quarta-feira (25). 

As pessoas que tiveram as casas danificadas com as chuvas estão na casa de familiares. A prefeitura disse ainda não ter um levantamento porque o trabalho agora é ajudar as pessoas que tiveram as casas danificadas e também na liberação dos acessos.

Equipes da Cedec também foram à cidade vistoriar bairros atingidos pela chuva e disponibilizar materiais de ajuda humanitária para as famílias atingidas pelas fortes chuvas, que tiveram suas casas danificadas por destelhamentos, afirma o órgão.

Morador flagra alagamento de rua de Laranjal Paulista (Foto: Felipe Jacon/Arquivo Pessoal)

Tatuí
Em Tatuí (SP) também choveu forte durante todo o dia. Uma rua próxima a rodoviária ficou alagada. O ponto é conhecido por sempre alagar durante forte chuva. Segundo a prefeitura, a Defesa Civil segue em alerta, mas não foi registrado nenhum incidente com a chuva.

Além de danificar veículos, ruas ficaram alagadas com temporal (Foto: Arquivo Pessoal/ Thaniely Eglesias)

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Instituto entrega Prêmio Darcy Ribeiro nesta quarta, 25

Evento será realizado na Câmara Municipal de Sorocaba a partir das 19h30 com a presença de convidados

O presidente da Associação Kairós Sorocaba, o professor Paulo César Gazzi, será o homenageado com o Prêmio Darcy Ribeiro deste ano, em solenidade marcada para esta quarta-feira, (25 de novembro) às 19h30, na Câmara Municipal de Sorocaba. O prêmio é concedido pelo Instituto Darcy Ribeiro a personalidades e entidades de destaque no campo cultural. A solenidade foi agendada pelo vereador Carlos Leite (PT).

A Associação Kairóis Sorocaba foi fundada em 1º de agosto de 2007 e declarada como de Utilidade Pública pela Lei Municipal nº 8596 de 10 de outubro de 2008. Ela mantém uma biblioteca comunitária com mais de 3 mil livros que funciona há mais de dez anos no bairro Maria Eugênia. As obras, todas doadas pela comunidade, são emprestadas na região.

O Instituto Darcy Ribeiro, organizador do evento, este ano em parceria com a Jatobá Comunicação e Cultura, é um Órgão de Extensão Cultural da ASSETA – Faculdades de Tatuí. Ele foi fundado por Acassil José de Oliveira Camargo e Armando Oliveira Lima, este último seu presidente. Sediado em Sorocaba, o Instituto tem por objetivo o estudo das obras de Darcy Ribeiro, além da entrega do prêmio anual e organização de eventos. É ainda responsável pela realização do concurso Depoesia, que já teve 14 edições e foi criado incentivar a poesia regional.

DIA DO RIO É COMEMORADO COM EVENTO NA ETEC SALES GOMES

O evento é voltado a professores da rede municipal de ensino e alunos da própria escola, Fatec Tatuí e faculdades da cidade
O Departamento do Meio Ambiente promove no dia 24 de novembro, às 19h30, no salão Nobre da Escola Técnica Sales Gomes, uma ação em comemoração ao Dia do Rio. Serão três palestras sobre o tema “Recursos Hídricos: Os desafios para uma gestão eficaz”. O evento é voltado a professores da rede municipal de ensino e alunos da própria escola, da Fatec Tatuí e outras faculdades da cidade. A entrada é gratuita.

Giovana Ceranto faz conclusão de curso em cravo, dia 15

Apresentação gratuita será no Auditório da Unidade II

A aluna Giovana Ceranto faz no próximo dia 15 de dezembro, terça-feira, recital de conclusão de curso de cravo na área de performance histórica do Conservatório de Tatuí. O recital terá entrada franca a partir das 18h no Auditório da Unidade II, à rua São Bento, 808.

Com coordenação de Débora Ribeiro e orientação da professora Maria Eugênia Sacco, Giovana apresentará obras de Giuseppe Domenico Scarlatti (Sonata em si bemol maior – K. 545), François Couperin (L’Art de toucher le clavecin e Préludes – 1 ao 8), Johann Sebastian Bach (Prelúdio e Fuga em do maior, Prelúdio e Fuga em do menor, Toccata em mi menor e Sonata no. 6 em sol maior para Violino e Cravo Obligato). Nesta última peça ela contará com a participação especial do violinista Gilberto Ceranto.

SERVIÇO
Recital de Conclusão de Curso de Cravo
Giovana Ceranto, formanda
Professora responsável: Maria Eugênia Sacco
Coordenação: Débora Ribeiro
Quando: 15/12, terça-feira, 18h
Local: Auditório da Unidade II – Rua São Bento, 808 – Centro – Tatuí
Informações: (15) 3205-8444
Entrada franca

Lilian Graziela faz conclusão de curso em fortepiano, dia 16

Apresentação gratuita será no Auditório da Unidade II

A aluna Lilian Graziela de Oliveira faz no próximo dia 16 de dezembro, quarta-feira, recital de conclusão de curso de fortepiano na área de performance histórica do Conservatório de Tatuí, equipamento do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura do Estado. O recital terá entrada franca a partir das 18h no Auditório da Unidade II, à rua São Bento, 808.

Com coordenação de Débora Ribeiro e orientação do professor Fulvio Ferrari, Lilian apresentará obras de Joseph Haydn (12 variations in Eb, Hob. XVII:3) e Ludwig van Beethoven (Sonate Opus 2 Nr. 1).

SERVIÇO

Recital de Conclusão de Curso de Fortepiano
Lilian Graziela de Oliveira, formanda
Professora responsável: Fúlvio Ferrari
Coordenação: Débora Ribeiro
Quando: 16/12, quarta-feira, 18h
Local: Auditório da Unidade II – Rua São Bento, 808 – Centro – Tatuí
Informações: (15) 3205-8444
Entrada franca

Pâmela Lopes faz recital de aperfeiçoamento em flauta doce, dia 17

Apresentação gratuita será no Auditório da Unidade II, a partir das 18h

A aluna Pâmela Roberta Marques Lopes faz no próximo dia 17 de dezembro, quinta-feira, recital de conclusão de aperfeiçoamento em flauta doce na área de performance histórica do Conservatório de Tatuí. O recital terá entrada franca a partir das 18h no Auditório da Unidade II, à rua São Bento, 808.

Com coordenação de Débora Ribeiro e orientação da professora Débora Ribeiro, com acompanhamento ao cravo de Giovana Ceranto, Pâmela apresentará obras de Georg Friedrich Händel (Sonata em sol menor, HWV 360), Georg Philipp Telemann (Fantasia nº 1 em do maior), Benedetto Marcello (Sonata nº 2 em ré menor) e Francesco Barsanti (Sonata em do maior).

SERVIÇO
Recital de Conclusão de Aperfeiçoamento em Flauta Doce
Pâmela Roberta Marques Lopes, formanda
Professora responsável: Débora Ribeiro
Coordenação: Débora Ribeiro
Quando: 17/12, quinta-feira, 18h
Local: Auditório da Unidade II – Rua São Bento, 808 – Centro – Tatuí
Informações: (15) 3205-8444
Entrada franca

Carla Oliveira faz recital de conclusão de curso em flauta doce, dia 18

Apresentação gratuita será no Auditório da Unidade II, a partir das 18h

A aluna Carla Carolina M. Almeida Oliveira faz no próximo dia 18 de dezembro, sexta-feira, recital de conclusão de curso em flauta doce na área de performance histórica do Conservatório de Tatuí. O recital terá entrada franca a partir das 18h no Auditório da Unidade II, à rua São Bento, 808.

Com coordenação e orientação de Débora Ribeiro e acompanhamento ao cravo do professor Fúlvio Ferrari, Carla apresentará obras de Georg Philipp Telemann (Sonata nº 1 em ré menor), Francesco Barsanti (Sonata nº 5 em fá maior), William Wiliams (Sonata nº 1 em ré menor) e Benedetto Marcello (Sonata nº 2 em ré menor).

SERVIÇO
Recital de Conclusão de Curso em Flauta Doce
Carla Carolina M Almeida Oliveira, formanda
Professora responsável e Coordenação: Débora Ribeiro
Quando: 18/12, sexta-feira, 18h
Local: Auditório da Unidade II – Rua São Bento, 808 – Centro – Tatuí
Informações: (15) 3205-8444
Entrada franca

Jefferson Pereira apresenta-se em conclusão de curso dia 2

Recital de percussão sinfônica terá entrada franca a partir das 19h
O aluno Jefferson Henrique Pereira faz no próximo dia 2 de dezembro, quarta-feira, recital de conclusão de curso em percussão sinfônica no Conservatório de Tatuí.

O recital terá entrada franca a partir das 19h no Salão Villa-Lobos, à rua São Bento, 415. A orientação é do professor Paulo Afonso Estanislau e a coordenação, de Luis Marcos Caldana.

Com acompanhamento de Juliano Kerber ao piano, Jefferson apresentará obras de Elliott Carter (VIII March para 4 Tímpanos Solo), David Friedman (Looking Back – Vibrafone Solo), Charles De Lancey (The Love of L’Histoire – Percussão múltipla), Rich O’Meara (Restless – Marimba Solo) e Sean Beeson (Prometheus Rapture – Snare Drum Solo, em quarto movimentos).

SERVIÇO
Recital de Conclusão de Curso de Percussão Sinfônica
Jefferson Henrique Pereira, formando
Professor responsável: Paulo Afonso Estanislau
Coordenação: Luis Marcos Caldana
Quando: 02/12, quarta-feira, 19h
Local: Salão Villa-Lobos – Rua São Bento, 415 – Centro – Tatuí
Informações: (15) 3205-8444
Entrada franca

Artistas do grupo 'Os Geraldos' fazem apresentação de comédia em Tatuí

Peça tem tempo estimado de uma hora
(Foto: Divulgação/Sesi)
Espetáculo ocorre no Sesi do município, às 19h30 desta terça-feira (24).
Entrada é de graça; encenação tem indicação para maiores de 14 anos.


Do G1- Os artistas do grupo “Os Geraldos” apresentam, de graça, a comédia dramática “O último sarau” no Serviço Social da Indústria (Sesi), em Tatuí. O espetáculo ocorre na terça-feira (24), no prédio da entidade, às 19h30. A indicação é para maiores de 14 anos. O tempo estimado da peça é de uma hora.

A encenação conta a história sobre a morte de um diretor artístico de um grupo teatral que, por 30 anos, dirigiu saraus e eventos culturais em uma pequena cidade. Em homenagem ao antigo cineasta, o conjunto decide fazer um último evento. A peça tem como tema o amor e a arte.

O espetáculo é uma comédia dramática que busca evocar a memória de um tempo em que a tradição cultural permeava o cotidiano das pessoas. A estrutura encontrada é a de um sarau lítero-musical.

Para assistir à apresentação basta ir até a unidade do Sesi de Tatuí. O prédio da entidade fica na Avenida São Carlos, 900. Mais informações podem ser obtidas pelo (15) 3305-2075.

domingo, 22 de novembro de 2015

FESTIVAL DO CAVALO LUSITANO DE TATUÍ


SAMU TESTA APARELHO INOVADOR PARA RESSUSCITAÇÃO

Ele permite que os socorristas apliquem compressões ao mesmo tempo em que desempenham outras atividades

O equipamento chamado de AutoPulse Zoll (prancha de ressuscitação cardiopulmonar) é uma bomba não invasiva revolucionária de suporte cardíaco à vida, que desloca maior quantidade de sangue de maneira mais consistente do que seria possível apenas com mãos. Ele permite que os socorristas apliquem compressões ao mesmo tempo em que desempenham outras atividades de suporte à vida ou enquanto transportam a vítima por uma escadaria ou, por exemplo, na traseira de uma ambulância em movimento.