PUBLICIDADE

Boletim de informações COVID-19 n° 196 Tatuí, 10 de agosto de 2020, segunda-feira - 11h

1387 CONFIRMADOS
1307 RECUPERADOS
41 ÓBITOS
71 EM TRATAMENTO
23 HOSPITALIZADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Cia. de Teatro do Conservatório de Tatuí foca obras de Plínio Marcos

Se estivesse vivo, o dramaturgo Plínio Marcos completaria 80 anos de vida em 2015. Foi esta efeméride que inspirou a Cia. de Teatro do Conservatório de Tatuí a organizar o projeto “Plínio 80 Marcos”. A primeira apresentação, sob direção de Rogério Vianna, estreia no próximo dia 15 de junho (segunda-feira), no setor de artes cênicas da instituição.

Sob o título “Os males de que padece o ser humano vêm dele mesmo”, o trabalho é inspirado nas obras de Plínio Marcos e recomendado para maiores de 12 anos. A apresentação será a partir das 20h30, à rua Cel. Aureliano de Camargo, 550, no primeiro andar.

Segundo Vianna, a apresentação do primeiro trabalho é resultado de uma pesquisa do universo retratado pelo autor nas obras “A Mancha Roxa”, “Balada de um Palhaço”, “Barrela”, “Homens de Papel”, “Navalha na Carne”, “Quando as Máquinas Param”, “Querô”, e resultou nas cenas “Números”, “A Flor da Pele em Espinho” e “Os desenganados” produzidos por meio de dinâmica de grupo.

“A apresentação de ‘Os males de que padece o ser humano vêm dele mesmo’ é uma frase citada por Plínio Marcos e que vai abordar o sistema doloroso de ruptura com seu meio da alma de pessoas despedaçadas”, esclarece Vianna.

O elenco do espetáculo é formado por Adriana Afonso, Fernanda Mendes, Dalila Ribeiro, Hugo Muneratto e Marcos Caresia.

O trabalho de pesquisa sobre a dramaturgia de Plínio Marcos foi criado com o intuito de fomentar o trabalho do autor que completaria em 29 de setembro, 80 anos de vida. Dramaturgo de grande importância para o cenário do teatro brasileiro, Plínio Marcos renovou o cenário do teatro e atuou em diversas áreas culturais, avaliando e criticando de forma singular as amarguras sociais brasileiras na década de 60 e 70.

“O projeto Plínio 80 Marcos objetiva salvaguardar a dramaturgia do ‘autor maldito’ analisando as peculiaridades da formação política, estética, ideológica e intelectual do dramaturgo, considerando o contexto histórico-cultural e sociopolítico da obra e do autor”, destacou o diretor Rogério Vianna.
O projeto prevê apresentação de dois espetáculos, um deles pedagógico com foco no trabalho do ator e seus questionamentos e outro que foque os personagens oprimidos, marginalizados, além de focar a crueza das ruas. Também serão realizadas releituras de cenas produzidas por meio deste universo e workshop que unam o trabalho realizado pela Cia de Teatro ao Setor de Artes Cênicas.

“Em meio a esse trabalho, a cultura popular será direcionada por meio de uma parceria com o agrupamento do Conservatório de Tatuí, a Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, por meio de um concerto que mistura as linguagens cênicas: música e teatro”, destaca Vianna.

Para este ano, estão previstas apresentações dos espetáculos “Fragmentos” (com direção de Rogério Vianna e assistência de direção de Dalila Ribeiro), “Balada de um Palhaço” (com direção de Marcos Caresia) e “Estória de Tião: Mitos e Lendas” (com direção de Adriana Afonso). Hugo Muneratto assina a direção musical. Carlos Alberto Agostinho e Jaime Pinheiro cuidam, respectivamente, dos figurinos e cenografia. Também unem-se ao elenco nos projetos os alunos bolsistas: Lucimara Portela Pereira, Beatriz Lopes, Jeferson Rodrigues Cunha, Leonildo Leite de Camargo Neto, Mariane Caroline de Pauli, Mateus de Andrade Milani, Nycoly da Silva Costa e Rodrigo Cotrim Pereira.

SERVIÇO
Os males de que padece o ser humano vêm dele mesmo
Data: 15 de junho de 2015 (segunda-feira)
Horário: 20h30
Local: Sala Preta – Setor de Artes Cênicas
Rua Cel. Aureliano de Camargo, 550, 1º andar
Entrada franca
Informações: 15 3259-1844

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE