Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sábado, 29 de novembro de 2014

Conservatório de Tatuí encerra calendário de eventos na Igreja Matriz de Tatuí, dia 18

O Conservatório de Tatuí, equipamento do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Estado da Cultura, faz concerto especial de encerramento de calendário artístico no próximo dia 18 de dezembro. O último concerto do ano a ser realizado pela instituição será a partir das 19h, na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, com a solista especialmente convidada Angelica de La Riva. A regência será de João Maurício Galindo. A entrada é franca a qualquer interessado.

Para o último concerto de 2014, ano no qual o Conservatório de Tatuí celebrou seus 60 anos de fundação, a Orquestra Sinfônica reservou obras especiais. O repertório envolve trechos de óperas de Mozart, Handel e Bellini, peças sacras e canções natalinas tradicionais. A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí é formada por cerca de 60 músicos – professores e alunos – e realiza mais de duas dezenas de apresentações por ano. Em 2014, foram dois concertos na Sala São Paulo (São Paulo), Teatro Politheama em Jundiaí, além de participação em todos os encontros internacionais realizados na instituição.

Aclamada pela crítica após protagonizar a ópera monodrama Las Horas Vacias do compositor Espanhol Ricardo Llorca, regida por E. Plasson, no Lincoln Center em New York (CD lançado por Columna Musica), Angelica de La Riva teve seu debut nacional como atriz no Teatro São Pedro em São Paulo. A estreia nacional da obra foi regida pelo maestro Alexis Soriano e dirigida por Joachim Schamberger. Recentemente teve seu debut na China sob a batuta do maestro Van de Velde, acompanhada da Orquestra Sinfónica de Shenzhen. Em 2010 teve seu debut no prestigioso Carnegie Hall em Nova York, onde desde então se apresenta regularmente.

Outras apresentações incluem L’Italiana in Algieri de Rossini sob regência do maestro R. Boudharam com a Orchestra Filarmónica de Praga em Paris, em Melodie Dialogue, assim como na mesma produção com a orquestra de St. Luke’s em sua estreia no Lincoln Center, sendo a primeira soprano brasileira a se apresentar no Avery Fisher Hall. Também em Nova York, estreou The Rise and Fall of the First World, ópera de câmara de Michael Kowalski, no papel principal de Filomena; Poppea em L’Incoronazione di Poppea, A Condessa em Le Nozze di Figaro sob regência do maestro R. Barret no Brooklyn Center for the Performing Arts; Sandrina em La Finta Giardiniera LOT de Nova York; off Broadway: Manhattan Theater Group Shakespeare Festival como Titania em Fools in Love - Sonhos de uma Noite de Verão; Ceres em A Tempestade; Brahms Liebes Lieder e Neues Liebes Lieder. E mais: O Cavalinho Azul, Opereta de Tim Rescala e Maria Clara Machado, no Teatro Tablado no Rio de Janeiro; e A Bela e a Fera (Disney) em São Paulo.

Artista convidada em vários festivais internacionais. Seu carinho pela música de câmara ibero-americana, inspirada por suas raízes, fez com que se aprofundasse neste repertório ao mesmo tempo em que difunde e cultiva cada vez mais a música clássica brasileira. Sua excepcional interpretação deste repertório em concertos no Brasil e nos Estados Unidos resultou no convite para inaugurar a Sala de Concertos La Fresneda em Astúrias (Espanha), acompanhada pela Orquestra de Câmara de Sierro, assim como o Festival de Granada na Espanha com Teresa Berganza.

Suas próximas atuações incluem recitais na França, Suíça, Alemanha, Áustria, Indonesia, Porto Rico e Estados Unidos com o concerto da série “Amazonas” (novembro 2014), sob regência do maestro Vince Lee no Carnegie Hall e a inauguração da Opera de Shenzhen na China no papel de Violetta em La Traviata.

A soprano fez recital arrasador, em agosto deste ano, no Teatro Procópio Ferreira, em Tatuí.

SERVIÇO
ORQUESTRA SINFÔNICA DO CONSERVATÓRIO DE TATUÍ & ANGELICA DE LA RIVA
João Maurício Galindo, regência
Quinta-feira . 18 de dezembro . 19h00
IGREJA MATRIZ NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
Praça da Matriz, s/n
Entrada franca
Informações: 15 3205-8444

Nenhum comentário:

Postar um comentário