Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 21 de setembro de 2010

Museu Paulo Setúbal foi reaberto

O governador do Estado de São Paulo, Alberto Goldman, e o prefeito de Tatuí, Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, reinauguraram na segunda-feira, dia 20, o Museu Paulo Setúbal. Também estiveram presente o secretário estadual Andrea Matarazzo (Cultura). Após 15 meses e um investimento de R$ 794,6 mil em obras de restauração pelo Governo do Estado, o museu foi municipalizado e está pronto para receber e surpreender os visitantes. Conta agora com auditório, reserva técnica, administração e sala para exposições temporárias. ”Por ser um local tão relevante, voltado ao patrimônio histórico e às tradições, o museu precisa ser moderno, acessível e atualizado”, afirma o Secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo. “Depois das obras e das mudanças feitas e com a nova exposição temporária que também se inicia, o museu Paulo Setúbal torna-se um dos mais importantes centros culturais da região”, completa Matarazzo.O prédio de três andares, datado de 1920, ocupa o centro da Praça Manoel Guedes, no Centro de Tatuí, e foi projetado para ser uma cadeia pública, passando a ser posteriormente o fórum da cidade. Com a reforma, o imóvel ganhou medidas sustentáveis, como iluminação de baixo consumo energético, e readequação do espaço para atender pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, por meio da implantação de rampas e elevador, reforma dos banheiros, ajuste de degraus, barras de segurança, guarda-corpo e corrimão, conforme as normas técnicas e legislações vigentes. A nova exposição irá contemplar alguns recortes da história de Tatuí. O subsolo será dedicado a contar as participações de tatuianos em conflitos armados e as curiosidades do acervo do museu. No térreo, a vida e obra do escritor e poeta Paulo Setúbal poderá ser apreciada pelos visitantes. O pavimento superior mostrará a formação da cidade, os movimentos populacionais, os primeiros habitantes, os colonizadores e os conflitos gerados por eles, além de registrar a presença dos tropeiros na região. Entre as novidades multimídias, o museu vai disponibilizar um jogo de computador em que o participante assume o papel de um tropeiro no século 19 e sai pelo Brasil vendendo seus produtos. O enredo do jogo é a trajetória percorrida pelo tropeiro de Viamão, no Rio Grande do Sul, até a vila de Sorocaba, em São Paulo, mostrando os perigos e as adversidades que os comerciantes encontravam nesse percurso. Segundo Angélica Fabbri,  museóloga e diretora da ACAM Portinari, houve uma grande conquista na reestruturação do museu de Tatuí, não só do ponto de vista conceitual. “A instituição foi profundamente modificada em sua própria dinâmica. Houve uma valorização do prédio, de forma a aproveitar o imóvel e mostrar seu significado para a cidade. O objetivo é que o espaço se torne representativo para Tatuí, explorando os aspectos culturais, sociais e econômicos do município. A figura de Paulo Setúbal, tatuiano ilustre no cenário cultural, também é contemplada no museu”, afirmou. 


Municipalização do Museu - Com a municipalização do Museu Paulo Setúbal, ele passou a ser gerenciado pela Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte, Lazer e Juventude. Seu horário de funcionamento será de terça a domingo, das 9h às 17h. A entrada é franca. No momento, a exposição temporária em cartaz é do artista plástico pernambucano José Bezerra. Ela fica em cartaz até o dia 4 de novembro. O museu conta ainda com sala de vídeo, auditório, gabinete de leitura, armazém de artesanato e,em breve, um café. A praça do museu está em mau estado de conservação. O busto de Getúlio Vargas está exposto dentro do museu, provisoriamente, devendo voltar ao seu pedestal após a reforma. Parte do acervo do Museu Paulo Setúbal ainda está guardado, como a coleção de animais empanados e a maquete do Theatrão. Das bibliotecas, apenas uma pequena parte está disponível no gabinete de leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário