Nosso Jornal Online

Tatuí, 


domingo, 21 de julho de 2019

Alunos constroem réplica de violino barroco português do século 16 no Conservatório de Tatuí

Trabalho foi inspirado em um violino criado pelo italiano Andrea Amati.

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Alunos de luteria constroem réplica de violino do século 16 em Tatuí — Foto: Reprodução/TV TEM

21/07/2019 | Alunos do Conservatório de Tatuí produziram uma réplica de um violino barroco português, do século 16. O instrumento foi inspirado no violino "Il Portoghese", criado pelo italiano Andrea Amati.

O professor Vinicius Fachinetti conta que foi a um museu em Cremona, na Itália, onde o violino original está exposto. A partir das fotos que ele tirou e baseado em livros e pesquisas sobre o tema, o grupo concluiu que a peça ajuda a compreender a história da música.

Alunos do conservatório de Tatuí constroem réplica de violino do século 16

O tempo para construir um violino de modo artesanal é de aproximadamente um mês. Em Tatuí, o tempo é um pouco maior, já que os alunos do curso de luteria aprendem também sobre a história e a arte do instrumento.

"A gente trabalha com instrumento de corda friccionada. Construção e restauração de violino, viola e violoncelo. Também tem contrabaixo. A gente aprende desde a pesquisa, a parte teórica, e a produzir um instrumento de qualidade, que é o nosso objetivo final: transformar o aluno em um futuro Luthier", explica.

Alunos do Conservatório de Tatuí constroem réplica de violino do século 16 — Foto: Reprodução/TV TEM

Além da construção, a pintura do instrumento também foi feita como a do original. O professor ainda afirma que um detalhe curioso do instrumento são as cordas de tripa de carneiro, que tem durabilidade menor, custo mais alto, difícil afinação e som diferente.

"A pintura que usamos foi feita à mão utilizando técnicas com folha de ouro. Um artista plástico que era nosso aluno, e é português, fez um belo trabalho para deixarmos de patrimônio para a escola", diz.

O instrumento ficará em exposição no Conservatório e, em seguida, será encaminhado para a área de performance histórica do local, que estuda música antiga.

Instrumentos produzidos por alunos de luteria do Conservatório de Tatuí  — Foto: Reprodução/TV TEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário