Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Concurso premia aluna da EE Barão de Suruí

A aluna Mariana Vieira Barros, matriculada no 6º ano do Ensino Fundamental na EE “Barão de Suruí”, foi premiada em 2º lugar, no Concurso Paulo Setúbal, na categoria Literatura. Atualmente, a Escola conta com o Programa de Ensino Integral, e vem desenvolvendo diversas ações de incentivo à escrita e leitura, por intermédio da professora da Sala de Leitura Patrícia P. Miranda.

O Concurso Paulo Setúbal foi realizado pelo 15º ano consecutivo pela Secretaria de Educação, Cultura e Turismo de Tatuí, com os objetivos de difundir e preservar a obra do escritor tatuiano. Paulo de Oliveira Leite Setúbal é referência literária nacional, com inúmeras obras publicadas, foi membro da Academia Brasileira de Letras. ​Além da aluna da Rede Estadual, também foram premiadas Fernanda Antunes (9º ano) do Colégio Anglo Tatuí e Lethícia Pacheco Pereira (9º ano) do Colégio Presbiteriano de Tatuí,com o 1º e 3º lugares, respectivamente. Com o tema “Tatuí na visão de Paulo Setúbal”, e embasamento na obra do autor “Alma Cabocla”, a redação evidencia o amor que o autor sentia pela cidade onde viveu. 


Memórias Inesquecíveis 
​“Paulo Setúbal achava sua cidade incrível. Morou grande parte de sua vida em Tatuí, uma cidade com gente simples, honesta e de bem com a vida. Tatuí para Paulo Setúbal era um ponto de descanso, onde podia contemplar a natureza sem estresse e preocupações. Setúbal tinha muitos amores “platônicos”, grandes amigos, velhos tropeiros, grandes contadores de histórias, muitas amigas que viraram “mães”; plantava seus próprios alimentos, pescava seus próprios peixes e colhia os sorrisos das pessoas para quem recitava seus poemas. Ele encantava as pessoas com seus maravilhosos poemas, sempre contando como Tatuí era bela e simples, a adorava, para Setúbal era a melhor cidade do mundo. Ele tinha seus lugares prediletos. Ele sentia aquele cheirinho de comida de mãe, e se apaixonava ainda mais. Depois de um bom almoço, ia escutar muitas histórias de velhos tropeiros. Paulo também encontrava seus “amores” debaixo da sombra das árvores e lá namorava. Ficava lá por horas e recitava seus inesquecíveis poemas para suas jovens namoradas. Ele encantava a todos com seu jeito de eterno galanteador. Partiu amando e admirando a cidade de Tatuí, levando consigo o encantamento pela vida.


​​​​​​​​​Diretoria de Ensino Região Itapetininga
​​​​​​​Rua São Marcos, 100, Jardim Paulista - CEP 18214-410 - Itapetininga - SP - Brasil​ - Telefone (15) 3275 9620

Nenhum comentário:

Postar um comentário