domingo, 26 de outubro de 2014

Novos radares instalados em Tatuí multam 2 mil motoristas em um mês

Do G1- Três radares que foram instalados em bairros de Tatuí geraram cerca de 2 mil multas em apenas um mês após a instalação, uma média de 66 multas por dia. Os motoristas foram autuados por desrespeito aos limites de velocidade. Alguns reclamam da falta de placas que indiquem a presença dos equipamentos, mas de acordo com o Conselho Nacional de Trânsito, a identificação dos pontos onde os radares estão não é mais obrigatória.

Um dos radares foi instalado na Rua Chiquinha Rodrigues e os outros dois na Rua Teófilo Andrade Gama. Conforme reportagem da TV TEM, muitos motoristas nem percebem a presença do radar e passam acima da velocidade permitida que é de 40km por hora. Já outros freiam bem em cima.

Na Rua Chiquinha Rodrigues, o equipamento foi colocado em frente a uma escola. O motorista de van escola Fulemam Batista Lopes, que faz transporte das crianças, acha que essa medida foi necessária. “Diminuindo a velocidade diminui os acidentes”, conta.

O aposentado Sebastião Correa Simões tem um neto matriculado na escola. Ele confessa que também já circulou em alta velocidade na rua, e acredita que só com as multas os motoristas vão aprender a respeitar o trânsito. “Esse radar é muito importante para que as crianças não corram riscos”, revela.

O radar trouxe um pouco de alívio para os moradores da rua como a dona de casa Ester de Camargo. Ela diz que já presenciou muitos acidentes em frente de casa. “Aconteceu bastante acidente já. Teve até gente que morreu em acidente de moto.”

Alguns motoristas reclamam da falta de indicação dos equipamentos nas vias. Mas a resolução n° 396 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) diz que não é mais obrigatória a colocação da placa que avisa sobre a presença de radar. O diretor do Departamento de Trânsito de Tatuí, Francisco Antônio de Souza Fernandes, comenta sobre a resolução: “No entendimento dos estudiosos do trânsito se divulgássemos o local do radar estaríamos dizendo: aqui diminui a velocidade mas depois faça o que quiser. Mas não, o motorista responsável tem que ter consciência da sinalização da via em qualquer circunstância”, afirma.

O autônomo Wilson Rodrigues foi um dos motoristas multados neste mês. Ele discorda do limite de velocidade estipulado pela Secretaria de Trânsito. “Nessa subida, quando vêm ônibus e um carro atrás, não dá para frear na hora”, reclama.

Um comentário:

Welinton Arruda disse...

Na rua Teófilo Andrade gama realmente desnecessário no ponto a onde foi colocado o radar, nunca vi um acidente, uma lombada nesse local resolvia, pra mim mais uma forma de tirar dinheiro do povo, aliás tatui tá ficando bom nisso rs
Simplesmente o radar foi ligado sem avisar ninguém sendo que antes a sinalização na que lá área era de 50 por hr, sou habilitado mas não levei multa, aliás nunca levei uma multa mas achei desnecessário rs .

Postar um comentário