Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quarta-feira, 17 de maio de 2017

Içamento de vigas da Ponte do Marapé deve acontecer na segunda quinzena de junho

A décima-segunda viga da Ponte do Marapé deve ser concretada no próximo dia 22.


Técnicos da Defesa Civil do Estado de São Paulo estiveram em Tatuí na última semana para fiscalizar o andamento das obras da Ponte do Marapé, sobre o Ribeirão do Manduca. E concluíram que elas seguem o cronograma proposto. Segundo o engenheiro da Prefeitura de Tatuí, João Batista da Costa, da Defesa Civil local e que acompanhou a fiscalização da construção, a obra está 46% concluída, segundo a última medição.

Agora, chegou a fase final do reaterro da cabeceira do lado do posto de combustíveis (Avenida Pompeo Reali). A concretagem da sexta viga aconteceu no último dia 15, segunda-feira, com previsão da concretagem da décima segunda (e última) no próximo dia 22. Após 28 dias de "cura do concreto", entre os dias 20 e 21 de junho, é a previsão para o içamento das vigas na ponte e, ainda no dia 22 de junho começa o içamento das pré-lajes.

Nesse período, segundo o engenheiro civil da empresa contratada, Paulo Wesley de Camargo Soares, estarão sendo executados os seguintes serviços: as duas vigas transversinas; os muros-ala; dissipadores de energia e o reaterro do lado da rua Capitão Lisboa, entre outros.

Ponte do Marapé - A obra na Ponte do Marapé começou no dia 10 de março, com prazo de 120 dias. Ela ficou abandonada desde outubro de 2016 e para reiniciar a obra, a Prefeitura de Tatuí precisou romper o contrato com a empresa vencedora de licitação pública e que não vinha cumprindo o cronograma que estava estabelecido. A segunda colocada assumiu a obra. A Ponte do Marapé veio ao chão em 10 de março de 2016, após fortes chuvas e uma interdição parcial, realizada pela administração anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário