Boletim de informações COVID-19 n° 39 Tatuí, 03 de abril de 2020 - 16h

80
NOTIFICAÇÕES
62
SUSPEITOS
11
DESCARTADOS
7
CONFIRMADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Pronto Atendimento do Jardim Santa Rita realizou 600 procedimentos em julho

A Secretaria Municipal de Saúde concluiu o balanço do primeiro mês de atividades do Pronto Atendimento do Jardim Santa Rita. O novo serviço realizou 600 atendimentos no período entre 3 e 31 de julho. Desse total, 390 adultos e 210 crianças foram assistidos.

O estudo classificou ainda a modalidade de atendimento e o bairro dos pacientes. Os casos mais comuns registrados foram mal estar gastrointestinal, gripe, infecção respiratória, dores crônicas, hipertensão, problemas relacionados à glicemia e dores de cabeça. Já os bairros com maior frequência de atendimento são Tanquinho, Jardim Santa Rita, Jardim Gramado, Rosa Garcia I e II, e até mesmo do Boqueirão, Centro, CDHU, Jardim Wanderley e Jardim Lírio.

Além de médico, enfermeiro e auxiliar de enfermagem, o Pronto Atendimento conta com uma unidade móvel, os casos mais graves de urgência e emergência são encaminhados ao Pronto Socorro Municipal. A criação do Pronto Atendimento colaborou ainda para desafogar o Pronto Socorro Municipal. Segundo dados preliminares, que levam em conta também o primeiro mês de atividades, a frequência de moradores do Jardim Santa Rita no PS caiu de 12% para 6%. A expectativa é que essa queda seja mantida e aprofundada nas analises do trimestre.
O pedreiro Milton Lima, morador do bairro, está satisfeito com o Pronto Atendimento no bairro. “Foi muito bom para os moradores do Santa Rita e região. Tenho dois filhos pequenos e, como não tenho carro, quando as crianças ficavam doentes precisava de taxi ou disque moto para levar meus filhos até o Pronto Socorro. Na semana passada mesmo, minha filha teve febre e levei ela no médico aqui no PA andando, ela foi muito bem atendida e está bem graças a Deus”, finalizou.

O Pronto Atendimento funciona no mesmo prédio do PSF do Tanquinho, que atende regularmente até às 17h a consultas médicas, odontológicas e sessões de fisioterapia, além de grupos de apoio a hipertensos e a gestantes. A média de atendimento mensal nesta unidade é de 3 mil atendimentos. O PA funciona em estágio experimental das 17h às 23h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário