Boletim de informações COVID-19 n° 300 Tatuí, 22 de novembro de 2020, domingo - 11h00h

3730 CASOS CONFIRMADOS
3521 PACIENTES RECUPERADOS
85 ÓBITOS CONFIRMADOS
124 INFECTADOS EM TRATAMENTO
37,57 INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Número de novas infecções pelo novo coronavírus volta a cair em Tatuí

Número de novos casos suspeitos também está em queda 




A Secretaria Municipal da Saúde, através da Vigilância Epidemiológica (VE), notificou nas últimas 24h, 4 novos casos positivos para COVID-19 e 18 novos casos suspeitos. Foram 40 casos descartados, neste período.

Os novos casos positivos são de 2 homens e 2 mulheres. Os quadros são estáveis e os pacientes estão em tratamento domiciliar. Dos novos casos suspeitos, 7 são homens e 11 são mulheres. Os quadros estão estáveis e todos estão em tratamento domiciliar. Dos casos descartados, 16 são homens e 24 são mulheres.

A ocupação de leitos clínicos de internados por COVID-19 ou suspeitos na Santa Casa de Misericórdia de Tatuí é de 27%; sendo que a ocupação da UTI, por pacientes com COVID-19 ou casos suspeitos é de 57%.

Estão internados na Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, 14 pacientes, sendo oito pacientes na UTI, com seis casos positivos para COVID-19 e dois casos suspeitos, com quadros que inspiram cuidados. No isolamento, com quadros estáveis, estão seis pacientes, sendo um caso positivo e cinco casos suspeitos, aguardando resultados de testes.

No hospital particular de Tatuí, estão internados 3 pacientes no isolamento, sendo todos eles casos positivos para COVID-19 e com quadros estáveis.

Até o momento são 13.609 notificações, sendo 82 casos suspeitos aguardando resultados dos testes, 10.465 descartados e 3.062 positivos (sendo que 75 casos vieram a óbito e há 1 óbito suspeito, aguardando resultado de exame).

Dos 3.062 casos positivos de COVID-19, 2.952 pacientes já estão recuperados (96,4%), 75 pacientes vieram a óbito e há 1 óbito suspeito. Dos casos positivos, 35 ainda estão em tratamento, em hospitais ou em tratamento domiciliar. 

Dos casos suspeitos, 81 estão em tratamento, em hospitais ou em tratamento domiciliar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE