Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE


terça-feira, 18 de abril de 2017

poesia / Ana Moraes

Em busca Dele


Atravesso o pequeno,
percorro o grande.
Como agulha no feno
pareço desencontrar o Operante

Do mínimo imperceptível
ao imenso retumbante,
criara o incrível
em um mísero instante.

Será que existe?
Onde está?
Sua obra persiste,

envolve o meu viver,
me faz chorar,
Reavivando o meu ser.


A.M.O.R.
(Ana Moraes de Oliveira Rosa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário