Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Governador de São Paulo é alvo de manifestação de moradores contra praça de pedágio em Tatuí

Moradores dos bairros Santa Adelaide e Jurumirim reclamam do fechamento de acesso à SP-127. Moradores têm que pagar R$ 10 para vir ao Centro.

Por G1 Itapetininga e Região - 24/04/2017 18h57

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) foi alvo de uma manifestação pacífica durante a visita dele a Tatuí nesta segunda-feira (24). Moradores de dois bairros distantes do Centro do município protestaram com faixas contra um pedágio na Rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127). Participaram moradores do bairros Santa Adelaide, em Tatuí, e Jurumirim, que pertence a Itapetininga, mas que fica mais próximo à região central de Tatuí.

Alckmin veio a Tatuí para inaugurar um novo acesso ao Distrito Industrial da cidade, uma passarela para pedestres e a implantação de vias marginais entre os quilômetros 115 e 116 da rodovia.

Grupo estendeu faixas em frente ao local da cerimônia em Tatuí (Foto: Reprodução/ TV TEM)

O governador afirmou que um convênio deve ser assinado em maio com a Prefeitura de Tatuí para solucionar o problema. “Existe uma estrada municipal que liga o bairro, então nós vamos liberar os recursos para fazer o melhor caminho, a perenização da vicinal. Então vamos assinar um convênio com a prefeitura, passar o recurso, executar a obra. Então você vai ter uma ligação direta com a cidade, sem precisar utilizar a rodovia, em ótimas condições”, explica.

O grupo reclama que até 2013 havia a opção de um acesso para evitar o pagamento do pedágio. Mas a partir daquele ano o acesso foi fechado, obrigando os moradores a pagarem R$ 10,10 para ir ao Centro de Tatuí.

“Queremos entrar e sair de nossos bairros sem pagar pedágio. Nós moradores dos bairros Jurumirim e Santa Adelaide pedimos um retorno.”, mostrava um cartaz.

Alckmin inaugurou obras de acesso ao Distrito Industrial (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário