Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Leia a entrevista do candidato Julio Vila Nova ao Tem Notícias


Nesta quinta-feira (27) foi encerrada a série de entrevistas com os candidatos ao cargo de prefeito de Tatuí realizada pela TV Tem, emissora afiliada da Rede Globo. O último entrevistado no Tem Notícias – 1ª Edição foi o candidato Julio Vila Nova, do PV, da coligação ‘Governo que o Povo Merece’.

Fernando Daguano: Hoje, o Tem Notícias encerra a rodada de entrevistas com candidatos a prefeito de Tatuí.

Maria Paula Limah: Pela ordem definida em sorteiro, hoje o convidado é Júlio Vila Nova, do PV. Boa tarde, candidato. Obrigado por sua presença.

Julio Vila Nova: Boa tarde, Maria Paula. Boa tarde, Fernando. Boa tarde, telespectadores.

Fernando Daguano: Candidato, o seu tempo começa a valer a partir de agora. No seu plano de governo, registrado na Justiça Eleitoral, não tem nenhum item dedicado ao desenvolvimento. Isso significa que o senhor não vai, por exemplo, buscar novas indústrias para o município?

Julio Vila Nova: Na realidade, a gente vai. Nós temos planos para o desenvolvimento com doação de terrenos para as indústrias, com isenção de impostos. Somente assim é que as indústrias virão para Tatuí.

Maria Paula Limah: E sem isso, como o senhor pretende criar novos empregos, que é sempre uma preocupação, principalmente, dos jovens?

Julio Vila Nova: A gente tem notado quando a gente está andando pelos bairros de Tatuí, que hoje são 76, que a maior preocupação é realmente emprego. A gente vai conseguir esses empregos trazendo mais indústrias para Tatuí. Esses empregos..., hoje em dia tem empregos em Tatuí. Tem empregos em cerâmicas, tem emprego em outras indústrias. Paga-se bem.

Fernando Daguano: Candidato, o senhor é do Partido Verde, que preza muito pelo meio ambiente. Vai ter alguma seleção dessas indústrias que virão para o município, por exemplo?

Julio Vila Nova: São indústrias não poluidoras. Indústrias que tenham a sustentabilidade que o Partido Verde preza.

Fernando Daguano: Agora, o senhor falou também em jovem. Como é que o senhor pretende qualificar a mão de obra? Como, por exemplo?

Julio Vila Nova: A gente vai qualificar a mão de obra através de cursos profissionalizantes. Nós deveremos construir o Senai em Tatuí e esse Senai, nós vamos fazer uma parceria com as indústrias para trazer, então, cursos profissionalizantes. Senai, Sesc, Senac, todas essas entidades possuem esses cursos.

Maria Paula Limah: Qual é o setor mais específico? Ou é geral isso?

Fernando Daguano: O setor que precisa de mais atenção, candidato, nessa área? O setor mais carente de mão de obra qualificada, por exemplo?

Julio Vila Nova: Na realidade, Tatuí é carente de mão de obra qualificada, então, eu acho que cursos profissionalizantes vem trazer esse benefício para os jovens.

Fernando Daguano: Candidato, na entrevista anterior, ao Tem Notícias, o senhor disse que é contra a terceirização. Isso não vai inchar a administração municipal?

Julio Vila Nova: A gente, realmente, é contrário a terceirização porque leva muito dinheiro do município e é um dinheiro que saí do município. A nossa administração será fazer economia para o município. Nós vamos fazer uma administração séria, uma administração que traga essa economia para o município.

Maria Paula Limah: Mas a prefeitura não pode acabar ficando responsável por tarefas que poderiam reduzir os custos se estivessem na mão da iniciativa privada?

Julio Vila Nova: Na realidade, nós temos hoje 3,3 mil funcionários. Nós temos mão de obra ociosa na prefeitura. Então, precisa-se fazer com esses funcionários realmente trabalhem.

Fernando Daguano: Candidato, o senhor afirmou também, na entrevista anterior, que Tatuí é uma cidade tranquila. Mesmo assim, o senhor prevê o aumento da Guarda Municipal. Não seria melhor, então, investir em outro setor?

Julio Vila Nova: A Guarda Municipal, a gente pretende ampliar e pretende manter umas cancelas de entrada na cidade sob a responsabilidade da Guarda Municipal. E essas entradas irão, então, trazer grandes benefícios, porque elas irão impedir a entrada de marginais para a nossa cidade.

Fernando Daguano: Seria uma espécie de pedágio? A pessoa teria que se identificar para entrar na cidade, é isso?

Julio Vila Nova: Exatamente.

Maria Paula Limah: Não corre o risco de interferir em funções que são da polícia, por exemplo?

Julio Vila Nova: A Polícia Municipal, por exemplo, ela tem por finalidade de guardar os próprios do município. Então eu acho que estará guardando a cidade. Quanto a Polícia Civil, a gente vai manter convênios com o estado, com a Secretária de Segurança Pública, para trazer mais policiais à cidade.

Fernando Daguano: Mas não vai assumir nenhuma função da Polícia Militar, por exemplo, como fiscalizar veículos?

Julio Vila Nova: Não.

Fernando Daguano: Candidato, só para reforçar. Se a cidade é tão segura assim, precisa mesmo disso, como o senhor afirmou?

Julio Vila Nova: É, precisa mais guardas municipais, exatamente. Porque tem muitos próprios do município que ainda não são fiscalizados.

Fernando Daguano: O senhor prevê também uma restruturação do serviço de estacionamento rotativo e o aumento do tempo de estacionamento gratuito. Isso não aumentaria o problema de vagas no Centro da cidade, candidato?

Julio Vila Nova: A gente pretende fazer um trabalho para aumentar essas vagas na cidade e a gente vai fazer um rotativo diferente para a nossa cidade. Inclusive, com o lucro desse rotativo vai ser encaminhado às entidades assistenciais da cidade.

Fernando Daguano: Vai ser cobrado, então? É isso? De que maneira vai funcionar?

Julio Vila Nova: Vai ser cobrado um mínimo possível e vai funcionar... As próprias entidades é que vão cuidar desse rotativo.

Fernando Daguano: Cada entidade pode ter uma lei diferente, não vai causar...?

Julio Vila Nova: Não, não vai causar. Não vai causar porque a gente já tem planos para isso.

Maria Paula Limah: Na área da saúde. O que o senhor acha que é o principal problema hoje em Tatuí e como o senhor pretende resolver, se for eleito?

Julio Vila Nova: O grande problema de Tatuí é o cento de hemodiálise. Além disso, é a carência de leitos hospitalares. Então, a gente pretende fazer um hospital municipal, esse é prioritário na área da saúde. Verbas para isso, como já expliquei na entrevista anterior, a prefeitura tem uma arrecadação muito boa. E o Ministério da Saúde também tem verbas para a manutenção desses hospitais, para a construção e manutenção desses hospitais.

Fernando Daguano: O senhor prevê também o funcionamento de 24 horas de algumas creches do município. Como que o senhor pretende fazer isso?

Julio Vila Nova: Essas creches terão o rodízio de três funcionários e essas creches vão beneficiar todas essas pessoas que tem trabalho à noite, porque hoje, tanto marido como mulher, precisam trabalhar, não é? Então, eu acho vai trazer um grande benefício para as mulheres, principalmente, que precisam trabalhar.

Maria Paula Limah: Não vai aumentar a despesa do município isso?

Julio Vila Nova: O município tem uma arrecadação muito boa. Então, eu acho que vai, pode aumentar as despesas com funcionários, mas a gente vai acertar isso.

Fernando Daguano: Agora, candidato, o senhor também é do Partido Verde, não é? Qual o principal problema para o meio ambiente em Tatuí, hoje, e que deve ser resolvido?

Julio Vila Nova: O grande problema do meio ambiente é o lixo. Então, a gente pretende fazer uma usina para beneficiar esse lixo. O lixo de Tatuí, hoje em dia, é encaminhado para outra cidade e o transporte desse lixo é oneroso para o município.

Maria Paula Limah: A coleta seletiva, por exemplo, o senhor pretende incentivar?

Julio Vila Nova: Vamos incentivar a coleta seletiva e aquele lixo que sobra dessa seleção vai ser usado como adubo, através dessa usina de beneficiamento.

Fernando Daguano: O senhor cita também a coleta de pilhas e óleo de cozinha já usado. Quem faria esse trabalho, por exemplo?

Julio Vila Nova: Isso daí é a Secretaria do Meio Ambiente que é responsável por isso. Então, os funcionários dessa secretaria vão ser os responsáveis por essa coleta.

Fernando Daguano: Candidato, muito obrigado pela sua atenção. Nós agradecemos a sua participação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário