Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sábado, 12 de outubro de 2019

Celso de Mello receberá prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa 2019

Decano do STF vem marcando sua trajetória pela defesa intransigente do direito de reunião e da liberdade de manifestação do pensamento.



11/10/2019 | O ministro tatuiano Celso de Mello foi escolhido, em decisão unânime da diretoria da Associação Nacional de Jornais (ANJ), para receber o Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa 2019, como reconhecimento por sua defesa permanente da imprensa livre ao longo de sua trajetória de 30 anos como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

A premiação ocorrerá no próximo dia 11 de novembro, às 17h, no Rio de Janeiro, durante evento realizado pela Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias (WAN-IFRA, na sigla em inglês). Na comunicação enviada ao decano, a ANJ salienta que os votos do ministro em temas relacionados à liberdade de imprensa e à liberdade de expressão têm se tornado essenciais à preservação do Estado Democrático de Direito.

O prêmio

O Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa foi concebido pela Associação Nacional de Jornais para homenagear pessoas ou instituições que tenham se destacado nos últimos 12 meses na promoção ou na defesa da liberdade de imprensa, ou cuja atuação nesse período demonstre a importância fundamental da liberdade de imprensa para a sociedade e para as democracias.

Trajetória

A atuação do ministro Celso de Mello no Supremo se confunde com a vigência da Constituição de 1988, que balizou a estruturação da Nova República. Nomeado em 30 de junho de 1989, o ministro tomou posse em 17 de agosto daquele ano, a menos de dois meses do primeiro aniversário da nova Carta Constitucional e às vésperas da primeira eleição direta para presidente da República após 21 anos de regime militar.

Desde então, o decano do STF vem marcando sua trajetória pela defesa intransigente do direito de reunião e da liberdade de manifestação do pensamento.

De hábitos simples, o ministro Celso de Mello gosta de passear pelas livrarias de Brasília (DF) e passar férias em sua cidade natal, Tatuí, na companhia de amigos. Gosta de futebol e guarda como relíquia uma camisa autografada pelos jogadores do São Paulo, seu time do coração. Também é conhecido e admirado por sua cordialidade, honradez e atenção ao bem-estar dos servidores do STF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário