Nosso Jornal Online

Tatuí, 


segunda-feira, 25 de junho de 2018

'Poderia ter morrido', diz mulher que saiu ilesa de moto e motociclista arremessados contra ela

Veículo foi arremessado em direção à mulher após colisão com carro. Acidente foi registrado por câmeras de segurança na rua Santa Cruz, esquina da caixa d'água.

Por Paola Patriarca, G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Mulher escapa por pouco de ser atingida por moto e motociclista em Tatuí

25/06/2018 - “Eu poderia ter morrido. Eu não tenho nem palavras para descrever o que ocorreu. Só sei que quando levantei eu pensei no meu filho. Queria saber como ele estava, se estava bem. Foi a única coisa que pensei na hora. Mas foi algo que me chocou demais”.

O desabafo é de Shirlei Cristina Prestes, de 34 anos, que, na sexta-feira (22), por pouco não foi atingida por um motociclista e sua moto em frente de um supermercado, na Rua Santa Cruz, bairro Santa Cruz, esquina da caixa d'água.

Câmeras de segurança do comércio registraram o acidente. Nas imagens foi possível observar que Shirlei estava fumando em frente ao mercado, quando a moto ultrapassava um carro e este a tocou ao fazer uma conversão à esquerda em direção à Rua Floriano Peixoto.

Câmera flagrou acidente de moto que, por pouco, não atingiu pedestre em Tatuí (Foto: TV TEM/Reprodução)

Com o impacto, a moto é arremessada em direção à pedestre. O motociclista passa de um lado da mulher e a moto de outro. Em seguida, outros pedestres vão até o local para ajudar e a mulher se levanta e entra no mercado.

Ao G1, a mulher conta que não viu o momento do acidente e que ficou desnorteada após o ocorrido. “Eu vou todo dia ao mercado para buscar pão. Meu filho de cinco anos entrou e eu fiquei do lado de fora. De repente, quando virei já veio a moto. Eu cai no chão e já levantei procurando meu filho. Por pouco ele estaria comigo e poderia ter sofrido algo. Eu poderia ter tido algo mais grave também”, diz.

De acordo Shirle, o que mais a impressiona é o fato dela ter quase sido atropelada enquanto estava na calçada. “É um lugar aparentemente seguro. Não estava atravessando a rua. É muita imprudência no trânsito. Muita mesmo”, diz. Ela acredita que foi livramento de Deus.

“Passaram mil coisas na minha mente. Minha irmã, por exemplo, morreu em um acidente de moto há cinco anos em Itu. Eu poderia ter morrido. Mas ainda bem que nada mais grave ocorreu”.

Ferimentos Shirlei ainda diz que não ficou ferida, mas decidiu ir ao pronto-socorro para fazer exames. Ela conta que pretende registrar boletim de ocorrência na delegacia. “Quero registrar boletim de ocorrência contra os envolvidos porque foi um absurdo o que aconteceu. E se fosse uma idosa ou uma criança que estivesse ali?”

De acordo com a Polícia Militar, o motociclista sofreu ferimentos leves e foi levado ao pronto-socorro, onde foi atendido e liberado no mesmo dia. Já o motorista do carro não sofreu ferimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário