Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 29 de junho de 2018

'Me param na rua e falam que nasci de novo', diz mulher quase atingida por moto e motociclista

Veículo foi arremessado em direção à pedestre após colisão com carro. Acidente foi registrado por câmeras de segurança.

Por Paola Patriarca, G1 Itapetininga e Região com edição do DT

Mulher escapa por pouco de ser atingida por moto e motociclista em Tatuí

29/06/2018 - Há uma semana Shirle Cristina Prestes, de 34 anos, passou por uma experiência que, segundo ela, marcará sua vida por ver "a morte" bem de perto. Por pouco, ela não foi atingida por um motociclista e a moto dele que foram arremessados em sua direção após um acidente no bairro Santa Cruz.

Câmeras de segurança do supermercado Panorama registraram o caso. As imagens mostram ela não sendo atingida por muito pouco: a moto passou por uma lado de seu corpo e o motociclista por outro. Agora, a pedestre conta que é parada na rua pelos moradores sobre como ela “nasceu de novo”.

“Repercutiu demais o que aconteceu. Me param na rua e falam que escapei por pouco, que nasci de novo, que quase morri. Todo mundo comentando", diz Shirle.

A moradora de Tatuí comenta que não foi apenas sorte. "Eu falo que só Deus mesmo para salvar a gente. Que foi livramento. Hoje eu estou tranquila, mas fiquei muito nervosa no dia”, relata. 

No vídeo é possível observar que Shirle estava fumando em frente ao mercado, quando a moto e um carro que seguia pela Rua Santa Cruz, no bairro do mesmo nome, batem no cruzamento. Com o impacto, a moto é arremessada em direção à pedestre. O motociclista passa de um lado da mulher e a moto de outro. Em seguida, outros pedestres vão até o local para ajudar e a mulher se levanta e entra no mercado.

Câmera flagrou acidente de moto que, por pouco, não atingiu pedestre em Tatuí (Foto: TV TEM/Reprodução)

Shirle conta que não viu o momento do acidente e que ficou desnorteada após o ocorrido. “Eu vou todo dia ao mercado para buscar pão. Meu filho de cinco anos entrou e eu fiquei do lado de fora. De repente, quando virei já veio a moto. Eu cai no chão e já levantei procurando meu filho. Por pouco ele estaria comigo e poderia ter sofrido algo. Eu poderia ter tido algo mais grave também”, diz.

Ainda de acordo com a dona de casa, ela acredita que foi livramento de Deus. “Passaram mil coisas na minha mente. Minha irmã, por exemplo, morreu em um acidente de moto há cinco anos em Itu. Eu poderia ter morrido. Mas ainda bem que nada mais grave ocorreu”.

Shirle ainda diz que não ficou ferida, mas decidiu ir ao pronto-socorro para fazer exames. Ela também registrou boletim de ocorrência por lesão corporal e o caso será investigado “Registrei o caso porque foi um absurdo o que aconteceu. E se fosse uma idosa ou uma criança que estivesse ali?”.

De acordo com a Polícia Militar, o motociclista sofreu ferimentos leves e foi levado ao pronto-socorro, onde foi atendido e liberado no mesmo dia. Já o motorista do carro não sofreu ferimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário