Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Obras orçadas em R$ 3,9 milhões continuam paradas em Tatuí

Obras são da UPA, da academia do CDHU e de uma creche.
Queda na arrecadação mudou cronograma de entrega, alega Executivo.


Do G1 Itapetininga e Região

As obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da Academia de Saúde do Conjunto Habitacional (CDHU) Orlando Lisboa de Almeida e de uma creche no bairro Santa Cruz, em Tatuí, ainda não foram concluídas. Orçadas em um total de R$ 3.913.648, o atraso das três construções incomoda os moradores, já que a UPA era par ser entregue em 2010, o a academia do CDHU em novembro deste ano e a creche em setembro deste ano. Os locais estão incabados e com tapumes, afirma a população.
UPA começou em 2010 e está com obras
paradas (Foto: Reprodução/TV TEM)
Em nota, a Secretaria de Fazenda, Finanças e Planejamento informa que com a queda de arrecadação o cronograma de obras foi reorganizado conforme o fluxo financeiro disponível.

Sobre a UPA, cuja obra é orçada em R$ 2,6 milhões, a pasta aponta que realiza a escolha da empresa responsável pela gestão por meio de um processo licitatório. Quanto à creche, que custará R$ 1,1 milhão, o órgão indica que a construção deve ser iniciada nos próximos dias. Já em relação à área de lazer do CDHU, cujo custo é de R$ 115,5 mil, a secretaria esclarece que o projeto original sofreu readequações que foram encaminhadas ao governo federal e, portanto, aguarda a aprovação para retomar os trabalhos.

“Já faz tempo que a obra está parada. Dias atrás tiraram os tapumes e madeiras só”, conta o instalador de equipamentos Paulo Henrique Camargo.

Segundo o aposentado Osmar Antônio Martins, que mora no CDHU, há meses o serviço no local está paralisado. “Foram embora daqui faz mais de meses.Colocaram umas coisinhas para guardar as ferramentas. Só tem sujeira”, afirma.

Representante da população que mora no CDHU, Pedro Saldanha diz que o terreno demarcado para a obra já deveria abrigar a academia com os aparelhos para que os moradores pudessem fazer exercícios. “Reivindiquei a limpeza e perguntei sobre a verba que veio para a prefeitura. Eles falaram que só a metade chegou. Mas acho que só nesse concreto feito não foi todo o dinheiro. Agora, eu quero saber onde foi parar o dinheiro para terminar nossa academia, que a comunidade do bairro está me cobrando. A gente quer saber onde foi parar o dinheiro”, finaliza.

Mais cara das obras, UPA está orçada em R$ 2,6 milhões (Foto: Reprodução/TV TEM)

Custo para construir creche é de R$ 1,1 milhão (Foto: Reprodução/TV TEM)

Academia do CDHU era para ser entregue em novembro desde ano (Foto: Reprodução/TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário