Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Beisebol / Brasil vence a Argentina e leva sétimo título do Sulamericano

Tatuiano Luís Ricardo Galavoti Camargo encerra carreira com o título

Segunda Base - Depois de 11 anos sem levar o título, o Brasil sagrou-se campeão do XV Sulamericano de Beisebol, em Buenos Aires, ao bater a seleção da Argentina por 10 a 4 em um grande jogo na tarde deste sábado (12).

O placar “elástico” não demonstra a dificuldade imposta pelo time argentino em boa parte do jogo, principalmente no final, quando chegou a ficar duas corridas atrás do placar.

A seleção brasileira começou com o mesmo time que jogou contra a Argentina na abertura do campeonato, com Murilo Gouvea como abridor.

Após uma primeira entrada com apenas uma rebatida brasileira, a segunda entrada marcou a abertura do placar. Com dois jogadores em base, Felipe Talos impulsiona a corrida de Gustavo Roque. Na entrada seguinte, mais duas corridas, a primeira anotada por Felipe Burin, impulsionado por Allan Fanhoni, e a segunda por Thiago Magalhães, impulsionado por Iago Januário.

Murilo Gouvea dominava o ataque argentino, permanecendo por cinco entradas sem ceder rebatidas. Enquanto esteve no montinho, eliminou cinco rebatedores por strikeout, cedeu três walks e dois hit-by-pitch.

Para a sexta entrada, Felipe Fukuda foi para o montinho. Sexta entrada em que o time brasileiro ampliou o placar com mais três corridas. Um walk cedido para Pedro Ivo, com bases lotadas, rendeu uma corrida automática para Gustavo Roque. Na sequência, Felipe Burin impulsionou as corridas do tatuiano Luis Camargo e Felipe Talos.

A reação argentina começou na sétima entrada. Após a primeira rebatida do time, uma nova rebatida somada a um erro defensivo, rendeu a primeira corrida. Com dois eliminados na entrada, uma nova rebatida, novamente somada a erro defensivo, leva a segunda corrida. Após a sequência, Felipe Fukuda foi substituído por Claudio Matumoto, que fechou a entrada.

Na oitava entrada os argentinos voltam a se aproveitar de um erro defensivo e anotam mais duas corridas. Jean Tomé entrou no lugar de Claudio Matumoto e fecha a entrada sem novas corridas.

Na parte baixa da oitava o Brasil volta a ter volume ofensivo. Com bases lotadas, Felipe Burin recebe um hit-by-pitch, gerando corrida automática de Luis Camargo. Na sequência, Thiago Magalhães impulsiona as corridas de Felipe Talos e Pedro Ivo. Fechando o placar, Allan Fanhoni impulsiona a décima corrida, anotada por Felipe Burin.

Para fechar o jogo e confirmar o título, o técnico Hideo Ota colocou André Rienzo para as últimas três eliminações do jogo. Confirmando as expectativas, Rienzo eliminou os dois últimos rebatedores por strikeout.

Este é o sétimo título do Brasil no torneio, ratificando o posto de maior vencedor do Sulamericano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário