Boletim de informações COVID-19 n° 127 Tatuí, 03 de junho de 2020 - 11h

182 CONFIRMADOS
125 RECUPERADOS
11 ÓBITOS
33 SUSPEITOS
0 ÓBITOS SUSPEITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Escolas da região selecionam trabalhos para Concurso de Redação

Do G1- Na próxima quarta-feira (24), será encerrado o prazo para que as escolas da região de Tatuí façam as inscrições dos trabalhos selecionados para o Concurso de Redação organizado pela TV TEM. O evento é aberto aos estudantes do 2º ao 9º anos do Ensino Fundamental de escolas públicas e particulares.

Em uma escola municipal de Tatuí, muitos alunos estão criando textos, mas de acordo com a professora de Língua Portuguesa Cristiane Villanueva, de todos os textos que estão sendo feitos apenas um será escolhido para participar do concurso. A seleção é de responsabilidade dos educadores, uma tarefa difícil segundo a professora. Ela conta que a estratégia usada será selecionar os cinco melhores. Os trabalhos passarão por uma comissão de professores que deverá votar no melhor trabalho. “Nós participamos das Olímpiadas de Língua Portuguesa. Na ocasião eu li as redações para os meus colegas e eles fizeram uma votação. Pretendo adotar a mesma estratégia com esse concurso”, afirma.

Os alunos do 9º ano devem escrever uma crônica sobre a ‘Importância da Família’, tema da edição 2014 do Concurso de Redação. Os textos precisam estar adequados ao gênero e tema e serem escritos de forma original, com criatividade. A estudante Juliana Galvão Machado, de 13 anos, vai participar pela primeira vez do concurso. Ela diz que gosta bastante de escrever e está empolgada com a oportunidade. “A gente tem que pensar, escrever, ler, reler, escrever novamente, pensar no tema para fazer tudo com calma”, diz.

Já para os alunos do 5º ano, a categoria é poesia. Em outra escola municipal da cidade, os estudantes já escreveram os textos, mas o melhor ainda não foi selecionado. Segundo a professora Marlene Fernandes, os trabalhos também vão passar por uma comissão. “Todos saíram bonitos, por isso, nem seremos nós que vamos decidir sobre qual será mandado ao concurso. Iremos selecionar e passar para a comissão da escola para análise. Às vezes até é escolhido um professor de fora para não ter essa coisa de querer mandar todos”, comenta.

A estudante Danielly Cruz Santos, de 10 anos, está ansiosa pra saber se a poesia dela vai ser a escolhida. Ela caprichou no texto e nas rimas e até revelou um trecho da obra. “Onde vivo, onde nasci. Ninguém me tira daqui. Um lugar lindo e especial nunca vi outro igual”, recita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário