Boletim de informações COVID-19 n° 29 Tatuí, 29 de março de 2020 - 16h

67
NOTIFICAÇÕES
56
SUSPEITOS
6
DESCARTADOS
5
CONFIRMADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

domingo, 25 de julho de 2010

Quarteto Sonoro: quarta, 04/08 - Gratuito

Quarteto Sonoro une popular e erudito em concerto gratuito
Apresentação patrocinada pelo ProAc acontece na quarta, 4 de agosto

O Teatro Procópio Ferreira, do Conservatório de Tatuí – uma instituição do Governo do Estado de São Paulo – recebe às 20h30 da quarta-feira, dia 4 de agosto, apresentação especial do Quarteto Sonoro. O evento terá entrada franca e é patrocinado pelo ProAC.
O quarteto é formado pelos músicos Daniel Allain (flauta), Liliana Bollos (piano), Sérgio Schreiber (violoncelo) e Fernando Corrêa (violão e arranjos).  Com um repertório inovador, o quarteto apresentará obras que vão de Villa-Lobos, Jacob do Bandolim, Edu Lobo e Tom Jobim a Bororó, Toninho Horta, Chico Buarque, Fernando Corrêa e John Lennon e Paul McCartney.
Aparentemente muito distantes, os universos musicais da música popular e da música clássica podem se mostrar mais flexíveis e integrados se forem executados de forma séria, mas descontraída, elaborada, porém leve. “Encontros inesquecíveis dos jazzistas Chick Corea e Joe Jawinul com o pianista clássico Friedrich Gulda, por exemplo, ou do pianista Claude Bolling com o flautista Jean-Pierre Rampal, servem de base para música executada pelo Quarteto Sonoro”, afirmam os instrumentistas. Em território brasileiro, três nomes merecem destaque, seja pela representatividade no âmbito da música popular, seja pela familiaridade que transitam por ambas as músicas: Villa-Lobos, Radamés Gnatalli e Tom Jobim.
Do interesse de unir a alta música instrumental brasileira, popular e erudita, os quatro músicos, todos com formação erudita - sendo três deles com formação e atuação na música popular -, juntam-se para elaborar um repertório variado, explorando as potencialidades musicais de cada instrumento e, particularmente, de cada instrumentista. “O nome ‘Sonoro’ denota um pouco esta sonoridade tão especial que o quarteto busca, no convívio harmonioso entre violão, piano, flauta e violoncelo com os arranjos do violonista Fernando Corrêa, escritos especialmente para o grupo”, destacam.
Composições conhecidas do grande público como “Da cor do pecado”, “Doce de Côco” e “Chovendo na roseira” fazem parte do repertório junto com obras dos integrantes do quarteto como “Chorinho pra ela” e “Presente de aniversário” de Fernando Corrêa e “Chorinho sem choro” de Liliana Bollos, mostrando diversidade e riqueza da música brasileira.
No show do próximo dia 4 de agosto, quarta-feira, o Quarteto Sonoro apresentará “Presente de Aniversário” e “Chorinho pra Ela” (de Fernando Corrêa); “Chorinho sem Choro” (de Liliana Bollos); “Chovendo na Roseira” (Tom Jobim); “Olha Maria” (Tom Jobim/Chico Buarque e V. Moraes); “Bons Amigos” (de Toninho Horta e Fernando Brandt); “Bachianas Brasileiras nº 5” (Villa-Lobos); “Doce de Côco” (Jacob do Bandolim); “Da Cor do Pecado” (de Bororó); “Choro Bandido” (de Edu Lobo e Chico Buarque) e “A Hard Day’s Night” (de John Lennon e Paul McCartney).
O grupo já se apresentou no Museu da Casa Brasileira (2006), no Festival de Inverno de Ouro Preto (2007), no SESI Música 2007 (Franca, Rio Claro e Araraquara), nos Sesc Pompéia e Itaquera e foi contemplado por meio do edital Programa de Ação Cultural 2009 da Secretaria de Estado da Cultura para circulação de shows no estado de São Paulo.
Músicos
Daniel Allain - flautista e saxofonista, estudou flauta com João Dias Carrasqueira e seu filho Toninho Carrasqueira, saxofone com Roberto Sion e Demétrio Lima e harmonia com Cláudio Leal Ferreira. Já atuou com a Orquestra Sinfônica da Paraíba (1984-89), com a Banda Mexe com Tudo, com a qual excursionou duas vezes pela Europa e desde 1993 integra o grupo de Antonio Nóbrega, participando de seus shows e gravações. Desde 1997 é integrante da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo, na qual vem se apresentando regularmente como solista. Nesse mesmo ano, funda o grupo Papo de Anjo, juntamente com Edmilson Capelupi, Edson Alves, Zezinho Pitoco, Haroldo Capelupi e Zequinha do Pandeiro, grupo esse dedicado ao choro. Atualmente também integra o duo de flauta e piano com Elaine Giacomelli, voltado a um repertório erudito brasileiro. É professor de flauta na Escola Tom Jobim em São Paulo.
Liliana Bollos - pianista, é doutora em Comunicação e Semiótica da PUC-SP, mestre e bacharel em performance (piano jazz) pela Kunst Universität Graz (Áustria) e bacharel e licenciada em Letras pela USP e é formada em piano clássico pelo Conservatório Maestro Francisco Cônsolo. Já se apresentou com Alaíde Costa, com o escritor Ruy Castro & Sabá Quinteto (Projeto Bossa Nova), com o Duo Fel & Orquestra Sinfônica de Santo André, com o Coral USP (sob a regência de Thiago Pinheiro) e integrou o Fernando Corrêa Quarteto. É professora da Faculdade de Música Carlos Gomes, do Conservatório Dr. Carlos de Campos em Tatuí e correpetidora na Escola Tom Jobim, tendo publicado diversos artigos em revistas especializadas como Opus, Contemporânea, Famecos, Hodie, Comunicação & Sociedade, entre outras.
Sérgio Schreiber bacharel em violoncelo pela faculdade Mozarteum de São Paulo. Foi aluno de Watson Clis e Antonio Del Claro, fez cursos de aperfeiçoamente com Bernhard Greenhouse e participou da master class do cellista Yo Yo Ma. Foi membro, entre 1989 a 1994, da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP). Desde 1995 é concertino do Naipe de Violoncelos da Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo (OSUSP). Em setembro de 2002 representou como camerista a OSUSP em apresentações na Suíça. Atualmente é Spalla da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo, membro da Camerata Brasiliana e membro da Bachiana Filarmônica. Desde 2004 é professor do Festival Eleazar de Carvalho em Fortaleza (CE).
Fernando Corrêa - guitarrista, compositor e arranjador, é mestre e bacharel em guitarra-jazz pela Kunst Universität Graz, Áustria e em violão clássico pelo Conservatório Carlos Gomes de Campinas. É integrante de Orquestra Jazz Sinfônica desde 2000, professor de guitarra da Faculdade Santa Marcelina e desenvolve também trabalho autoral, tendo gravado 2 cds - Fernando Corrêa (2002) e Em Contraste(1996)e um livro didático, Improvisação para guitarra e outros instrumentos (2004). Já atuou com diversos artistas como Mark Murphy, Bill Hollman, Alaíde Costa, Vinícius Dorin, Banda Savana, Zizi Possi, Roberto Sion e Rosa Passos, entre outros. É integrante do quinteto do saxofonista Vinícius Dorin, do também saxofonista Ubaldo Versolato e da Big Band Comboio. Atualmente integram o Fernando Corrêa Quarteto o baixista Marinho Andreotti, o baterista Emílio Martins e Vinícius Dorin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário