PUBLICIDADE

Boletim de informações COVID-19 n° 167 Tatuí, 12 de julho de 2020 - 11h

628 CONFIRMADOS
533 RECUPERADOS
29 ÓBITOS
145 SUSPEITOS
33 HOSPITALIZADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

domingo, 25 de julho de 2010

Big Band - clássicos populares dos anos 50


  • Fábio Massalli

Do site www.odiario.com  (Maringá, PR)



  • Uma big band clássica tem, no mínimo, 18 integrantes, com cinco saxofones, quatro trombones e quatro trompetes, além da chamada "cozinha", composta por guitarra, bateria, baixo e piano - este - atualmente substituído pelo teclado.

    Segundo o maestro Vitor Gorni, da Big Band Plaergi, hoje é fácil comprar arranjos, partituras, acessórios e até os instrumentos pela internet.

    A big band é o grupo instrumental utilizado pelo estilo de jazz conhecido como swing, muito popular nos Estados Unidos dos anos 20 aos anos 50.

    No Brasil, o estilo se popularizou nos anos 60. Entre as big bands mais conhecidas estão as de Nelson Riddle, Maynard Ferguson, Dizzy Gillespie, Count Basie, Duke Ellington, Glenn Miller, Benny Goodman e Frank Sinatra.

    Foi nas big bands que surgiu a expressão band leader, em que um músico ¿ normalmente o 1º trompetista ¿ influencia toda a banda, que se inspira e o segue na linguagem e dinâmica ao interpretar certas frases do arranjo da música.

    Já o swing, que popularizou as big bands, é conhecido pela qualidade técnica, perfeito acabamento formal, arranjos elegantes e caráter dançante.

    O gênero tem fãs fiéis até hoje, mas não conta com o experimentalismo nem a ousadia de outros estilos de jazz como o bebop ou free jazz. O swing utiliza fórmulas bem testadas que são adotadas pelos músicos, arranjadores e band leaders.

    No Brasil, diversos grupos mantêm a chama das big bands, como a Big Band do Conservatório de Tatuí (SP) e a Big Band Palácio das Artes (MG), ambas com carreiras profissionais e muitos anos de atividades ininterruptas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE