Nosso Jornal Online

Tatuí, 


segunda-feira, 25 de março de 2019

Iperó | Homem suspeito de manter mulher em cárcere privado é morto em confronto com a polícia

De acordo com a PM, a mulher conseguiu fugir depois que o suspeito dormiu e acionou a polícia. Ele atirou contra os policiais, que revidaram.

Por G1 Sorocaba e Jundiaí, com edição do DT

Suspeito efetuou um disparo de arma, que atingiu o escudo dos policiais — Foto: Polícia Militar/Divulgação

25/03/2019 | Um homem de 34 anos foi morto em um confronto com policiais militares no bairro Vale das Graças, em Iperó, na manhã desta segunda-feira (25), depois que a mulher dele denunciou que era mantida em cárcere privado.

Segundo a Polícia Militar, a equipe foi acionada pela mulher, de 37 anos, que informou que era mantida em cárcere pelo marido desde a noite de domingo (24).

Ela contou à polícia que a todo momento era ameaçada de morte e que ele estava com uma arma. Além disso, a vítima disse à polícia que ele era usuário de drogas e que já havia sido preso.

De acordo com a polícia, ao perceber que o suspeito dormiu, a vítima conseguiu fugir e acionar a polícia. No local, a equipe realizou uma vistoria. A polícia informou que, quando o suspeito percebeu a presença dos policiais, efetuou disparos, que foi revidado pelos policiais. Um dos tiros atingiu o escudo de um PM. O suspeito caiu no chão e foi desarmado.

Ainda segundo a PM, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e o suspeito foi encaminhado para o Hospital Regional de Sorocaba, mas não resistiu aos ferimentos.

A polícia disse ainda que a mulher teve o braço quebrado em razão de agressões sofridas há 15 dias.

Os policiais envolvidos na ocorrência não ficaram feridos, de acordo com a PM. Com o suspeito foi encontrado um revólver calibre 38 e, dentro da casa, uma pistola calibre 635.

Pistola foi encontrada dentro da casa do homem — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário