Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sábado, 23 de março de 2019

Aumenta o número de moradores de Tatuí que trabalham em outras cidades da região

Tatuí tem se destacado quando se trata da exportação de mão de obra qualificada, segundo a consultora de RH.

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Tatuí exporta mão de obra para cidades da região

23/03/2019 | O número de moradores de Tatuí que trabalham em cidades da região aumentou em 2018, segundo aponta os dados dos PATS.

José Ederson dos Santos conta que saí de Tatuí e vai para Cerquilho todos os dias para trabalhar em uma empresa há quatro anos como soldador. “É bem prazeroso viajar, porque eu venho acompanhando a imagem que tem. De manhã vejo a neblina nos campos, a estrada limpa. Na rotina de São Paulo era só trânsito. Então, eu gosto da estrada livre. Chego sossegado no meu serviço”, diz.

O número de funcionários que decide trabalhar em outra cidade aumentou neste ano em Tatuí — Foto: Reprodução/TV TEM

Segundo uma pesquisa divulgada em julho pelo IBGE, atualmente 13 milhões de brasileiros estão desempregados no país, e a alternativa para sair do desemprego é trabalhar fora da cidade.

Segundo o sócio-diretor Fábio Henrique Schincariol, o mais importante que deve ser observado dentro de uma empresa é a qualidade. “Como nós somos uma cidade relativamente pequena, é importante buscar profissionais de toda região, até porque o curso técnico em outras cidades abrange a maior quantidade de profissionais, fazendo com que a seleção seja ainda melhor”, explica.

Para a Sandra Piccineli, consultora de RH, a cidade de Tatuí tem se destacado quando se trata da exportação de mão de obra qualificada. “Tatuí teve empresas que investiram muito em qualificação dos colaboradores com nível de qualidade. Então, as pessoas receberam muito desses treinamentos e, por alguns problemas, acabaram sendo demitidas. Algumas empresas fecharam e tinham mão de obra qualificada. Por isso, Tatuí consegue exportar essa mão de obra”, explica.

Tatuí tem se destacado quando se trata da exportação de mão de obra qualificada, segundo a consultora de RH — Foto: Reprodução/TV TEM

Já em Boituva, uma empresa que faz mesas e suportes tem 60% dos funcionários moradores da cidade. “Boituva é uma cidade que, tradicionalmente, há décadas processa muita chapa de aço, portanto a mão de obra está muito bem formada, em bastante quantidade”, conta o diretor presidente Setefan Stegmann.

O analista de sistemas Douglas de Oliveira conta que saiu de Tatuí e se formou em Boituva. Ele afirma que está muito bem empregado. “Eu gosto do ambiente de trabalho, me acostumei com Boituva. Você acaba se acostumando no dia a dia. Vale muito a pena”, conclui.

Moradores de Tatuí buscam trabalho em empresas fora da cidade — Foto: Reprodução/TV TEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário