Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Rapaz que morreu ao tentar invadir casa em Capela do Alto pedia socorro, diz morador

Santiago Alves da Silva se feriu em porta de vidro ao tentar entrar na casa; morte pode ter ocorrido por hemorragia. Polícia investiga se rapaz fugia de algo ou se estava em surto.

Por Eduardo Ribeiro Jr. e Marília Moraes, G1 Sorocaba e Jundiaí, com edição do DT

26/02/2019 | O rapaz que morreu ao tentar invadir uma casa no bairro Iperozinho, em Capela do Alto (SP), na madrugada desta terça-feira (26), estava desesperado e pedindo socorro, diz o dono da casa.

Segundo o morador, que pede para não ser identificado, Santiago Alves da Silva, de 24 anos, chegou batendo na porta e gritando por ajuda. Ele acabou quebrando a porta de vidro, se cortou e morreu possivelmente por causa da hemorragia, informou a Polícia Civil.

A primeira informação passada pela Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, o caso era apontado como tentativa de furto de residência, mas o dono da casa informou que conhecia a vítima e ratificou a versão que ele pedia socorro. O boletim de ocorrência foi registrado como morte suspeita e a Polícia Civil está investigando o caso.

"Ele era um morador do bairro e usuário [de drogas] que queria ajuda, e queria um local para se esconder. Em nenhum momento quis roubar nem nada", diz o morador da casa.

Segundo a polícia, Santiago conseguiu ter acesso ao quintal da residência, em seguida, deu um chute com o pé esquerdo em uma porta de vidro quando acabou ferindo a coxa com estilhaços de vidro.

O morador da casa informou que não sabe se Santigo estava fugindo de algo ou se estava em um surto psicótico.

O corpo do rapaz foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e um inquérito foi aberto para investigar o caso. Testemunhas ainda serão ouvidas, informou a polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário