Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sábado, 9 de fevereiro de 2019

Falta de iluminação causa transtornos para moradores da zona rural

Moradores dos bairros Americana, Lagoa Vermelha e Jurumirim relatam dificuldades com falta de iluminação pública.

Moradores reclamam de falta de iluminação pública em bairros de Itapetininga e Tatuí

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

09/02/2019 | Moradores de bairros da zona rural de Tatuí (SP) e Itapetininga (SP) reclamam da falta de iluminação pública. Segundo eles, as ruas estão sem iluminação há meses, o que causa transtornos.

Adriana Paes mora no bairro da Americana, em Tatuí, e diz que faz dois meses que os postes da rua estão apagados.

“Nós temos medo de sair de casa, de ter alguém atrás de um poste ou no meio do mato, que está muito grande. Estamos há quase três meses sem energia. Temos que deixar o carro na rua porque não tem onde guardar e ficamos inseguros. Não conseguimos nem dormir direito”, diz.

Ela ainda conta que já reclamou diversas vezes e que sempre dão um prazo para solução do problema, porém não é resolvido.

“A gente entra em contato, vai até o local na agência e reclama. Eles falam cinco dias e dão protocolo. Passam os dias, ligamos e falam mais cinco dias. É sempre isso, e nesses cinco dias estamos há quase três meses assim”, afirma.

Moradores da zona rural reclamam de falta de iluminação pública em bairros de Itapetininga e Tatuí — Foto: Reprodução/TV TEM

Rivalda Rosa também vive na zona rural, e conta que se preocupa com a segurança dos filhos.

“Como que uma mãe vai ficar tranquila sabendo que os filhos vão sair para trabalhar? A gente sabe que sai, mas não sabe se volta. Nessa escuridão, como a gente fica?” conta.

Já a aposentada Joana Teles conta que se preocupa com o mato alto. Com a falta de iluminação, ela teme que animais peçonhentos possam entrar em sua casa.

“A gente tem muita dificuldade porque mora na beira de rio. Tem muita cobra, aranha e escorpiões por aqui. Mas na escuridão, como vamos ver esses bichos? Se você vê, você se afasta, mas e se não ver? As crianças não podem sair. Nesse calor não podemos sair porque não tem luz”, explica.

Ela também conta que já fez diversas reclamações para a prefeitura, porém nada foi realizado. E a cobrança da taxa pela iluminação pública e pela manutenção continua chegando.

“A gente está sempre reivindicando, reclamando, não deixamos de reclamar. Os vizinhos registram a reclamação”, relata.

Além do medo e da insegurança, os moradores do Bairro Jurumirim reclamam que a companhia responsável pelo fornecimento de energia pertence a Tatuí, porém a área voltou a fazer parte de Itapetininga.

Donizete Brito mora no bairro há oito anos, e conta que já pediu iluminação em 2015 para Tatuí, porém nada foi realizado.

“A gente pertencia a Tatuí e pedia iluminação, mas nunca aconteceu. A concessionária nunca chegou a vir aqui para verificar nosso problema”, conta.

Rosa Maria mora no bairro há 48 anos e é a moradora mais antiga do local. Ela também conta que sempre faltou a iluminação pública.

“Foi prometido e por enquanto nada. Está só na promessa, e a gente precisa”, afirma.

A prefeitura de Itapetininga afirmou que vai verificar quais são os pontos que precisam de iluminação no bairro Jurumirim, para que possa entrar em contato com a concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica naquela região.

A prefeitura informou que casos assim devem ser informados para a Secretaria de Obras, através do telefone (15) 3376-9600, e falar com os responsáveis pela iluminação pública.

Já sobre os bairros Americana e Lagoa Vermelha, a prefeitura de Tatuí disse que a responsabilidade pela manutenção do serviço de iluminação pública é da concessionária responsável pelo fornecimento de energia na cidade, uma vez que ela recebe os valores arrecadados pelos moradores. A Elektro já afirmou que está averiguando a situação para solucionar o problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário