Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Fã tatuiano da apresentadora Angélica cumpre pena por ameaças

F.M, de 51 anos, está fazendo tratamento ambulatorial até 2020

Por Ana Carolina Soares, com edição do DT

Fá perseguidor da apresentadora Angélica está em tratamento (Instagram / Reprodução)

22/02/2019 | No último dia 6, Angélica teve um desfecho para um tormento que se iniciou há cinco anos. Fã da apresentadora, o profissional liberal F.M. de 51 anos, começou a cumprir sua pena, um tratamento ambulatorial que vai até 2020 em um hospital de Tatuí.

Em meados de 2014, a artista o processou por crime contra a honra. Ele lotava sua caixa de e-mails com textos que iam muito além dos apelidos Angelikinha e Fausteco. As declarações de amor desandaram para ameaças de abuso sexual e tortura, com referências a temas violentos, como o caso Suzane von Richthofen e o filme Laranja Mecânica.

Durante o processo, F.M. foi diagnosticado com esquizofrenia. Como ele vive com os pais e nunca tentou abordar Angélica pessoalmente, o juiz Marcelo Nalesso Salmaso, do Juizado Especial Criminal de Tatuí, não viu necessidade de internação e F.M. fará suas consultas em liberdade. 

Veja São Paulo, edição nº 2623

Nenhum comentário:

Postar um comentário