10 anos


quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Dória diz que procura comprador para fábrica da Ford

Campo de Provas de Tatuí não deve ser afetado. Preocupação é quanto à Yazaki.


Por Elaine Patricia Cruz - Repórter da Agência Brasil, com edição do DT

Após o anúncio do fechamento da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP), o governador de São Paulo, João Doria, reuniu-se com o CEO da Ford América do Sul, Lyle Watters, e anunciou que, na semana que vem, o governo do estado vai buscar um comprador para a fábrica; "[A decisão] é que governo de São Paulo vai buscar comprador para essa fábrica para a preservação do parque fabril e dos empregos"

Segundo Doria, como o fechamento da fábrica não será imediato, mas ao longo de 2019, nesse período o governo pretende ajudar a Ford a encontrar um comprador para a fábrica. Segundo o governador, a Ford garantiu que a fábrica de Tatuapé, onde há 1,6 mil trabalhadores, e as sedes de Tatuí, com 270 funcionários, e de Barueri, com 170 funcionários, não serão afetados. Também seria mantido o centro administrativo da Ford em São Bernardo do Campo.

A preocupação em Tatuí, no entanto, é quanto à Yazaki, que é fornecedora de chicotes elétricos da Ford Caminhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário