Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Morre mulher que sofreu queimaduras após incêndio em casa

Vítima de 38 anos chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa. Marido de 41 anos também morreu; Polícia Civil investiga se incêndio foi criminoso.

Casa no bairro Congonhal onde incêndio matou o casal de moradores

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

21/01/2019 | Teresa Aparecida Brasil, moradora do bairro Congonhal, em Tatuí, que estava internada após ficar com 90% do corpo queimado durante um incêndio em sua residência, não resistiu aos ferimentos e morreu nesta segunda-feira (21), segundo a família. O marido, de 41 anos, também morreu após o incêndio.

O caso foi registrado durante a madrugada de domingo (20). Uma equipe foi acionada após vizinhos constatarem as chamas no imóvel, onde estava apenas o casal. Os vizinhos socorreram e levaram o casal até a Santa Casa e tentaram apagar as chamas, que foram controladas pelos bombeiros.

A Polícia Civil confirmou na manhã desta segunda-feira (21) a morte de Paulo César dos Santos que, segundo a corporação, inalou grande quantidade de fumaça. A esposa dele, de 38 anos, morreu no período da tarde.

Investigação

A filha das vítimas, de 21 anos, não estava na casa, mas informou à polícia que o pai sofria de depressão e poderia ter colocado fogo na casa.

Um boletim de ocorrência de lesão corporal grave foi registrado na delegacia. Segundo a Polícia Civil, a principal hipótese é de que o incêndio tenha sido criminoso.

Contudo, a polícia ainda aguarda os laudos do Instituto Médico Legal e do Instituto de Criminalística, que devem ficar prontos em até 30 dias. Os exames poderão identificar se nos corpos havia algum sinal da presença de combustíveis.

A Polícia Civil também deve ouvir nos próximos dias vizinhos e parentes. Um inquérito sobre o caso deve ser instaurado ainda nesta semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário