Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Em reunião, Pronto Socorro e Hospital Unimed padronizam atendimento a vítimas de escorpiões

Neste ano foram realizadas 15 notificações de pessoas picadas, não sendo crianças, não tendo óbitos nem casos de hospitalização.

Nesta terça-feira (15/01), a Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Saúde, em conjunto com a Unimed local, realizou uma reunião para unificação do atendimento às vítimas de animais peçonhentos, especialmente escorpiões.

Nessa reunião foi padronizado o protocolo de atendimento que deve ser realizado no Pronto Socorro e no Hospital Unimed. Em caso de pacientes vítimas de animais peçonhentos é necessário procurar imediatamente o Pronto Socorro ou o Hospital Unimed, onde ocorrerá a triagem do paciente, sendo encaminhado para o atendimento imediato e para a realização de bloqueio no local da picada, analgesia e soroterapia para alívio da dor - que é intensa, e permanecerá em observação médica por até 4 horas.

Estiveram presentes a secretária interina de Saúde, Kátia Abuchaim; a diretora de Vigilância em Saúde, Maria Aparecida Marques de Oliveira; a diretora de Planejamento e Gestão Estratégica da Saúde, Tirza Luiza Meneses de Melo Meira Martins; a coordenadora do Pronto Socorro Municipal, Roberta Lodi Molonha; a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Rosana Oliveira; o diretor do Centro de Controle de Zoonoses de Tatuí, José Rebouças; o visitador sanitário do Centro de Controle de Zoonoses, Samuel Gimenez; o vice-presidente da Unimed Tatuí, Thyrso Menezes da Silva; e o diretor clínico do Hospital da Unimed, Antônio de Pádua Prestes Miramontes.

Participaram, também, as supervisoras da Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação, Angela Roarelli e Denise Badin, que realizarão um trabalho conjunto à Secretaria de Saúde a fim de intensificar as medidas de prevenção e os procedimentos pós acidente nas creches e escolas municipais.

Dados no município - De acordo com relatório da Secretaria de Saúde de Tatuí, emitido no dia 15/01, neste ano foram realizadas 15 notificações de acidentes (pessoas picadas, não sendo crianças, não tendo óbitos e nem casos de hospitalização) e 25 notificações de aparecimento de escorpiões no Centro de Controle de Zoonoses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário