Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Câmara de Boituva forma comissão para investigar "sumiço" do prefeito

Denúncia foi protocolada por uma moradora que afirma que o prefeito teria se afastado do município por mais de 15 dias.

Câmara de Boituva abre outra CP contra o prefeito

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

29/01/2019 | Uma Comissão Processante foi aberta para investigar o prefeito de Boituva, Fernando Lopes da Silva (PSDB), na noite de segunda-feira (28).

A denúncia foi protocolada por uma moradora, que afirma que o prefeito teria se afastado do município por mais de 15 dias, entre dezembro de 2018 e a primeira quinzena de janeiro, sem aviso prévio.

A abertura da CP foi aprovada por unanimidade, e os vereadores terão 90 dias para apurar a denúncia.

Em entrevista à TV TEM, Fernando alegou que estava cumprindo agenda fora da cidade, mas que não deixou de trabalhar.

Na época, vereadores de Boituva afirmaram que pretendiam dar posse à vice-prefeita Maria Nasará da Guia Azevedo (PC do B) caso o prefeito Fernando Lopes da Silva (PSDB) não fosse encontrado para ser notificado sobre duas Comissões Processantes que foram abertas na Câmara e podem cassar seu mandato.

Prefeito de Boituva Fernando Lopes da Silva não participou de sessão — Foto: Reprodução/TV TEM

Investigação

Essa é a terceira Comissão Processante contra o prefeito da cidade. A primeira foi arquiva há uma semana e investigava possíveis irregularidades na contratação da empresa que fornece merenda escolar.

Outra que está em andamento apura a contratação de uma empresa que está fazendo o serviço de limpeza na cidade com dispensa de licitação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário