Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

sábado, 12 de agosto de 2017

Ponte do Marapé é liberada para passagem de veículos e pedestres após um ano de espera

Obras na estrutura da ponte, em Tatuí, começaram em julho de 2016. Via é um dos principais acessos da área central à rodovia Castello Branco.

Ponte do Marapé é liberada para passagem de veículos e pedestres após um ano de espera

Após um ano e cinco meses de espera, a ponte do bairro Marapé, em Tatuí, foi liberada nesta quinta-feira (10). Além da recuperação da ponte, também foram feitas obras de drenagem, pavimentação, calçada e iluminação.

A via é um dos principais acessos da área central do município com a Rodovia Castello Branco (SP-280). Além disso, é a ligação da avenida Pompeo Reali com a rua Capitão Lisboa e o principal caminho pra quem quer chegar ao Centro.

Após um ano de espera, obras de reconstrução da ponte do Marapé em Tatuí são entregues (Foto: Reprodução/TV TEM)

A ponte caiu em 10 de março de 2016 após forte chuva e começou a ser reformada em julho do ano passado. A obra de reconstrução da ponte do bairro Marapé começou no início junho de 2016 e o prazo para entrega era 30 de outubro de 2016, porém, nesta etapa de reconstrução, as obras chegaram apenas a 20% e as obras ficaram paradas por meses, explicou o secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Marco Rezende.

Por conta disto, a prefeitura da cidade rompeu o contrato com a construtora responsável pela reconstrução por abandono da obra. “A empresa simplesmente abandonou a obra há 90 dias. Nós fizemos a notificação para que eles retomassem os serviços, esperamos o prazo legal, e como ela não se manifestou, rompemos unilateralmente o contrato”, explicou o secretário na época.

Em março deste ano, a segunda empresa que participou do edital de licitação foi acionada e fez laudo de vistoria para verificar se daria sequência na obra da ponte. Ela aceitou retomar as obras e o novo prazo para término foi estipulado para até 7 de julho deste ano, mas que se prorrogou para agosto.

Ponte desabou em março de 2016 após forte chuvas (Foto: Reprodução/TV TEM)

Do G1 Itapetininga e Região

Nenhum comentário:

Postar um comentário