Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 22 de março de 2017

Aluna do Conservatório de Tatuí promove campanha para se apresentar no Peru

Dhydhy Romero quer levar música latino-americana ao seu país de origem



Utilizar a formação obtida no Conservatório de Tatuí para levar a música brasileira e latino-americana, em geral, às pessoas em seu país de origem. Este é o projeto particular e acadêmico da jovem peruana Dhydhy Romero, estudante de saxofone clássico, com a participação da coreana Yoon Choi, aluna de piano popular na instituição mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura do Estado. Para viabilizar a viagem, as instrumentistas criaram uma campanha de arrecadação. Um vídeo explicativo foi lançado nas redes sociais no início de fevereiro.

Dhydhy, que também estuda produção fonográfica na Fatec Prof. Wilson Roberto Ribeiro de Camargo, em Tatuí, propôs em seu trabalho de conclusão de curso um repertório de música latino-americana para saxofone e piano. “Em 2016 eu fiz o curso técnico no Conservatório e nele eu já havia idealizado um projeto parecido. Mas seria um quarteto de saxofones”, comenta a estudante peruana.

A ideia é permanecer no Peru por aproximadamente 15 dias, com a viagem de ida prevista para o final de abril. Dhydhy já encaminhou o projeto para oito estabelecimentos peruanos, incluindo um centro cultural brasileiro naquele país. Quatro já confirmaram interesse. “Em alguns bares culturais de Lima nós poderíamos até cobrar couvert”, diz a saxofonista. Há também interesse de uma casa cultural em Cusco e de uma escola de Huacho, cidade natal de Dhydhy. “Esta escola gostaria que a gente desse aula de música, mas não sabemos se haverá tempo”.

Nas duas primeiras semanas de campanha, a arrecadação chegou a 18% do valor necessário. “Infelizmente no Peru as pessoas não confiam muito nesse tipo de campanha”, lamenta ela. Para contribuir com o projeto de Dhydhy, basta acessar o vídeo explicativo da campanha no perfil da estudante no Facebook (Dhydhy Romero). O contato pode ser feito pelo e-mail dhydhyromero@gmail.com.

Música latino-americana para sax e piano
Dhydhy e Yoon preparam-se para a turnê com ensaios regulares desde o início das férias de verão. O repertório elaborado pelas duas contempla obras dos compositores Radames Gnattali (Brasil), Astor Piazzolla (Argentina) e Fernando Felix (peruano que estudou no Conservatório de Tatuí). Os arranjos são da própria coreana.

“Isso representa um grande começo para as nossas carreiras na música”, comenta Dhydhy. Além disso, ela entende que o trabalho será importante para a cultura nas cidades contempladas. “No Peru não existe muito interesse das pessoas pela música popular, como aafro-peruana”. Depois desta primeira etapa, a dupla pensa em levar o projeto para outros países. “Nos Estados Unidos existem várias casas de cultura latino-americana”, avalia Dhydhy.

Apoio Cultural – Para a temporada do ano de 2017, o Conservatório de Tatuí conta com apoio cultural da Coop – Cooperativa de Consumo e Grupo CCR SPVias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário