Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Funcionários protestam na Prefeitura de Tatuí durante greve da Santa Casa

Grupo ficou horas no local para cobrar o pagamento de salários. Prefeitura alega que repassou verba; provedoria do hospital não respondeu.

Do G1 Itapetininga e Região

Funcionários da Santa Casa de Tatuí que estão em greve protestaram dentro do prédio da prefeitura na tarde desta quarta-feira (28). O grupo composto por 50 pessoas entrou no local por volta das 13h e ficou até as 17h para cobrar o prefeito sobre a falta de pagamento de salário referente a novembro, 13º salário e vale alimentação. A greve não tem prazo para acabar.

O Executivo alega que repassou todo o dinheiro recebido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ao hospital este ano. Diz ainda que repassou R$ 593 mil a mais, só que o dinheiro não foi devolvido em dez parcelas como o combinado e que por este motivo o último repasse do ano, R$ 61 mil em dezembro, não foi repassado. A provedoria da Santa Casa de Tatuí foi procurada pela TV TEM, mas não respondeu.

Sem saber a real causa do não pagamento, a auxiliar de limpeza Soni de Fátima Machado, que participou do protesto, reclama: “Se a gente não correr por nossos direitos ninguém vai fazer pela gente. A gente tem que fazer alguma coisa. São muitas famílias que passaram sem nada no Natal e no Ano Novo também, pelo jeito.”

Cartazes em frente à Santa Casa anunciam greve (Foto: Reprodução/ TV TEM)

A greve é liderada pelo sindicato da categoria, o Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Sorocaba e Região (Sinsaúde). Apenas 30% do quadro de enfermeiros, técnicos em enfermagem e funcionários de serviços gerais trabalham, afirma o sindicato.

Com o atendimento reduzido dentro da Santa Casa, o serviço é prejudicado, dizem os moradores. É o caso da costureira Ângela Duarte Carvalho, que está com a mãe internada no hospital. “Está difícil, porque a gente precisa dos enfermeiros para estar auxiliando. Na verdade somos acompanhantes, mas estamos fazendo tudo fora a alimentação. Estamos alimentando, trocando, dando banho”, completa.

Grupo foi à prefeitura cobrar pagamento de salários (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário