Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 16 de abril de 2010

Tatuí registra o melhor primeiro trimestre da década na geração de empregos formais

Pelo terceiro mês consecutivo, Tatuí registrou alta na geração do emprego formal, isto é, com carteira assinada. Em março, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego, através do Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged), foram gerados 100 novos empregos formais, índice de 0,33%. Foram 1.413 admissões e 1.313 demissões. Somados os três primeiros meses do ano, o município acumula 699 novos postos de trabalho com carteira assinada, índice de 2,93%. Foram 4.248 admissões e 3.549 demissões neste período. É o melhor registro da década. Em anos anteriores, foram registrados os seguintes números, todos positivos, na geração de emprego formal: 436 (2009), 425 (2008), 30(2007), 102 (2006), 211 (2005), 214 (2004), 55 (2003), 346 (2002), 208 (2001) e 210 (2000). Em 2010, nestes três primeiros meses do ano, alguns setores puxaram o índice positivo na geração de empregos formais. Os mais expressivos são os da Indústria da Transformação, com 422 novos postos de trabalho e, o de Serviços, com 337 novos empregos formais. Na contramão, os setores em baixa nesta questão do emprego com carteira assinada, neste mesmo período, foram o da Agropecuária, com saldo de 101 demissões e a Construção Civil, com menos 21 de saldo. Na região, o saldo deste primeiro semestre de 2010 também foi positivo em vários municípios com população superior a 100 mil habitantes. Em Votorantim, o saldo é de 235 novos empregos formais, índice de 1,78%. Salto registrou 540 e índice de 2,16%; Itu registrou 974, com índice de 2,08%; e, Sorocaba registrou 3.339, com índice de 2,20%. O vizinho município de Itapetininga registrou um saldo negativo. Neste período, o saldo é de 23 demissões. Foram 4.780 admissões e 4.803 demissões, índice de -0,08%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário