Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 16 de abril de 2010

Professor do Conservatório lança CD


CD destaca universo de obras brasileiras para fagote e orquestra tem lançamento neste sábado.

O fagotista Fábio Cury faz neste sábado, 17, às 11h, recital de lançamento do CD “Velhas e Novas Cirandas”. A apresentação será na Sala São Paulo – Loja Clássicos e traz, no programa, obras de Carl Philipp Emanuel Bach, Aylton Escobar e Francisco Mignone.
 
O CD “Velhas e Novas Cirandas – Música brasileira para fagote e orquestra” desbrava um universo ainda pouco explorado no mercado fonográfico brasileiro: o de obras escritas para fagote e orquestra. Acompanhado pela Amazonas Filarmônica, sob regência de Luiz Fernando Malheiro e Marcelo de Jesus, Cury interpreta obras do século XX, a mais antiga delas a “Ciranda das Sete Notas”, de Villa-Lobos, escrita em 1933. Também estão no disco “Concerto para Fagote, Harpa e Cordas”, de André Mehmari, e “Concertino para fagote e Orquestra de Câmara”, de Antônio Ribeiro (assessor pedagógico do Conservatório de Tatuí), ambas dedicadas ao intérprete. Completa a seleção o “Choro para Fagote e Orquestra de Câmara”, uma das últimas obras escritas por Camargo Guarnieri e na qual Cury trabalha em sua tese de doutorado.
 
Fábio Cury, que é professor convidado do Conservatório de Tatuí, cursa o doutorado em música na USP (Universidade de São Paulo). É integrante da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo, da Orquestra Jazz Sinfônica e professor de fagote na USP, Escola Municipal de Música e Faculdade Cantareira.

Depois de ter iniciado seus estudos na Escola de Música de Jundiaí, sua cidade natal, passou a estudar sob orientação de Paulo Justi. Concluiu o bacharelado em fagote na Unicamp (onde também concluiu o mestrado) e residiu na Alemanha como bolsista do Serviço de Intercâmbio Alemão. Foi premiado em inúmeros concursos e, atualmente, é um dos mais respeitados fagotistas brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário