Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 16 de abril de 2010

Preso suspeito de ser mandante de homicídio

A polícia prendeu Leandro de Oliveira, de 28 anos, responsável pelo setor de almoxarifado do Centro de Especialidades Médicas Municipal (Cemem) da cidade de Tatuí, acusado de ser o mandante da morte de um rapaz, executado em janeiro deste ano com dez tiros, por motivo passional. A prisão aconteceu ontem durante a Operação Pirata deflagrada pela Delegacia Seccional de Itapetininga naquele município e também nas cidades de Tatuí, Alambari, São Miguel Arcanjo e Boituva, com vistas à falsificação e descaminho.
Leandro estava com a prisão temporária decretada a pedido do delegado de Tatuí, Alexandre Andreucci. Nas investigações sobre o assassinato de Válter Miranda Júnior, 23 anos, ele chegou ao nome do acusado, como o mandante do crime.
De acordo com o delegado, na madrugada de 30 de janeiro, Válter foi surpreendido num autoposto da rua 11 de Agosto por um homem identificado apenas como Rodrigo, que se aproximou e efetuou dez disparos. A polícia apurou que o autor teria sido contratado por Leandro por R$ 500,00. O pagamento teria sido feito com R$ 200,00 em dinheiro e o restante em drogas. O enfermeiro foi preso no próprio trabalho, e sua prisão repercutiu na cidade, uma vez que tanto ele como a vítima são de famílias conhecidas na cidade.
Também em Tatuí foi preso um homem flagrado com dois revólveres calibre 38,  com numeração raspada, e R$ 20 mil em dinheiro. A denúncia era de que ele comercializava armas para o crime organizado. A polícia acredita que o dinheiro apreendido seja proveniente do comércio ilítico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário