Nosso Jornal Online

Tatuí, 


domingo, 25 de abril de 2010

Lei do Esporte proporciona bolsa para pilotos de planador. Data de avaliação foi prorrogada


A Federação Brasileira de Voo a Vela, FBVV, com o incentivo da Lei do Esporte pelo Ministério do Esporte e o patrocínio da Oi Telecom, oferece pela primeira vez no Brasil bolsas de formação esportiva em pilotagem de planadores.

Serão oferecidas cinquenta bolsas de formação esportiva custeando os voos necessários à obtenção do Brevê de Piloto de Planador em aeroclubes de todo o país.

Para concorrer à concessão da bolsa os interessados da região de Tatuí deverão acessar pela Internet o link www.planadores.org.br e preencher a ficha de inscrição com os seus dados pessoais informando a opção de fazer o curso de pilotagem no Aeroclube de Tatuí.

Em seguida precisarão comparecer ao Aeroclube num sábado, domingo ou feriados próximo e efetuar um voo de avaliação por um instrutor de voo. Esse voo poderá ser feito a partir das 11 h ao custo de R$ 110. O último dia para o interessado realizar o voo de avaliação e concorrer à bolsa é o dia 09 de maio, informa Cesinha Mazzoni. Foi prorrogado o prazo para o voo de avaliação e não o de inscrição, que continua sendo 30 de abril.

O voo de avaliação será o único que terá custo para aquele que for beneficiado com a bolsa de formação da FBVV, porque o projeto prevê que a Oi Telecom irá custear via Aeroclube até 55 voos que normalmente são necessários à conclusão do curso. O valor total da bolsa esportiva chega aos cinco mil e quinhentos reais.


A quantidade de bolsas destinadas ao curso em Tatuí deverá ser proporcional ao número de inscrições na nossa região e acredita-se que devam ser destinadas de duas a três bolsas para a realização do curso no Aeroclube de Tatuí.

As condições mínimas necessárias ao candidato, seja homem ou mulher, são a de ter idade acima dos 18 anos, ter boa saúde geral e possuir espírito competitivo e colaborador. O voo de avaliação servirá também para confirmar que o candidato possui aptidão para o aprendizado do voo e assim, pode ser uma ótima oportunidade para que aqueles que gostam de aviões, mas não sabem como é a sensação de voar confirmarem a sua vocação.

Se contemplado com a bolsa esportiva da FBVV o candidato não precisará pagar pelos voos durante o curso, ficando apenas com as despesas referentes aos exames médicos de habilitação e às taxas impostas pela Agência Nacional de Aviação Civil - ANAC, para a realização das provas teóricas, do voo com examinador oficial e da emissão da Carteira de Piloto Privado de Planador.

Esta rara oportunidade de patrocínio tem a finalidade de difundir o esporte no país e de incentivar o surgimento de uma nova geração de pilotos de competição em planadores. Permitirá também àqueles que sempre sonharam em pilotar aviões sem motor que o façam sem desembolsar grandes quantias e isto vai de encontro à Política Nacional do Desporto.

Cerca de mil pessoas já se inscreveram às bolsas em todo o Brasil até agora e espera-se para o final do mês uma grande procura pelos voos de avaliação. E o que tem chamado muita atenção é o grande interesse demonstrado pelo público feminino, que tem procurado o Aeroclube com uma freqüência inédita.

Espera-se também que com o grande interesse despertado pelo Projeto na comunidade, ocorram novas edições do Projeto Santos Dumont que venham a beneficiar um número muito maior de pessoas.

As informações sobre os voos de avaliação poderão ser ainda obtidas pelo telefone do Aeroclube de Tatuí, 15-3251-4368 ou diretamente na Federação Brasileira de Voo a Vela pelo endereço eletrônico acima.

Informações adicionais sobre o esporte podem ser obtidas no site do Aeroclube de Tatuíwww.aeroclubedetatui.com.br

Texto: Antoniebi Vieira Tor, com atualização do Blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário