Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

É recomendada a vacinação contra a febre amarela em Tatuí

Casos de febre amarela preocupam cidades da região de Sorocaba

04/01/18 | Priscila Fernandes - priscila.fernandes@jcruzeiro.com.br 

Ações de prevenção contra a febre amarela estão sendo adotadas em diversas cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), demonstrando que a preocupação com a doença já atingiu status regional. Ao menos Piedade e São Roque -- onde macacos mortos contaminados foram encontrados em 2017 -- estão realizando ações amplas de vacinação. Sorocaba, embora não tenha casos em animais ou humanos, iniciou ontem as ações de imunização em áreas próximas às matas. A vacinação ocorre, por enquanto, apenas no bairro Brigadeiro Tobias, na zona leste, e deve ser ampliada nos próximos dias. 

De acordo com boletim do Ministério da Saúde, das 27 cidades da RMS, quatro são áreas com recomendação para vacinação contra febre amarela: Tatuí, Cesário Lange, Itapetininga e São Miguel Arcanjo. Dessa forma, quem for visitar estes locais deve se imunizar. 

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo afirmou que não houve nenhum caso em humanos de febre amarela na região de Sorocaba, e que estratégias de ampliação da vacinação contra a doença no Estado terão andamento com base em critérios epidemiológicos, com a priorização dos corredores ecológicos. A pasta cita na região as estratégias de intensificação em Sorocaba e São Roque e informa, via assessoria, que os municípios podem desenvolver ações a critério. 

A Secretaria da Saúde não informou em quais cidades da região já foram registrados casos de macacos contaminados, mas pelo menos os municípios de Piedade, Ibiúna e São Roque confirmaram registros em primatas. Além de Piedade e São Roque, que vacinam toda a população, os municípios de Mairinque, Araçariguama e Ibiúna também realizam vacinações localizadas em algumas áreas. 

A Secretaria da Saúde do Estado diz que, em relação às epizootias (morte ou adoecimento de primatas não humanos, como macacos, bugios e outros), entre julho de 2016 e dezembro de 2017, foram confirmados com a doença 595 animais por meio de análise laboratorial pelo Instituto Adolfo Lutz, sendo 63% deles na região de Campinas. Em 2017, houve 24 casos autóctones de febre amarela silvestre confirmados no Estado -- todos fora da região de Sorocaba --- sendo que dez deles evoluíram para óbitos. 

O esquema vacinal é composto por dose única e a imunização não está indicada para gestantes, mulheres amamentando crianças com até 6 meses e imunodeprimidos, como pacientes em tratamento quimioterápico, radioterápico ou com corticoides em doses elevadas. 

Vacinação ampla 

Em São Roque -- onde ocorreu a confirmação de dois casos de febre amarela em macacos ao longo de 2017 -- 71% da população já está imunizada contra a doença. Segundo a Prefeitura, foram vacinadas 61.868 pessoas e a imunização segue em todos os postos de saúde. Embora já tenha atingido a maior parte da população, a Divisão de Saúde do município lembra que em Jundiaí um caso da doença em humanos foi identificado mesmo a cidade tendo vacinado 92% da população. O Centro de Saúde 2 está aplicando a vacina diariamente das 7h às 14h, já as demais unidades de saúde estão seguindo o seguinte cronograma (também das 7h às 14h): São João Novo, Carmo e Saboó, às quartas-feiras; Vila Nova, Maylasky e Unidade Central, às quintas-feiras; Goianã e Canguera, às sextas-feiras. 

Em Piedade ocorreu a confirmação de três macacos mortos por febre amarela no dia 22 dezembro. Na cidade, o objetivo é vacinar 95% da população. Até o último mutirão, realizado nos dias 26 e 27 de dezembro, 84% da população já estava vacinada. Com isso, a prefeitura estima que ainda será preciso vacinar aproximadamente 7 mil pessoas. A vacinação está acontecendo diariamente até o dia 28 de fevereiro no Ambulatório Médico Municipal e em todas as Unidades Básicas de Saúde. No dia 13 de janeiro será realizado outro mutirão para atingir a população que trabalha durante a semana. Após o dia 28 de fevereiro a vacinação continua durante às quintas-feiras no Ambulatório Médico Municipal, das 8h as 14h durante todo o ano. 


Postos de vacinação tiveram movimento intenso ontem - EMIDIO MARQUES

Nenhum comentário:

Postar um comentário