Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE


domingo, 18 de junho de 2017

Procura por culinária oriental favorece comerciantes e produtores de cogumelos em Tatuí

São produzidos cerca de 10 mil bandejas de shimeji por mês em Tatuí, diz produtor.

Por G1 Itapetininga e Região

Aumento da culinária oriental no Brasil favorece produtores de cogumelos na região

A grande procura pela culinária oriental tem favorecido os comerciantes e produtores de cogumelos na região. Em um restaurante em Tatuí, por exemplo, o shimeji tem aquecido as vendas. Segundo o gerente Rone do Nascimento, por ser um prato de poucas calorias, o cliente sempre repete a porção. “Com a chegada do frio, o cliente acaba optando por pratos quentes e o shimeji é o mais escolhido. Por semana vendemos cerca de 100 quilos deste prato”, afirma.

Essa procura também favorece os produtores de cogumelos. Shoiti Nakamura, por exemplo, trabalha há 12 anos com a produção de shimeji e ressalta que os restaurantes são seus principais clientes. “Produzimos cerca de 10 mil bandejas por mês e a maioria da produção é destinada para os restaurantes. Em seguida os mercados e depois as quitandas”, conta.

O produtor Paulo Masaru Takahagui também aproveitou essa procura por pratos orientais e produz o cogumelo Shitake, o segundo mais consumido no mundo. “O shitake produzido aqui é enviado para o Rio de Janeiro, Curitiba e Santa Catarina. Acredito apenas que, pelos custos da produção, o valor de venda deveria ser mais valorizado”, afirma.

Shimeji é o cogumelo mais consumido no mundo, afirmam produtores (Foto: Reprodução/TV TEM)

Produção Segundo Nakamura, o shimeji é um cogumelo que precisa de umidade, pouca iluminação e se desenvolve em compostos de bagaço de cana e braquiária que ficam espalhados em prateleiras. Existem três variedades do shimeji: o salmão, cinza e o branco, que é o mais consumido.

Já o shitake, Paulo explica que a temperatura, iluminação e umidade são fatores que influenciam na produção. “A temperatura varia de 13 a 18 graus, as luzes precisam ficar acesas o dia todo e a umidade tem que ser controlada”, conta.

Temperatura, iluminação e umidade são fatores que influenciam na produção do shitake (Foto: Reprodução/TV TEM)

Shimeji é utilizado na culinária oriental (Foto: Reprodução/TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário