Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Melhorias do Ford EcoSport 2018 são apresentadas a jornalistas em Tatuí

Melhorias do Ford EcoSport 2018 só são notadas quando ele anda

Caio Bednarski 
Colaboração para o Carpress, em Tatuí (SP)

Fotos Divulgação
O EcoSport 2018, que por fora traz como principal novidade a dianteira renovada

CARPRESS - Com tantas novidades entre utilitários esportivos compactos, o EcoSport, pioneiro do segmento, perdeu bastante espaço nos últimos anos. Neste ano, no entanto, a Ford quer começar a mudar esse cenário e trazendo ao mercado a linha 2018 do modelo, com mudanças externas, internas e mecânicas.

Na última semana a marca convidou um grupo de jornalistas especializados para uma prévia do novo veículo em sua versão top de linha (Titanium), na sua fábrica em Tatuí, no interior de São Paulo.

Externamente o carro traz mudanças relevantes na dianteira: faróis, grade, para-choque e faróis de neblina redesenhados, além do novo ângulo de inclinação do capô. Na traseira as mudanças ficam por conta do novo para-choque. Vale ressaltar que o estepe foi mantido na tampa do porta-malas, como característica do mercado brasileiro – nos Estados Unidos e na Europa, ele foi abolido.

Internamente as mudanças são muitas, já que, segundo a Ford, 50% das peças foram trocadas, com a intenção de elevar o padrão de acabamento do SUV. O grande destaque interno na linha 2018 é o novo sistema multimídia Sync 3, com capacidade para espelhar smartphones e muitas outras tecnologias em uma tela de 8 polegadas sensível ao toque. O sistema é o mesmo que a Ford usa em carros mais caros, como o Fusion. Outra grande novidade é o teto solar.



Design foi renovado, mas o estepe na tampa traseira, mantido

O painel foi todo redesenhado e conta com acabamento em dois tons: preto e creme, assim como todo o interior, além dos detalhes em preto brilhante e o material emborrachado no painel. A lateral das portas segue o mesmo padrão, só que com mais plástico rígido.

Seus bancos dianteiros são totalmente novos e têm acabamento de couro perfurado, mas os ajustes seguem todos manuais. O volante foi herdado do Focus e também é novo, assim como o quadro de instrumentos.

Sob o capô a versão Titanium chega ao mercado com o novo motor 2.0 de 170 cv com gasolina a 176 cv com etanol – torque (força) de 20,65 kgfm com gasolina a 22,55 kgfm com etanol –, com bloco, cabeçote e cárter de alumínio. O câmbio também é novo, automático de seis marchas. Esse conjunto mecânico é o mesmo usado pelo Focus.

Além de todas as mudanças citadas, a versão Titanium tem novidades nos itens de série, recebendo tecnologias que são usadas em carros mais caros da marca, como os alertas de ponto cego e de trafego cruzado, além do monitoramento de pressão dos pneus. A lista de itens de série ainda é composta por ar-condicionado digital e automático de uma zona, direção elétrica recalibrada, teto solar, acendimento automático dos faróis de xenônio com DRL de LED, sistema anticapotamento, sensor de chuva, piloto automático, entre outros.



Interior com Sync 3 demonstra aposta na conectividade; top inclui teto solar

A Ford não divulgou o preço da versão Titanium, porém, pela gama de versões que ela mostrou de seus principais concorrentes (Honda HR-V, Hyundai Creta, Jeep Renegade entre eles), podemos esperar um valor entre R$ 95 e 100 mil. As pré-vendas do modelo começam no final de julho (o lançamento nacional está previsto para o dia 24 do próximo mês).

Ao volante

O Carpress participou de um rápido test-drive em uma das pistas de teste da fábrica e foi possível notar boas mudanças no comportamento dinâmico do EcoSport.

Seu novo conjunto mecânico embala muito bem o SUV, e as trocas de marcha são mais precisas e suaves, mostrando facilidade para atingir os limites de rodovia e agilidade para os limites de cidade, sendo que a direção elétrica recalibrada melhorou bastante a dirigibilidade do EcoSport em ambas as situações. O novo câmbio ainda conta com função Sport, que realiza as trocas em rotações mais altas.

O isolamento acústico também foi melhorado, porém, em altas velocidades o interior ainda é um pouco afetado por barulhos externos. Com todas as mudanças no interior, a sensação é de mais requinte, além do ótimo posicionamento da nova tela multimídia e de outros itens como entradas USB, indispensáveis hoje em dia.

Com todas as mudanças da linha 2018, o novo EcoSport ganha fôlego para voltar a brigar pelas primeiras posições do ranking de vendas do segmento. Mas a Ford diz não mirar a liderança no momento, focando no crescimento das vendas, que podem levar ao topo do ranking por consequência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário