Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE


domingo, 25 de junho de 2017

Deputado e vereadora entrarão com representação contra prefeito de Sorocaba por prevaricação

O deputado estadual Raul Marcelo e a vereadora Fernanda Garcia, ambos do PSOL, entrarão na tarde desta segunda-feira (26) com representação no Ministério Público para investigar uma acusação de que o prefeito de Sorocaba, José Crespo, teria acobertado uma possível ilegalidade para manutenção em cargo em comissão de uma assessora com suspeita de fraudar diploma escolar.

A conduta do prefeito de Sorocaba caracteriza, em tese, crime de prevaricação (319 do Código Penal, que consiste em deixar de praticar ato de ofício para satisfazer interesse próprio) ou, até mesmo, condescendência criminosa (320 do Código Penal, que deixa de levar o fato ao conhecimento da autoridade competente).

Para acobertar esta assessora, Crespo teria agredido a vice-prefeita Jaqueline Coutinho, que questionou em reunião sobre a falta de diploma de uma funcionária comissionada. A denúncia de Jaqueline aconteceu durante entrevista na imprensa local.

Repudiamos a postura do atual prefeito de Sorocaba que, além de não ser transparente com seus funcionários, agrediu uma mulher e a mandou ser vice-prefeita em casa, conforme noticiado pela imprensa local. Uma atitude machista e que mostra como é seu perfil enquanto chefe do Executivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário