Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Bairro da Americana fica alagado após abertura de comportas de usina em Tatuí

De acordo com a Defesa Civil, inundação acontece devido às nascentes do Rio Sarapuí e Sorocaba, já que o volume de água é controlado em uma represa que fica no bairro.

Por G1 Itapetininga e Região

Aposentado Ramiro Vieira de Camargo afirma que é comum o bairro alagar nos períodos de chuva (Foto: Reprodução/TV TEM)

Distrito de Tatuí fica alagado após abertura de comportas de usina

O bairro Americana, em Tatuí, ficou alagado nesta quarta-feira (14) após a abertura de quatro comportas de uma usina no último sábado (10). A abertura aconteceu devido às fortes chuvas que fizeram o nível do Rio Sorocaba subir. Além dele, os bairros Cachoeirinha e Terras de São Francisco permanecem inundados desde o final de semana.

De acordo com a Defesa Civil, a inundação acontece devido às nascentes do Rio Sarapuí e Sorocaba, já que o volume de água é controlado em uma represa que fica no bairro Americana. Com a abertura das comportas, os bairros Cachoeirinha e Terras de São Francisco, em Boituva, e os bairros Americana e loteamento Gaioto, em Tatuí, ficam alagados.

A explicação, segundo a Defesa Civil, é porque o bairro Cachoeirinha fica antes da vazão da barragem e, quando ela está cheia no montante - que é a parte de cima- acontece a inundação. Já no lado do jusante, ou seja, depois da vazão da barragem, ficam os bairros de Americana e loteamento Gaioto, em Tatuí, e o bairro Terras de São Francisco, em Boituva.

A Defesa Civil afirma que, com a ajuda de voluntários, faz o monitoramento diário dos rios, principalmente em épocas de chuva. Segundo o coordenador da Defesa Civil, João Batista Alves Floriano, os moradores são avisados com antecedência sobre o nível do rio.

“Com as chuvas, o nível do rio sobe e, para não danificar a estrutura da barragem, é necessário abrir algumas comportas. Mas antes, todos os moradores ribeirinhos são avisados com antecedência para que consigam desocupar seus imóveis e evitar prejuízos”, explica João.

O aposentado Ramiro Vieira de Camargo conta que, por mais que essa situação é comum todo ano, sempre é assustador. “Todo ano levamos um susto, mas a maior enchente que eu já vi foi uma que aconteceu em junho de 1983, onde a água chegou até a estrada”, lembra.

Segundo Defesa Civil, os moradores são avisados com antecedência sobre a abertura das comportas (Foto: Reprodução/TV TEM)

Com a abertura das comportas, o bairro Americana em Tatuí ficou alagado (Foto: Reprodução/TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário