Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Tatuí tem seis pontes interditadas ou parcialmente bloqueadas

Apenas uma ponte da cidade está liberada para carros, caminhões e ônibus.
Prefeitura tenta verbas para consertar vias que dão acesso ao Centro.


Do G1 Itapetininga e Região

Das sete pontes que ligam o centro aos bairros de Tatuí, seis delas estão interditadas ou parcialmente bloqueadas. Duas delas já desabaram, uma em março de 2016 e a outra no último dia 5, e o último acesso a apresentar problema foi a ponte que liga o Jardim Paulista à região central, onde apenas um carro por vez é autorizado no local desde terça-feira (10) porque terra da encosta dos lados da ponte está caindo. Com isso, a cidade possui apenas a ponte do Jardim Lírio liberado para carros, caminhões e ônibus.

Ponte do Jardim Ternura era um dos principais
acessos (Foto: Vander Maques Junior/ TV TEM)
A Prefeitura de Tatuí afirma que está tentando liberação de verbas estaduais para obras, mas não deu prazos. Diz ainda que uma equipe já trabalha no acesso do Jardim Ternura, a ponte que caiu em 5 de janeiro. Inclusive, uma equipe retirou na quarta-feira (11) destroços da ponte do bairro que caíram no ribeirão.

Além da ponte que caiu no Jardim Ternura e da ponte parcialmente interditada no Jardim Paulista, os outros pontos que estão com problemas são: ponte do Bairro Marapé, interditada desde março de 2016 após cair; ponte do Bairro Colina Verde, parcialmente interditada; ponte do Residencial Bosque dos Junqueiras, só utilizada por moradores do condomínio; e ponte da Rua Alfredo Oliveira, proibida para caminhões e ônibus.


Emergência decretada
Depois da queda da ponte do Jardim Ternura, no último dia 5, a prefeitura decretou estado de emergência. Isso porque o trecho era um dos principais acessos da cidade depois da queda da ponte do Bairro Marapé, em março de 2016.

A ponte que caiu este ano ficou parcialmente interditada desde dezembro do ano passado. O acesso era liberado apenas para veículos. Mas depois de um temporal no início deste ano, o acesso não resistiu e caiu. Em entrevista na ocasião, o coordenador da Defesa Civil, João Batista Alves Florian, afirmou que a queda da ponte foi causada pela chuva.

“São as chamadas pancadas de chuva, que é um volume muito grande em pouco período, isso abala muito o solo. Nós tivemos no dia 3, por volta das 17h, um volume de chuva com rajadas de vento e trovoadas 50 milímetros de chuva. E ontem [quarta-feira, 4] 29,4 milímetros. São praticamente 80 milímetros. Isso ultrapassou a saturação do solo na região de Sorocaba, que é de 60 milímetros", alegou.

Trânsito está parcialmente interditado na ponte do Jardim Paulista (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário