Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

sábado, 21 de janeiro de 2017

Ponte de madeira é construída para substituir trecho interditado no Jd Paulista

Ponte está sendo construída emergencialmente no Jardim Paulista.
'Vai passar carro e caminhão de lixo', afirma secretário de Obras.


Do G1 Itapetininga e Região

Uma ponte de madeira começou a ser construída nesta sexta-feira (20) em Tatuí para substituir a ponte do Jardim Paulista que foi interditada na quarta-feira (18). Segundo a prefeitura, enquanto a passagem alternativa é construída, a ponte de concreto, que corre risco de cair, será destruída. O prazo para término da ponte de madeira é até 9 de fevereiro caso não chova, afirma o Executivo.

“É o mesmo sistema feito com as pontes da zona rural. Vai passar carro, caminhão de lixo, normal. Enquanto não constrói a ponte nova, ela vai dar passagem para a população fazer a transição sossegada”, promete o secretário de Obras, Marco Luís Rezende.

Ponte de madeira está sendo construída
no Jardim Paulista (Foto: Reprodução/TVTEM)
De sete pontes na região central de Tatuí, seis estão com problemas. Três parcialmente interditadas e seis totalmente bloqueadas. Depois da queda da ponte do Jardim Ternura, a prefeitura decretou estado de emergência em 5 de janeiro. O decreto foi publicado pelo governo estadual apenas nesta sexta-feira. O decreto tem duração de seis meses e permite que a prefeitura receba apoio e acesse recursos estaduais mais rapidamente.

Enquanto as obras não são finalizadas, motoristas precisam ter paciência. Isso porque as interdições têm aumentado o movimento em outras vias da cidade. A Rua 11 de Agosto, no Centro, é uma delas. O fluxo de carros e caminhões aumentou no local. O diretor de Trânsito de Tatuí, José Roberto Xavier da Silva, indica que os motoristas podem passar pela ponte da Avenida Pompeu Reali, usada apenas por carros.

“É evidente que alguém que deseja um caminho mais próximo para o trabalho, para os compromissos, existe a ponte do Pompeu Reali que pode ser usado. Ali cargas maiores como caminhões é difícil, mas carro comum, dentro do limite, está passando normalmente”, diz ele.

O caminhoneiro Maicon Rodrigues de Barros afirma que está perdendo cerca de 40 minutos com os desvios obrigados pela falta de pontes. “Tem que fazer um retorno bem cumprido. Tem que ir lá para a Rua 11 de Agosto. O acesso está bem movimentado agora, está bem complicado. Está atrasando entrega, bastante coisa”, reclama.

Ponte do Jardim Paulista será substituída por outra de madeira
(Foto: Thiago Vasconcelos/ TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário