Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Músico Gui Silveiras faz show no Sesc Rio Preto


Natural de Rio Preto, Gui Silveiras conta com vários parceiros musicais na cidade

Nascido em Rio Preto, o músico e compositor Gui Siliveiras deixou a cidade ainda na infância. Mudou-se para Goiânia (GO), de onde partiu, na adolescência, para Tatuí, onde estudou música e mora até hoje. No entanto, a sua cidade natal sempre foi visitada, seja para reencontrar familiares que ainda moram por aqui ou os parceiros que conquistou ao longo de sua carreira na música.

"Estou sempre na cidade, pois, além de parentes, tenho grandes parceiros de música, como o Zeca Barreto e o André Fernandes", conta Silveiras, que apresenta suas canções autorais pela primeira vez em Rio Preto, no show que acontece nesta quinta-feira, 26, no palco da comedoria do Sesc.

Até ingressar no Conservatório de Tatuí, Silveiras não atuava ativamente com a música. "Nesse processo de estudar a fundo a música instrumental, também comecei a compor, lançando, em 2013, o meu primeiro disco (Caburé)", relembra. Logo depois de lançar seu primeiro álbum, ele participou do festival Jazz a la Calle, no Uruguai, e circulou por vários países da Europa, como Alemanha, França e Itália.

As canções de seu disco de estreia predominam no repertório do show desta quinta-feira, mas o músico e compositor já vem experimentando na estrada algumas criações que darão vida ao seu segundo trabalho de estúdio, previsto para ser lançado em 2017.

O repertório ainda traz Desencana Pé de Cana, canção que ele defendeu, em 2012, no Festival Nacional de MPB de Rio Preto, o FEM. "É uma música que fez uma trajetória muito bonita em festivais pelo Brasil afora."

Na identidade musical de Silveiras, a música instrumental exerce uma forte influência. "São canções porque têm letras, mas há características muito fortes da música instrumental por conta das construções harmônicas e das melodias", destaca o artista, que se identifica tanto com nomes da MPB como João Bosco e Milton Nascimento como com instrumentistas de jazz, em especial aqueles que exploram a sonoridade da guitarra, que é seu instrumento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário